Al6n2ct4w5KJ7-ka6VU7GDQzO3d4pDtkgXYwljGVbTnr


George Castro | Twitter @George_CRF

 

mrn infSofrendo com desfalques, time carioca sofre no primeiro tempo, mas consegue buscar o resultado. Flamengo agora encara o Santos no Maracanã.



O Flamengo foi a campo na tarde de domingo para enfrentar a equipe do Goiás, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Serra Dourada. O jogo terminou com a vitória do time rubro-negro por 1×0, gol de Marcelo Cirino.

Com uma série de jogadores no departamento médico, o técnico Cristovão Borges teve que improvisar e montar um time totalmente diferente dos últimos jogos. Com a suspensão de Emerson Sheik e as lesões de Samir e Wallace, Cristovão armou o time com os zagueiros Marcelo e César, recém contratado, e Marcelo Cirino no ataque. E para tentar proteger a zaga destreinada, o time rubro-negro começou a partida com 3 volantes em campo: Cáceres, Márcio Araújo e Canteros.

O esquema se mostrou falho e com 3 volantes no meio campo, a equipe do Flamengo tinha dificuldades na criação. O Goiás marcava melhor e preenchia mais o meio campo, procurando atacar pelas pontas.  As falhas defensivas flamenguista chamavam o time do Goiás pro jogo, principalmente pela direita, mas o adversário sempre errava o último passe.

Cirino se recupera no 2º tempo e decide | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

Cirino se recupera no 2º tempo e decide | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

O time adversário conseguia ganhar todas pela direita e o goleiro César teve que fazer uma série de defesas difíceis. Com o 0x0 no placar, o time do Flamengo foi para o intervalo com uma péssima atuação defensiva e precisando de mudanças. Cristovão tirou o lateral Ayrton para a entrada de Pará e tirou Canteros para a entrada de Alan Patrick.

No início do segundo tempo o time do Goiás continuou melhor mas já não conseguia mais entrar tanto na área. O time rubro-negro conseguiu se acalmar e começou a tocar mais a bola, criando jogadas no ataque. Marcelo Cirino começou a se movimentar mais e criou opções de jogadas. Na primeira oportunidade ele lançou Éverton na área, que rolou a bola para Alan Patrick, mas o meia foi desarmado na hora do chute.

A maior movimentação no ataque fez o time criar mais oportunidades e aos 26 do segundo tempo o gol saiu. Alan Patrick pegou uma bola no meio e tocou para Paolo Guerrero na entrada da área. O atacante viu a movimentação de Cirino e tocou de primeira para o camisa 7 que tocou com categoria no canto do goleiro Renan.

O gol fez o time ficar ainda mais calmo e a ficar mais com a posse de bola. Guerrero ainda teve uma chance aos 31 minutos mas chutou por cima do gol. Nos minutos finais a equipe do Goiás tentou sair para o jogo e quase empatou o placar. Lineker recebeu um ótimo passe, invadiu a grande área mas chutou na trave, na saída do goleiro César. Mas o time do Flamengo soube se segurar e manteve o placar.

O resultado leva a equipe carioca ao 11º lugar com 19 pontos, subindo 3 posições na tabela. O próximo jogo do rubro-negro acontece no domingo, dia 02/08, às 16h no estádio do Maracanã. Além disso, o Mengão quebra mais um tabu neste campeonato: desde 2007 não vencia o Goiás, seja em casa ou jogando nos domínios adversários. Em partida sofrível, quem sabe esses três pontos somados a mais um tabu deixado pra trás podem significar um futuro mais promissor pro time de Cristóvão Borges?

 

Torcida do Flamengo em número muito superior à do adversário | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

Torcida do Flamengo em número muito superior à do adversário | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X FLAMENGO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 26 de julho de 2015, domingo
Horário: 16 horas
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Carlos Berkenbrock (SC)
Cartões amarelos: Diogo Barbosa (GOI) e Guerrero (FLA)
Gol: Marcelo Cirino (FLA), aos 26 minutos do segundo tempo.

GOIÁS: Renan; Gimenez, Fred, Felipe e Diogo Barbosa; Rodrigo, Patrick (Liniker), David e Felipe Menezes; Murilo (Lucas Coelho) e Bruno Henrique (Carlos)
Técnico: Julinho Camargo

FLAMENGO: César; Ayrton (Pará), Marcelo, César Martins e Jorge; Cáceres, Márcio Araújo, Canteros (Alan Patrick) e Everton; Marcelo Cirino (Gabriel) e Guerrero
Técnico: Cristóvão Borges

 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA A GENTE NO TWITTER

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!