Flamengo feminino

Elenco entrando em campo. Time foi bem na primeira fase. Foto: Adriano Skrzypa

 

Na última quarta-feira (17), o Flamengo/Marinha conquistou a classificação para a segunda fase do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Com uma boa campanha, as meninas terão vida difícil pela frente, mas não falta qualidade, força e vontade de vencer para as rubro-negras. Confira tudo sobre o time e a campanha:


 Números:

Jogos: Quatro.

Vitórias: Três.

Empates: Um.

Derrotas: Zero.

Gols marcados: Nove (dois de pênalti).

Gols sofridos: Um.

Aproveitamento: 83%.

Cartões amarelos: Três.

Cartões vermelhos: Zero.

Artilheira: Pâmela, com cinco gols.

Campanha:

1ª rodada: Flamengo 3×1 Vitória-PE.

As meninas já começaram com um susto. Levando gol logo aos 13 minutos do primeiro tempo, as rubro-negras conseguiram driblar as defensoras adversárias e conquistaram a virada ainda nos 45 minutos iniciais. Apesar das finalizações ruins, o Mais Querido fechou o placar com um gol de pênalti aos 21’.

2ª rodada: Viana-MA 0x3 Flamengo.

O problema com as finalizações continuou assombrando as meninas, que não conseguiram acertar no primeiro tempo contra o Viana. Entretanto, o treinador Ricardo Abrantes fez os ajustes necessários e o Flamengo/Marinha conseguiu abrir o marcador logo no início da segunda etapa. Os dois últimos gols saíram já no final da partida.

3ª rodada: As meninas tiveram folga.

 

AoD0WFw0z3a0PIVjT1gPlbbsVslofYlmf8ak8TboNah7

Jogo contra o São Francisco termina sem gol. Foto: Adriano Skrzypa

 

4ª rodada: Flamengo 0x0 São Francisco-BA.

No terceiro jogo do Brasileirão Feminino, o Flamengo/Marinha não conseguiu passar pelo São Francisco e acabou ficando no amargo empate. O resultado desagradou, mas não faltaram oportunidades para abrir o placar, já que as rubro-negras conseguiram colocar duas bolas na trave e Pamela ainda desperdiçou um pênalti. Além disso, as meninas do Mais Querido ainda tiveram um gol anulado.

5ª rodada: Duque de Caxias 0x3 Flamengo.

Apesar da vitória elástica, o Mais Querido não conseguiu convencer. Jogando mal, as meninas tiveram problemas principalmente na finalização, na marcação e na objetividade. Porém, a defesa trabalhou bem e Pamela destruiu as adversárias marcando os três gols da vitória, um logo no começo do primeiro tempo e dois na segunda etapa.

 

Classificação final:

Na classificação final da primeira fase, o Flamengo ocupa a primeira posição do Grupo 4 com dez pontos. Em segundo está o São Francisco com oito, seguido de Vitória com sete, Viana com três e Duque de Caxias, que perdeu todos os jogos e ficou com zero.

Próxima fase:

O Flamengo/Marinha foi a única equipe carioca a se classificar para a segunda fase do Campeonato. O Duque de Caxias foi eliminado após perder todas as quatro partidas disputadas. O Vasco, no grupo 2, conquistou apenas um ponto.

A segunda fase contará com oito equipes e foram definidos dois grupos, 5 e 6, com quatro times cada. O Flamengo/Marinha compõe o Grupo 6, acompanhado de Iranduba-AM, São José-SP, atual equipe campeã mundial, e Corinthians. O primeiro jogo será dia 23 de março, mas o adversário ainda não foi definido.

Ainda acontecerá a escolha das jogadoras da Seleção Brasileira Feminina permanente, que serão distribuídas entre os times que passaram de fase. O Draft, como é chamado, é uma iniciativa da CBF para equilibrar os confrontos e quando os times selecionam as atletas que encaixam melhor em suas equipes. Campeãs como Thaisa, Luciana, Formiga e Andressinha estavam entre as disponíveis para contratação no último ano. Em 2015, o Flamengo selecionou Maurine, Mônica e Rafa Travalão. O evento será realizado na sede da CBF no dia 23/02.

 

AsxQKjKSOKZztWup6XwU2GH9O86sJGIwCjJKdHIpk3RL

O que esperar:

É fato que as meninas do Flamengo são muito talentosas. Marcando três gols nas três vitórias, a equipe vai evoluindo gradualmente, mas ainda precisa acertar algumas coisas para a segunda fase. O treinador Ricardo Abrantes terá um trabalho difícil pela frente, já que as rubro-negras certamente encontrarão adversários ainda mais fortes pela frente.


A grande arma rubro-negra é Pamela. A jogadora conseguiu ser decisiva nas vitórias, marcou três vezes no último jogo e, apesar de ter perdido um pênalti contra o São Francisco, é artilheira do time e da competição com cinco gols.

 

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!