Rubro-Negro inicia o Carioca Sub-20 com derrota 

 

logo mrn informaçãoO Flamengo estreou com derrota no Campeonato Carioca Sub-20. Em partida realizada na Gávea, neste sábado (30), o Mengão saiu na frente do placar com Kleber. Ainda no primeiro tempo o Boavista empatou, e na segunda etapa, após perder várias chances de gol, o time da Região dos Lagos marcou no último minuto da partida. A vitória por 2 a 1 foi muito comemorada pelos jogadores do Boavista, afinal, não é todo dia que se ganha  do Campeão da Copinha. O Rubro-Negro volta a campo na próxima quarta-feira (03) para enfrentar o Macaé, às 19h15, no Moacyrzão. O embate entre Fla x Macaé pelo Sub-20 será preliminar dos profissionais, que jogarão às 21h45.

O Mais Querido foi comandado pelo auxiliar Valtinho, pois o técnico técnico Zé Ricardo, assim como os jogadores titulares da final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, recebeu folga. O Flamengo iniciou a partida com:

— João Lopes; Kleber, Matheus Thuler, Rafael e Michael; Henrique, Jean Lucas e Pepê (Marcelinho); Alan Carius (Lucas), Luã Lucio e Antônio.

Jogando em casa, a iniciativa do jogo foi rubro-negra, mas logo se percebia a dificuldade do Flamengo em articular jogadas no meio campo. O sol forte também atrapalhava, e por isso, o Mais Querido abusou de jogadas pela direita, local do campo que estava coberto pela sombra. Mas foi de um cruzamento da esquerda que saiu o primeiro gol do jogo, Antonio Carlos chutou e o goleiro chegou a defender, no rebote Klebinho abriu o placar do jogo.

Fla x Boavista Sub20

Fla com reservas na Gávea. Foto: MRN

A resposta do Boavista foi imediatada, num chute colocado, de fora da área, o verdão de Saquarema empatou a partida. Após o gol, o Flamengo continuou com mais posse de bola, porém o Boavista chegava com muito perigo nos contra-ataques, e assim o jogo foi para o intervalo, empatado em 1 a 1.


Pepê não voltou para o segundo tempo, em seu lugar entrou Marcelinho. Com os dois times precisando do resultado, o jogo ficou bem mais movimentado na etapa complementar. O Fla poderia ter ficado novamente  na frente se o árbitro tivesse marcado o pênalti, quando um jogador do Boavista cortou a bola com a mão dentro da área. O volante Henrique apareceu em duas oportunidades e também por pouco não marcou para o Fla. Primeiro levou perigo numa cabeçada após cobrança de escanteio de Kleber, depois recebeu no meio campo e chutou colocado, obrigando o goleiro adversário a fazer a uma boa defesa.

O Boavista não ficou apenas observando a partida, em duas boas roubadas de bola o time da Região dos Lagos ficou frente a frente com o goleiro João Lopes, mas desperdiçou a chance de liquidar a fatura. Pelo Flamengo, Michael acertou uma bola no travessão, mas a pressão no final da partida foi do Boavista, que foi premiado pela sua insistência e no último minuto da partida virou o jogo 2 a 1.

 

 


Bruno Vasconcellos faz parte da equipe MRN Informação. Twitter: @BruNoCellos93