(Foto: Arquivo Pessoal)

(Foto: Arquivo Pessoal)

Maria Sá (Twitter: @imastargirl)

Os últimos dias têm sido de muita especulação na imprensa sobre quem o Flamengo vai contratar. Uma dessas “novelas” é a de Paolo Guerrero e ela acabou: Guerrero é do Mengão!

O jogador peruano tem 31 anos e começou nas categorias de base do Alianza Lima. Antes mesmo de se tornar profissional, chamou a atenção do Bayern de Munique graças à enorme quantidade de gols – sendo mais ou menos 200 – que havia feito.

Guerrero iniciando a carreira no Alianza Lima (Foto: Reprodução)

Guerrero iniciando a carreira no Alianza Lima (Foto: Reprodução)

Em 2002, começou a jogar pelo Bayern B – categoria de base – e continuou como destaque do time. Até 2004, quando virou profissional, disputou 67 jogos e marcou incríveis 49 gols. Pode não ter sido um grande atacante pela equipe principal, já que fez apenas 13 gols em 44 jogos, mas foi o suficiente para chamar a atenção do Hamburgo SV. Ainda marcou seu nome nos títulos da Bundesliga de 2004-05 e 2005-06 e da Copa da Alemanha de 2005-06, pelo Bayern.

Guerrero chegou em 2006 e conquistou o status de principal atacante durante as seis temporadas que passou em Hamburgo. Mesmo sem ganhar títulos expressivos, o jogador conseguiu bons números e se destacou no futebol alemão. No ano seguinte de sua chegada, venceu a extinta Copa Intertoto da UEFA, além dos torneios organizados pela Emirates Airlines, patrocinadora do clube. Saiu em 2012 com 181 jogos e 51 gols.

Paolo Guerrero atuou com Zé Roberto no Bayern (Foto: Site Oficial FC Bayern)

Paolo Guerrero atuou com Zé Roberto no Bayern (Foto: Site Oficial FC Bayern)

Chegou ao Brasil e foi parar no Corinthians, clube que havia acabado de ser campeão da Libertadores da América. Ainda tentando conquistar seu espaço, foi mostrando habilidade com o passar dos jogos e acabou conseguindo a vaga no elenco que foi ao Mundial de Clubes. Paolo Guerrero não só foi como acabou sendo o principal jogador da competição. Marcou o único gol dos paulistas no Chelsea, garantiu o troféu e se tornou ídolo do time. Hoje acumula 126 jogos, 52 gols, uma Recopa Sulamericana e um Paulistão.

Foi convocado pela primeira vez em 2001 para os Jogos Bolivarianos, quando o Peru foi campeão, e depois para as Eliminatórias da Copa de 2006, marcando dois gols em oito jogos. Também estava no elenco das eliminatórias de 2010, mas uma lesão seguida de suspensão por supostamente ter xingado um árbitro o tirou da competição. Na classificação para a Copa do Mundo no Brasil, sua seleção ficou apenas em 7º e acabou não conseguindo a vaga.

Paolo Guerrero disputará sua terceira Copa América esse ano e guarda boas lembranças da competição de 2011. Em 2007, quando a seleção peruana caiu nas quartas-de-final, entrou em quatro partidas e marcou um gol. Já em 2011, fez cinco jogos, cinco gols, conquistou o terceiro lugar e ainda foi artilheiro da competição.

O atacante é conhecido por ter um bom posicionamento nas jogadas e por finalizar bem. Oportunista, Guerrero ainda tem idade e capacidade para fazer o grande investimento nele render.

Agora ele é Mengão! Boa sorte ao peruano! (Foto: Arte @_hesleymenezes)

Agora ele é Mengão! Boa sorte ao peruano! (Foto: Arte @_hesleymenezes)