Após a derrota para o Sport na última rodada, o Flamengo voltou a campo na manhã deste domingo (21) para enfrentar o Grêmio. No Mané Garrincha, o Mais Querido dominou as ações no primeiro tempo e conseguiu abrir o placar com Leandro Damião de pênalti. A segunda etapa teve gol do estreante Diego e o tricolor diminuiu com Henrique Almeida.



No Flamengo, uma surpresa logo na escalação, com a entrada de Gabriel no lugar de Mancuello. Como esperado, Diego começou jogando ao lado de Leandro Damião e Jorge voltou a lateral esquerda. Pelo Grêmio, Wallace Reis, ex-capitão rubro-negro, fez dupla de zaga com Geromel. A equipe ainda teve desfalque de Luan e Walace, que jogaram neste sábado (20) a final dos Jogos Olímpicos.

O próximo compromisso do Flamengo é contra o Figueirense, na quarta-feira (24), às 21h45, em confronto válido pelo jogo de ida da Copa Sul-Americana. No Brasileirão, o Rubro-Negro viaja para Chapecó e enfretará a Chapecoense no domingo (28), às 16h.

Com o resultado, o Mais Querido volta ao G4 temporariamente e fica na terceira colocação com 37 pontos, podendo permanecer se Corinthians e/ou Santos tropeçarem na rodada diante de Vitória e Coritiba respectivamente.

Fla domina e abre o placar no primeiro tempo

O domínio do Flamengo foi total desde o primeiro minuto da etapa inicial. Saindo com marcação forte e boa movimentação, o Mais Querido conseguiu controlar o Grêmio desde o princípio, segurando a posse de bola no campo ofensivo e mantendo a posse de bola alta.

Logo aos 10 minutos, Pará mandou um chute muito forte após receber bola de Leandro Damião, mas a finalização bateu na trave. Pouco depois, Everton fez ótima jogada com Diego e a bola sobrou para Damião que tentou e quase marcou. O atacante ainda teve outra oportunidade e tentou marcar de bicicleta, porém, Grohe conseguiu defender.

Aos 26 minutos, o Flamengo teve boa oportunidade com bola na área, Réver pegou de primeira e mandou na direção do gol, mas Geromel desviou com o braço. Leandro Damião até pegou a sobra e fez um golaço, mas o juiz já havia parado o lance e marcado pênalti para o Mais Querido. Damião pegou a bola e com calma, bateu colocado, abriu o placar no Mané Garrincha e marcou o gol 12.000 da história do Fla.

O Mengo saiu na frente e poderia ter feito ainda mais. Só na primeira etapa foram oito tentativas no gol e Marcelo Grohe precisou fazer milagres para defender as traves gremistas. Com a marcação forte, velocidade e um jogo bom tecnicamente, o Flamengo não teve muitos problemas, já que o Grêmio acertou o gol de Muralha apenas uma vez e sem sustos.

Flamengo segue dominando; Diego marca

No segundo tempo, o Flamengo voltou mais desatento e começou a sofrer pressão do Grêmio, que foi para cima com tudo para tentar marcar o gol de empate. Sem assustar Muralha, o tricolor tentou bastante passar pela defesa rubro-negra e apesar dos sustos, não conseguiu.

Aos 13 minutos, Zé Ricardo precisou fazer sua primeira alteração quando Leandro Damião sentiu dores no pé direito e foi substituído por Felipe Vizeu. Em seguida, o Grêmio teve duas ótimas oportunidades com Bolaños, salva por Pará no último segundo, e Geromel, que acabou nas mãos de Muralha. Aos 17 minutos, mais uma alteração no Fla, Gabriel pediu para sair por cãibras na perna e Alan Patrick entrou em seu lugar.

O Flamengo seguiu tentando pressionar, enquanto o Grêmio fazia o que conseguia para tentar chegar perto do gol rubro-negro. Em mais uma boa jogada de ataque, Diego mandou forte para Felipe Vizeu, ele não desistiu da jogada e correu atrás da bola. O atacante tocou para Pará, que teve ótima visão de jogo e mandou um belo cruzamento na área direto na cabeça de Diego que não desperdiçou e mandou direto para o fundo da rede de cabeça.

Logo em seguida, o Grêmio fez jogada rápida e deu passe longo direto para o ataque do Flamengo. Em confusão na defesa e muita desatenção, a bola sobrou para Henrique Almeida, que não desperdiçou e tocou na saída de Alex Muralha para diminuir a desvantagem no placar.

Os minutos restantes foram de pressão do Grêmio para conseguir segurar a bola e de ótima defesa do Flamengo, que só exigiu boa defesa de Muralha uma vez. Muito aplaudido e jogando 20 minutos a mais do que era esperado, Diego foi substituído por Mancuello já com 30 minutos. Em seu primeiro toque na bola, o argentino quase marcou, mas mandou por cima do gol.

Sem conseguir armar lances de perigo, o Grêmio acabou cedendo a pressão do Flamengo e deixou que o time rubro-negro controlasse as ações finais. Nos acréscimos, continuou dando só Mengo e sem dar tempo para mais nada, Raphael Claus encerrou a partida e o Mais Querido voltou a vencer no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 2×1 Grêmio

Data: 21/08/2016

Horário: 11h

Local: Mané Garrincha, Brasília (DF)

Flamengo: Alex Muralha;Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Cuéllar, Márcio Araujo e Diego (Mancuello); Gabriel (Alan Patrick), Everton e Leandro Damião (Felipe Vizeu). Técnico: Zé Ricardo

Grêmio: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira (Lincoln), Pedro Geromel, Wallace Reis e Marcelo Oliveira; Maicon, Ramiro e Douglas; Pedro Rocha, Everton (Guilherme) e Bolaños (Henrique Almeida)

Arbitragem: Raphael Claus (SP)

Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

Cartões amarelos: Geromel (GRE); Mancuello (FLA)


 

*Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!