Flamengo encerra semana de treinamentos nesta manhã, no CT George Helal, de olho no Atlético MG.



Cristóvão e Jayme tem conversa descontraída. O clima é de paz no Ninho.

Cristóvão e Jayme tem conversa descontraída. O clima é de paz no Ninho.

Cinco dias de trabalho, semana de correria e suor no Flamengo. Sem ter jogo marcado para o meio de semana, a equipe pode focar nas correções nos treinos, sem interrupções. E nessa sexta feira de manhã nublada e fria, Cristóvão comandou o último treino antes do importantíssimo jogo de amanhã.

Os treinamento de hoje teve início às 9:30 da manhã, com os jogadores trabalhando jogadas de bola parada ofensiva e defensiva, com correção de posicionamento e jogadas ensaiadas. Isso tudo sem poder ser gravado, já que Cristóvão pediu privacidade nesta parte do treino. Do outro lado do campo, Emerson, Anderson Pico, Thallyson, Marcelo Cirino e Paulinho aprimoravam suas conclusões para o gol. Ainda houve tempo para Canteros, Ayrton e Alan Patrick ensaiarem cobranças de falta.

Na segunda parte do treinamento, o famoso rachão. Atividade muito descontraída, o clima é bom no Ninho do Urubu. E mesmo sendo uma recreação, ninguém estava disposto a perder e ter que aguentar a zoação depois. As jogadas eram disputadas, porém, com muita lealdade e muitas brincadeiras, como Sheik fazendo embaixadinhas no meio campo. No final do rachão, goleada do time de Emerson, 4 x 1, com gols de Luiz Antônio, Eduardo, Márcio Araújo e do próprio Sheik, com Canteros descontando pro time perdedor.

Após o treinamento, Luiz Antônio e o doutor José Luiz Runco falaram com a imprensa. E o chefe do departamento médico do Flamengo deu prognósticos sobre as situações de Almir, Paulo Victor e Nixon, que nesta manhã reclamou de falta de ar, e passará por uma ressonância magnética no coração.

Almir


– Mais duas semanas fora. Aí vai completar seis semanas e poderá voltar a treinar.

Paulo Victor

– Ele sofreu uma fratura simples. A cicatrização ocorreu da maneira correta e ele deve ficar quatro semanas de fora.

Nixon

– Já estava entregue à preparação física mas, nos dois últimos treinos, apresentou falta de ar. Está passando por bateria de exames. Essa semana, fará ressonância magnética no coração. Estamos rastreando o que pode ter acontecido e afastar qualquer possibilidade de problema cardíaco e ver se pode ser um problema de ordem neurovegetativa psicossomática.

O Flamengo enfrenta o Atlético Mineiro neste sábado, às 16:30 no Maracanã. Com 16 mil ingressos já vendidos, a promessa é de bom público. A Nação está convocada!