No Pacaembu, Flamengo e Santa Cruz se enfrentaram em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Mais Querido do Brasil não tomou conhecimento do adversário e venceu por 3 a 0, com gols de Felipe Vizeu, Willian Arão e Marcelo Cirino.

O Flamengo entrou em campo na tarde deste sábado sabendo da responsabilidade que tinha. Diante do Santa Cruz, que deu trabalho ao Palmeiras na última rodada e quase arrancou pontos do líder, o rubro-negro precisava se impor em campo. Sem Paolo Guerrero e Alex Muralha, ambos na seleção, Zé Ricardo colocou Felipe Vizeu e Paulo Victor no lugar. Jorge, que estava suspenso, foi substituído por Chiquinho; por opção, Zé tirou Gabriel e colocou Alan Patrick.

A primeira chegada de perigo foi dos visitantes. Após enfiada de bola perigosa de João Paulo para Keno, o atacante tentou driblar Paulo Victor, que interceptou na hora certa. Na sequência, após saída rápida, Chiquinho encontrou Everton em boas condições para colocar Felipe Vizeu de cara para o gol. O camisa 47 desviou e abriu o placar no Pacaembu, fazendo Flamengo 1 a 0.

Após o gol, o Santa Cruz cresceu pelo lado esquerdo com o perigoso Keno, que fez Pará e Rever trabalharem bastante pelo lado direito defensivo. O Santa apostou principalmente no jogo aéreo, mas sem sucesso. Aos 13 minutos, a equipe pernambucana teve oportunidade de empatar após cobrança de falta, mas a bola explodiu na barreira e saiu pela linha de fundo.

Passados 20 minutos, o jogo esfriou. O Flamengo buscou espaço para ampliar, mas o Santa acertou a marcação e melhorou na partida. Aos 35 minutos, o Fla conseguiu chegar com perigo ao gol tricolor com Everton, que fez boa jogada, dividiu com o zagueiro e chutou de direita por cima. O Santa Cruz seguiu melhor na partida, mas não aproveitou as chances, esbarrando na falta de criatividade no último passe e nos inúmeros impedimentos.

O Flamengo ainda teve mais algumas boas chances com Chiquinho, que chutou de primeira e quase pegou Edson de surpresa, e outra após cobrança de falta sofrida por Pará, que rendeu a Allan Vieira o primeiro cartão amarelo do jogo. Após a cobrança sem sucesso, o goleiro repôs a bola de forma precipitada, o zagueiro errou o passe e o Mengo quase aproveitou a bobeira da defesa. Em seguida, mais uma falha da defesa coral e o rubro-negro quase fez o segundo.


Na etapa final, o Flamengo começou melhor e dominou os primeiros 20 minutos. Chiquinho, como no primeiro tempo, bem acionado, quase fez o dele quando, aos 12 minutos, o camisa 30 recebeu em liberdade, limpou para a direita e chutou rasteiro com perigo, mas o goleiro espalmou pra a linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Alan Patrick tocou, Diego mandou na trave e na sobra, Willian Arão aproveitou, ampliando o placar: 2 a 0.

O Flamengo seguiu melhor na partida, impondo seu ritmo e não dando chances ao Santa Cruz de chegar ao gol de Paulo Victor. Zé Ricardo mexeu pela primeira vez aos 13 minutos, tirando Alan Patrick para a entrada de Fernandinho e pela segunda vez aos 28 minutos, colocando Sheik no lugar de Felipe Vizeu.

A primeira chegada do Santa Cruz foi com João Paulo, que chutou de fora da área e obrigou Paulo Victor a fazer boa defesa. Pouco depois, Emerson Sheik quase marcou o terceiro para o Flamengo aos 32 minutos, quando Éverton recebeu em profundidade, fez o corte e cruzou na medida para o camisa 11. Na execução, Sheik optou por cabecear e a bola foi fraca nas mãos do goleiro.

O Santa Cruz mexeu duas vezes aos 34 minutos, tirando Arthur e Grafite para as entradas de Marion e Bruno Moraes. Marion, em seu primeiro lance, fez bela jogada pela esquerda e teve a oportunidade de diminuir para os visitantes, mas Paulo Victor, mais uma vez fez boa defesa.

Aos 39 minutos, Chiquinho pediu substituição após sentir muitas cãibras e foi substituído por Marcelo Cirino. Com isso, Éverton foi deslocado para a lateral esquerda. Já nos minutos finais, Paulo Victor cobrou tiro de meta, Fernandinho tocou e Emerson Sheik deu bela assistência para Marcelo Cirino driblar o goleiro, fazendo o terceiro para o Flamengo. Gol para fechar o caixão e selar a ótima vitória rubro-negra.

Emerson Sheik ainda teve boa oportunidade em bela jogada individual pela direita, mas foi parado por Allan Vieira. O camisa 6 do Santa fez falta, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Na cobrança da falta, Diego mandou pra área e a defesa mandou para escanteio. No último lance da partida, Diego ainda encontrou Sheik e o atacante carimbou a trave após belo chute cruzado.

Com a boa vitória, o Flamengo chega aos 57 pontos e segue na cola do líder Palmeiras que tem 60. O próximo desafio do Mais Querido é o clássico contra o Fluminense, na próxima quinta-feira (13), em Volta Redonda, às 21h.

Ficha técnica

Flamengo: Paulo Victor; Pará, Réver, Rafael Vaz e Chiquinho (Marcelo Cirino); Márcio Araújo, Willian Arão, Éverton, Diego e Alan Patrick (Fernandinho); Felipe Vizeu (Emerson Sheik).

Santa Cruz: Edson; Léo Moura, Luan Peres, Wellington e Allan Vieira; Jackson, Uillian Correia (Mazinho), João Paulo, Keno, Arthur (Marion) e Grafite (Bruno Moraes).

Gols: Felipe Vizeu (6′), Willian Arão (12′, 2ºt) e Marcelo Cirino (40′, 2ºt).

Cartões amarelos: Allan Vieira (2x), Alan Patrick.

Trio de arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro – MG. Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Alessandro Rocha de Matos – MG.

 

*Foto: Gilvan de Souza/Flamengo