Má fase que não passa!

 

Evérton tenta dominar a bola.  Outra atuação abaixo da média do time. (Foto: Site Oficial)

Evérton tenta dominar a bola. Outra atuação abaixo da média do time. (Foto: Site Oficial)

 

George Castro (Twitter: @George_CRF)

O Flamengo foi a campo neste domingo para jogar o clássico diante do Fluminense pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe rubro-negra voltou a jogar mal e perdeu por 3×2, a 3ª derrota na competição. Hoje também foi a estreia de Cristovão Borges, que veio substituir Luxemburgo no comando técnico do elenco. O time do Flamengo agora soma apenas 1 ponto em quatro rodadas e está no Z4.

Com técnico novo e as voltas de Éverton e Cirino, o torcedor esperava uma melhora na equipe, mas a falta de padrão de jogo ainda era visível e o time não rendeu o esperado. Com pouco tempo para conhecer o elenco, Cristovão montou o Flamengo com Arthur Maia na criação e o ataque com Éverton, Paulinho e Alesandro.

O Flamengo começou o jogo marcando em cima e priorizando a posse de bola, mas aos 7 minutos o juiz Sandro Meira Ricci apitou pênalti de Pará em cima de Vinicius. Pará se chocou com o adversário em um lance normal mas o juiz viu um empurrão por trás. Penalidade mal marcada. Fred foi para a cobrança e converteu, abrindo o placar. O time da Gávea passou a ter mais posse de bola, mas pouco criava e apostava na correria e bolas levantadas na área.

Pecando na marcação no meio campo, o Flamengo acabava dando liberdade para o adversário tocar a bola. Com maior posse de bola, o Flamengo chegou a ter bons lances, com uma cabeçada de Wallace e um lançamento de Canteros que Alesandro não alcançou. Mas ao se lançar ao ataque, o rubro-negro descuidou da defesa e acabou levando o segundo gol. Aos 32 minutos, após jogada na direita, a bola foi cruzada rasteira para a área do Flamengo. A bola iria chegar até o Fred, e, numa tentativa de cortar a jogada, Pará jogou a bola para o fundo das redes flamenguista.

Após tomar o segundo gol, o Flamengo viu o adversário relaxar e foi pra cima, conseguindo diminuir aos 36 minutos. Armero fez jogada na ponta esquerda e cruzou para a área, encontrando Alecsandro no meio da zaga, que cabeceou no canto do gol adversário. A partir daí o time se lançou ao ataque e ainda teve uma chance, mas o primeiro tempo com o Flamengo em desvantagem.


Armero foi um dos poucos jogadores conscientes em campo (Foto: Site Oficial)

Armero foi um dos poucos jogadores conscientes em campo (Foto: Site Oficial)

Na volta do segundo tempo o rubro-negro veio mostrando vontade de empatar o jogo, mas logo no primeiro lance, em um passe errado no ataque, o Flamengo deu espaço para um contra-ataque mortal e acabou levando o terceiro gol, com um minuto da segunda etapa. Gerson foi lançado no contra-ataque pela direita, entrou na área, ganhou de Armero e rolou para Fred, que tocou na saída de Paulo Victor. Flamengo novamente com 2 gols de desvantagem.

O terceiro gol deu uma esfriada no time, mas logo em seguida o time tricolor teve o jogador Giovanni expulso, após entrada dura em Marcelo Cirino. Com um a mais em campo, Cristovão tirou Pará e colocou Gabriel em seu lugar. O time passou a controlar o jogo e se lançou totalmente ao ataque, mas faltou calma para criar as jogadas e com isso o time não finalizava. O Fluminense foi cansando e quase não agredia mais o Flamengo, esperando só por contra-ataques.

O jogo foi ficando tenso e Cristovão colocou mais um atacante para tentar chegar ao empate. Eduardo entrou no lugar de Cáceres e já aos 40 minutos da segunda etapa conseguiu fazer um gol. Após jogada de Cirino na esquerda, o atacante cruzou para a área, na cabeça de Eduardo da Silva, que cabeceou no contra pé de Cavalieri. O Flamengo aí foi para o tudo ou nada, mas o time do Fluminense conseguiu se segurar na defesa e garantiu a vitória.

O time do Flamengo ainda não venceu na competição nacional e amarga a segunda derrota seguida. A equipe volta a campo nesta quarta-feira, ainda pelo nacional, para enfrentar a equipe do Cruzeiro, lá em Belo Horizonte.

Eduardo teve pouco mais de 10 minutos em campo (Foto: Site Oficial)

Eduardo teve pouco mais de 10 minutos em campo (Foto: Site Oficial)

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2X3 FLUMINENSE

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 31 de maio de 2015
Horário: 18h30
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-SC)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Fábio Pereira (Fifa-TO)
Cartões amarelos: Pará, Cáceres, Bressan e Everton (FLA) e Vinícius e Wagner (FLU)
Cartões vermelhos: Giovanni (FLU) e Canteros (FLA)
Gols: Fred (FLU), aos sete minutos, Pará (FLA – contra ), aos 32 minutos e Alecsandro (FLA), aos 36 minutos do primeiro tempo; Fred (FLU), com um minuto, Eduardo da Silva (FLA), aos 40 minutos

FLAMENGO: Paulo Victor; Pará (Gabriel), Bressan, Wallace e Armero; Cáceres (Eduardo da Silva), Canteros e Arthur Maia (Marcelo Cirino); Paulinho, Alecsandro e Everton
Técnico: Cristóvão Borges

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Renato, Gum, Antônio Carlos e Giovanni; Edson, Jean, Wagner, Gerson (Pierre) e Vinícius (Wellington Silva); Fred (Marlone)
Técnico: Enderson Moreira