Flamengo empata com Macaé e Alecsandro sai do ataque para ser goleiro

Por George Castro - Twitter: @George_CRF - Para o MRN Informação

Empate quente dentro e fora de campo

Empate quente dentro e fora de campo

O Flamengo empatou por 1×1 na sua estreia no campeonato carioca. O jogo foi contra o Macaé, no estádio Moacyrzão, em Macaé. Os gols foram marcados por Pipico aos 42 do 1º tempo e por Alecssandro aos 12 do 2ºtempo.

Antes mesmo de a bola rolar o jogo já se tornava polêmico. O goleiro Ricardo Berna, do Macaé, alegou ter sido agredido no vestiário
e culpou um grupo de torcedores de uma torcida organizada do Flamengo pelos atos. Alguns jornalistas noticiaram que um grupo de 100 torcedores havia invadido o vestiário se aproveitando de um descuido na hora da entrada do ônibus do time do Macaé. Houve também um protesto do Flamengo, que entrou em campo com uma tarja preta na camisa, em luto contra a FERJ.

Apesar da suposta agressão, a partida prosseguiu normalmente e o jogo iniciou com uma pressão do time rubro-negro em cima do time do Macaé. Luxemburgo adiantou o seu meio de campo e marcava a saída de bola do adversário, forçando alguns erros e aproveitando a posse de bola. Em determinado momento do jogo o Flamengo chegou a ter mais de 60% de posse de bola. Mas a superioridade não se traduzia em gols, com o setor ofensivo errando muitos passes e conclusões. Em uma jogada de Nixon pela esquerda, o atacante cruzou para dentro da área e encontrou Arthur Maia, que desperdiçou uma boa oportunidade.

O Flamengo atacava bem e Marcelo Cirino se mostrava participativo, tendo dado 3 chutes a gol antes da parada técnica. Léo Moura sentiu a coxa aos 32 minutos e foi substituído por Pará. Mas o Flamengo mesmo sendo superior se desarrumou, e em um contra ataque pela direita, o time do Macaé abriu o placar, já no fim do primeiro tempo. Diego foi à linha de fundo e cruzou para a área, encontrando Pipico, que marcou de cabeça após um escorregão do zagueiro Samir.

O time voltou para o segundo tempo com Alecssandro no lugar de Nixon, com Éverton e Cirino fazendo a função de ponta. E a mudança surtiu efeito. O jogo ficou mais aberto, com bons lances para os dois times. E o gol de empate do Flamengo não demorou muito a sair. Após uma cobrança de escanteio, Éverton pegou a sobra e tocou para Wallace, que levantou a bola na área do Macaé para encontrar Alecssandro, que de cabeça empatou a partida, aos 12 minutos. Esse foi o primeiro gol do atacante após realizar uma cirurgia no rosto no ano passado.


Com o gol de empate a partida melhorou e parecia que o Flamengo conseguiria a virada. Foi então que aos 27 minutos o goleiro Paulo Victor se chocou com o jogador Aloísio, em uma bola levantada na área do Flamengo. O goleiro sofreu um corte profundo no supercílio direito, sendo obrigado pelo médico do Flamengo a abandonar a partida. Como Luxemburgo já havia feito as 3 substituições, o atacante Alecsandro foi o escolhido para substituir Paulo Victor no gol rubro-negro. A partir daí o jogo deu uma caída no ritmo e mesmo com 1 jogador a mais, o time de Macaé pouco assustou o atacante/goleiro flamenguista. Alecssandro ficou 16 minutos no gol.

No fim o Flamengo ainda criou uma boa jogada com Canteros, que passou no meio de dois e rolou para dentro da área, mas no bate e rebate a bola sobrou com o goleiro Ricardo Berna. Fim de jogo em Macaé. E o empate saiu de bom tamanho para os dois times, em um jogo recheado de polêmicas.

O Flamengo volta a campo na quarta-feira, dia 04/02, para enfrentar o time do Barra Mansa, às 22hs no Maracanã.

PÚBLICO E RENDA

Presente: 14.550

Pagante: 12.550

CARTÕES

Amarelos: Diego Correa, Douglas Assis, Gedeil e Marquinho(Macaé). Alecsandro e Márcio Araújo(Flamengo)

GOLS:

Macaé: Pipico 42′ 1T

Flamengo: Alecsandro 12′ 2T

——————————————————-

#SRN #VamosFlamengo

@MRN_CRF