A derrota contra o Internacional foi um banho de água fria, muitos jogaram a toalha, outros ainda acreditam na vaga, principalmente se ela virar G5 pelo resultado da Copa do Brasil, que pode ainda prejudicar os concorrentes do G4. Mas independente das expectativas, podemos avaliar o que o Flamengo fez de diferente dos times que estão acima brigando para estar na Libertadores e avaliar não só onde estão os erros como onde pode estar a esperança para o restante da temporada.

Abaixo o Flamengo está junto dos times que ainda brigam pela Libertadores para facilitar o comparativo. Sei que a Ponte Preta está fazendo uma graça, mas será que de fato ela tem chances ou só está “fazendo uma graça” em cima? De toda forma a deixei junto com a galera que está virtualmente de férias.

G7 e Flamengo no comparativo de pontos ganhos entre si

G7 e Flamengo no comparativo de pontos ganhos entre si

Pontuação nos confrontos com os times do meio de tabela

Pontuação nos confrontos com os times do meio de tabela

 

Pontuação nos confrontos com quem briga para não cair

Pontuação nos confrontos com quem briga para não cair

As tabelas acima nos dão uma visão geral, percebemos quem são os “pequenos” que mais tiram pontos dos grandes, aqueles times que todos ganham e que, portanto, um time que briga em cima não pode deixar de vencer. Contudo, ainda é difícil ter uma dimensão do quão bem ou mal o Flamengo está em relação aos seus adversários diretos pela vaga, então abaixo vou traduzir os pontos acima em percentual relativo aos pontos disputados.

Tabela 4

Quantos jogos restam contra times das zonas da tabela.

Tabela 5

Podemos a partir das últimas duas tabelas concluir que o caminho do Santos daqui para frente é o melhor, enquanto o Flamengo tem os piores confrontos. Também vemos a importância de vencer os times que estão nas partes inferiores da tabela, quem não perde pontos de bobeira ocupa as posições mais altas, como o Corinthians que não teve tanto sucesso assim contra o top 8, mas fez a festa nos outros dois grupos.


Agora olhando apenas a tabela do Flamengo, podemos ver que além da pífia campanha do 1° turno, o time se deu bem contra os que tinham uma pontuação que não oferecia risco, mas também não permitia aspirações mais ambiciosas, porém fez jus à fama de “ressuscitador de mortos” ou “levantador de defuntos” ao perder pontos valiosíssimos para times que estão na zona da degola e que estão fazendo falta nesse fim de campeonato cheio de peixe graúdo pela frente.

Para terminar, a Ponte Preta tem pelo caminho Atlético-MG (F), Joinville (C), Internacional (F), Figueirense (C), Flamengo (F), Avaí (F) e Sport (C). Destes, Atlético-MG e Internacional são muito fortes em casa e o Flamengo tem se mantido 100% contra os times médios, o que torna a vida muito difícil para a Ponte Preta, assim como os confrontos contra Figueirense e Avaí que lutam para fugir do descenso. Tendo em vista os outros times na disputa pela Libertadores e suas tabelas, não acredito que a Ponte Preta vá mais longe.

Outro ponto preocupante é perceber que além dos clubes de cima que o Flamengo enfrentará, os que restam dos outros grupos têm feito jogos duros contra os times grandes. O ponto positivo é que historicamente o time cresce contra rivais de peso, está na hora dos que estão nas posições de comando cobrarem comprometimento dos jogadores, que por sua vez deveriam se mostrar estar à altura de disputar a Libertadores, transformando cada um dos próximos jogos em uma final de campeonato.

Saudações Rubro-Negras!

Comente pelo Twitter @MRN_CRF ou direto na fanpage do MRN no Facebook (clique aqui). Sua opinião faz toda diferença!


Nayra M. Vieira é integrante da Equipe MRN Informação e escreve no Blog Flamengo em Foco, da Plataforma MRN Blogs.

 

LEIA AS ÚLTIMAS DO MUNDO RUBRO NEGRO

Blog Orra, é Mengo: As soluções para os problemas do Fla

Rumo ao… Hendecampeonato!

Blog do Paschoal: Apagão de C… é R…

Declaração de incompetência

Adeus Libertadores?

Concurso Cultural “Flamengo: 120 anos e A Sua Grande História” já está aberto!

O Anti-Flamengo

Blog Mimimi do Cazô: Somos todos babacas, Flamengo.

Blog Flamenguista Imparcial: Estadual 2016: O Retorno dos Absurdos

Blog Cultura Rubro Negra: obrança necessária: O Flamengo precisa resgatar sua tradição disciplinadora