Analise

Após dez dias de treino, Muricy conseguiu piorar o time do Flamengo. Além de repetir os mesmos erros de sempre, os jogadores sentiram a pressão após sofrer o primeiro gol e os problemas se agravaram, tornando a vitória do Fortaleza muito tranquila pro time da casa.



Parecendo ignorar todos os reais problemas do time, Muricy não mexeu em nenhum fator que levou à eliminação da Primeira Liga e do Carioca e ainda voltou a insistir em Fernandinho, que a cada jogo mostra mais o porquê de ter sido reserva no Grêmio até outro dia.

O Flamengo foi escalado com Paulo Victor – Rodinei, Wallace, Juan, Jorge – William Arão, Cuéllar – Cirino, Mancuello, Fernandinho – Guerrero. Mas o que se via em campo era uma formação completamente diferente, zoneada, como na figura abaixo.

Zona do Muricy

Enquanto Wallace vai cobrir Rodinei e Cuéllar fica a postos para cobrir Arão, Juan fica a meio caminho para cobrir a posição de Wallace e Jorge precisa segurar para cobrir Juan. Enquanto os heróis da defesa se sacrificam pelo time, os irresponsáveis se lançam para a área procurando seu minutinho de fama ao fazer um gol, triscar na bola pra ganhar uma “assistência” mesmo que a bola só tenha batido nele. Ou fazer boa figura pintando de ofensivo.

Essa zona tática que coloca um mundo de distância entre a defesa e o meio e o ataque é a principal responsável pelo péssimo futebol apresentado pelo Flamengo. Não há agilidade e eficiência na saída de bola, o que significa que a defesa adversária se recompõe antes do Flamengo começar a armar o ataque. Obriga a defesa a dar chutões ou ainda abre espaço para Wallace aparecer no ataque para armar.

Esse abismo entre a defesa e o meio provoca um número enorme de passes na defesa, onde os times adversários não marcam o Flamengo, assim é possível entender porque geralmente o Flamengo tem grande posse de bola. Como perdê-la se para os adversários –geralmente em vantagem no placar – é ótimo ver o Flamengo tocando despretensiosamente em seu campo? Nos primeiros 4 meses do ano os jogadores de defesa acumularam 63% dos passes certos, contra o Fortaleza o número se repetiu.

Mas o pior de tudo é a insistência em só atacar pelos lados, onde os jogadores estão limitados pela linha lateral e ainda precisam efetuar os terríveis cruzamentos. Como é possível ter como base do ataque o pior fundamento do time? Em todo o terrível “primeiro semestre” o Flamengo acumulou estatísticas ruins (clique aqui para vê-las) e no jogo contra o Fortaleza, após dez dias de treinamento, manteve os mesmos ridículos 23% de cruzamentos certos. Jorge foi o melhor com 4 acertos. Rodinei, o pior, com 8 erros.

No vídeo abaixo, temos os lances de perigo do Fortaleza além dos 2 gols que garantiram a vitória por 2 a 1.

Em todas as análises de jogos é recorrente chamar a atenção para os mesmos erros, principalmente sobre o posicionamento de Arão que mais prejudica que ajuda o time. Recentemente é possível ver alguns jornalistas esportivos chamando a atenção para o mesmo fato, além de comentários da torcida como este que destaco abaixo:

IMG_20160506_122618

“A imagem é o momento do gol do Guerrero. Mancuello é o jogador mais adiantado, 5 jogadores na linha de ataque e apenas 2 para o rebote, Cuellar é o único que dá opção de passe para o Jorge! SE alguém do Fortaleza ganha no alto, o rebote é deles e em 4 toques estão na nossa área. Isso acontece em TODOS os jogos!  Muricy treina isso?” por  @lannaNstor

A torcida está apontando os erros, os jornalistas apontam os erros, os treinadores adversários jogam em cima dos erros do Flamengo, como Jorginho faz com o pé nas costas, quando é que Muricy identificará estes erros e se mexerá para corrigir? Até quando a diretoria de futebol, bem como o presidente e vice-presidente de futebol irão ignorar os problemas e dizer que está tudo bem e o tempo resolverá?

Muricy nunca armou time ofensivo, os dez dias em que passou no Barcelona conhecendo a estrutura do clube (não do futebol do time principal) não podem ser considerados reciclagem, pois isto demanda estudo aprofundado de conceitos que ultrapassam e muito o período de dez dias. É nítido que o Muricy não tem ideia de como jogar fora do Muricybol, não tem ideia de como armar um 4-3-3 eficiente e, quando o treinador está perdido, não adianta ter os melhores do mundo que não dá jeito, como vimos recentemente com o Real Madrid de Cristiano Ronaldo e várias outras estrelas “treinado” pelo Benítez.

Em tempo, para não dizer que só aponto problemas e nunca soluções, abaixo seguem minhas sugestões de time baseadas no esquema do sub-20 campeão da Copinha:

Def

Atacando

Saudações Rubro-Negras

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!