Após a vitória e classificação contra o Confiança na última quarta-feira, o Flamengo entrou em campo neste domingo (24), na Arena da Amazônia, para enfrentar o Vasco, confronto válido pela semifinal do Campeonato Carioca. Entretanto, não foi isso que se viu em campo e o Mais Querido saiu derrotado de Manaus.

O Flamengo entrou em campo com uma responsabilidade grande nas costas: vencer seu maior rival para se classificar no Carioca. Sem poder empatar graças a vantagem do Vasco, o Mais Querido tinha que sair com o resultado positivo. Para isso, Muricy Ramalho mudou o que havia dito na última partida e escalou o time no 4-3-3, colocando Gabriel no ataque. Sem Juan, suspenso, o treinador optou por César Martins ao lado de Wallace.

PRIMEIRO TEMPO

No primeiro tempo, o Flamengo tentou começar a partida atento e indo direto para o ataque. Logo aos quatro minutos houve uma falta mais dura do Vasco no campo do Flamengo, o que gerou um princípio de confusão em que Wallace e Nenê levaram cartões amarelos.

Após os minutos iniciais, o Vasco começou a se achar em campo enquanto o Flamengo tinha muita dificuldade para criar jogadas e finalizar as poucas chances que teve.  Apesar de achar espaços no ataque, o Mais Querido deixava muitos espaços na defesa e o adversário se aproveitou deles, chegando cada vez mais perto do gol de Paulo Victor.


Aos 22 minutos, o Vasco fez jogada pela lateral, Riascos passou com enorme facilidade por César Martins, a bola sobrou sozinha na área, Nenê finalizou, Wallace tirou em cima da linha e, na confusão, conseguiu mandar para longe. Porém, o chute caiu nos pés de Andrezinho que, sem marcação, abriu o placar para o adversário.

Enquanto o Vasco se acomodava com o resultado, o Flamengo controlava mais a bola e tentava mudar a estratégia, mas o time teve muita dificuldade para criar chances e, quando criava, errava todas as finalizações. Com isso, o primeiro tempo terminou com 1×0 para o adversário no placar.

SEGUNDO TEMPO

Para a segunda etapa, Muricy Ramalho desistiu do 4-3-3 e voltou com o 4-4-2, tirando Gabriel para colocar Alan Patrick. O Flamengo começou bem e achou diversos espaços no campo adversário nos primeiros dez minutos, entretanto, o maior problema rubro-negro foram as finalizações, que foram muito erradas.

O time até tentou empatar o placar, porém, aos 12 minutos, o Vasco chegou na área, Riascos fez a finalização sozinho, Paulo Victor defendeu e mandou a bola em Wallace, que estava muito mal posicionado e bateu na bola, empurrando para dentro e fazendo 2×0 para o adversário.

Sem reação, o Flamengo não soube o que fazer e viu o Vasco administrar totalmente o resto da partida. O Mais Querido até tentou finalizar, mas nada deu certo. Para piorar a situação, aos 35 minutos Alan Patrick fez falta dura por trás e foi expulso.

PRÓXIMO JOGO

Eliminado do Campeonato Carioca, o Flamengo só entra em campo no dia 14/05, quando estreia no Campeonato Brasileiro contra o Sport. A partida ainda não tem local nem horário definido.

FICHA TÉCNICA
Vasco 2×0 Flamengo
Data: 24/04/2016
Local: Arena da Amazônia, Manaus (AM)
Horário: 16h
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Daniel do Espírito Santo Parro
Cartões amarelos: Rodinei, Wallace, César Martins e Cuéllar (FLA); Luan, Julio Cesar, Julio dos Santos e Nenê (VAS)
Cartões vermelhos: Alan Patrick (FLA)

FLAMENGO: Paulo Victor; Rodinei, Wallace, César Martins e Jorge; Cuéllar, Willian Arão (Ederson) e Mancuello; Marcelo Cirino (Felipe Vizeu), Guerrero e Gabriel (Alan Patrick). Técnico: Muricy Ramalho

VASCO: Martin Silva, Madson, Luan e Rodrigo, Júlio César (Rafael Vaz); Diguinho (Yago Pikachu), Júlio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riasco (Eder Luis). Técnico: Jorginho