O Flamengo ainda não retornou aos treinos após a difícil derrota no domingo (3) para o Corinthians. Entretanto, a semana começou agitada no Ninho do Urubu. Lesionados no último jogo, Rodinei e Ederson desfalcam o time por tempo indeterminado; Emerson Sheik também não tem previsão de volta e deve ser ausência por pelo menos 40 dias. O Mais Querido do Brasil ainda contou com o retorno de Adryan e a inclusão de Thiago Ennes, da base, no elenco principal.

A derrota para o Corinthians no domingo ainda refletirá no rubro-negro por mais algum tempo. Expulso no primeiro tempo, Zé Ricardo não deve ter permissão para ficar com sua equipe no gramado e dará lugar ao auxiliar Jayme de Almeida. Além dessa ausência, o Fla também perdeu Ederson, que sofreu dura entrada de Fagner durante a partida e acabou com uma contusão óssea no joelho esquerdo, e Rodinei com uma luxação no cotovelo esquerdo.

Os jogadores não têm data para voltar e realizarão mais exames ainda essa semana no Ninho do Urubu. Porém, uma baixa que já estava fora há alguns jogos seguirá por muito mais tempo. O atacante Emerson Sheik sentiu a parte anterior da coxa direita dias antes do duelo contra o Corinthians e um exame apontou estiramento grau 2, o que pode deixá-lo fora por um mês ou mais.

Paolo Guerrero é outro que não poderá jogar contra o Atlético-MG no próximo sábado. O atacante peruano foi advertido com o terceiro cartão amarelo e ficará suspenso no confronto, provavelmente sendo substituído por Felipe Vizeu.

Entretanto, a semana não foi apenas de notícias ruins para o Flamengo. Sem Rodinei e Chiquinho, o Mais Querido acabou ficando com uma vaga aberta na lateral direita. Pará deve ser o substituto imediato, mas o clube convocou Thiago Ennes, que atualmente é titular no Sub-20.


Além dele, Lucas Mugni se reapresentou nesta terça-feira após longo período longe do clube e fez apenas uma atividade sozinho em horário alternativo. Outro que será cara nova nos treinos e velha no Fla é Adryan, que estava emprestado para o Nantes, da França e retorna nesta quarta.