Reprodução: Instagram

Reprodução: Instagram

O Flamengo fez na noite desta quarta-feira (27) sua estreia na Copa Sul-Minas-Rio, torneio organizado pela Primeira Liga. A partida, válida pelo Grupo C da competição, foi realizada às 21h45 (horário de Brasília),no Mineirão, e teve como adversário o Atlético-MG. O duelo foi bem movimentado e terminou com a vitória do Mengão por 2 a 0, gols de Paolo Guerrero.



Com o resultado, o Fla somou os três primeiros pontos e ocupa, até o momento, a liderança do grupo, já o Atlético-MG se encontra na última posição. Porém, América-MG e Figueirense fecham a rodada na quinta-feira (28), podendo promover mudanças na tabela.

Primeiro tempo ruim

Com dificuldades na saída de bola, o Mengão sofreu na primeira etapa. Márcio Araújo, Arão e Éverton não conseguiam fazer a transição entre defesa e ataque, obrigando Sheik a recuar para buscar jogo, deixando assim Guerrero praticamente sozinho entre os zagueiros alvinegros.

Aproveitando-se da dificuldade rubro-negra, o time mineiro passou a maior parte do primeiro tempo no campo de ataque e por três vezes ficou perto de abrir o placar.

Na chance principal do Galo, Giovanni Augusto recebeu cruzamento de Pratto na pequena área e, completamente livre, tocou para gol. A bola ia entrando, mas Gabriel, com um carrinho providencial, conseguiu evitar o pior. As outras duas oportunidades foram uma cabeçada no travessão e um chute a queima-roupa, mas Paulo Victor conseguiu fazer ótima defesa.

Flamengo volta melhor

A conversa do técnico Muricy com os jogadores durante o intervalo deu resultado. Mais atento e compactado, o rubro-negro passou a marcar melhor e, ao mesmo tempo, chegar com mais perigo ao ataque.

Éverton, antes apagado, apareceu mais e criou boas possibilidades de gol. Em uma delas, o meia ficou com a sobra na entrada da grande área e chutou no cantinho, obrigando Victor a espalmar para escanteio. No segundo lance, Éverton arrancou pela esquerda e cruzou para Guerrero, mas o atacante chegou atrasado no lance.

Buscando mais consistência no ataque, Muricy sacou Gabriel, que não fazia uma boa partida, e colocou em seu lugar Marcelo Cirino. O atacante entrou bem e acabou se tornando peça importante no restante do jogo.

Acabou o caô

Melhor em campo, a única coisa que faltava ao Flamengo era a bola entrar, e não demorou muito para que isso ocorresse. Em sua segunda jogada, Cirino avançou pelo lado direito e cruzou para Guerrero pegar de primeira, abrir o placar e de quebra encerrar um jejum de cinco meses.

O camisa 9 queria mais e já no finalzinho do confronto contou com a ajuda de Emerson Sheik para marcar o segundo. Sheik lançou na frente, o peruano avançou e bateu rasteiro no canto esquerdo de Victor. Com os gols, o Fla conseguiu sua primeira vitória em 2016.

Fala Muricy

Após a partida, o técnico flamenguista concedeu entrevista coletiva e falou sobre a vitória da equipe.

“A gente está trabalhando bem, fazendo nosso melhor, evidente que há erros, mas hoje foi para dar confiança”, disse Muricy.

“Para ganhar do Atlético é muito difícil, não é um jogo qualquer. Viemos para ganhar, esse foi nosso discurso na preleção”, completou.

Escalação do Flamengo: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan, Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Éverton (Chiquinho); Gabriel (M. Cirino), Sheik (Canteros) e Guerrero. Técnico: Muricy Ramalho

Arbitragem: Héber Roberto Lopes

Auxiliares: Nadine S. Câmara Bastos e Rosnei Hoffmann Scherer

 

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!