Após perder no jogo de ida em São Paulo, o Flamengo/Marinha chegou ao Rio de Janeiro sabendo que precisava vencer para conquistar seu objetivo. Com isso, as rubro-negras entregaram tudo de si e, nesta quarta-feira (11), conquistaram a classificação para a grande final do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. A vaga veio pelos pés da artilheira Larissa, que tem sete gols na competição.



Antes da bola rolar, uma surpresa apareceu na escalação. A meio-campista Maurine, que fraturou o dedo na última semana e tinha previsão de ficar seis semanas fora, conversou com os médicos antes da partida e foi para o jogo mesmo lesionada. Junto com ela, Diany, que estava suspensa, também foi novidade e figurou o time titular.

O Fla/Marinha chegou ao jogo em desvantagem, mas sabendo exatamente o que precisava fazer. A derrota por 2×1 em São Paulo dava às rubro-negras a chance de conquistar a vaga com uma vitória simples por 1×0, fazendo com que, logo no primeiro tempo, o Flamengo se mostrasse agitado e atacando bastante. Apesar disso, as bolas chegavam ruins para Larissa e Barbara, que foram as principais opções no ataque. Enquanto isso, a Ferroviária não ficou apenas no contra-ataque e saiu para o jogo, dando trabalho à defesa do Mais Querido e tornando o duelo mais equilibrado. A etapa ficou no 0x0 graças à falta de qualidade nas finalizações das duas equipes.

Para a segunda etapa, o Fla voltou com postura diferente e foi recompensado logo no início. Aos 9 minutos, a bola procurou a artilheira e Larissa, passando por duas marcadoras, mandou direto para o fundo da rede, abrindo 1×0 no placar e colocando o rubro-negro com um pé na final. Os minutos seguintes foram duros e o Flamengo/Marinha teve que segurar bastante na defesa para a Ferroviária não marcar. Luana acabou sendo bastante exigida, enquanto o ataque desperdiçava oportunidades. Apesar disso, o Mais Querido conseguiu controlar o resultado e saiu vitorioso do CFZ.

Com a classificação, as meninas do Mais Querido se tornam as primeiras cariocas a conquistarem o feito e deixam pelo caminho adversários muito difíceis. Se no ano passado o time acabou caindo no meio da competição e não conseguiu se encontrar com as perdas para os Jogos Militares, 2016 foi a recuperação e a recompensa será a disputa do título.

Classificado e finalista, o Flamengo tem foco total na disputa do grande título do Brasileirão. Para conquistar a tão sonhada taça, as meninas precisam agora parar o Rio Preto, último campeão, vencedor da semifinal contra o São José e que brigará para levar o bicampeonato. A primeira partida da final será disputada no Rio de Janeiro, terça-feira (17), no Estádio Los Larios, em Duque de Caxias, às 19h. A decisão será na sexta (20), no Estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto, às 19h.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 1×0 Ferroviária

Jogo de volta da semifinal do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino

Data: 11/05/2016

Horário: 19h

Local: Estádio Antunes, CFZ (RJ)

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ/CBF-2)

Assistentes: Wendel de Paiva Gouveia (RJ/CBF-1) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ/MAST)

Cartões amarelos: Tânia Maranhão e Karen (FLA)


FLAMENGO: Luana, Danielle, Tânia Maranhão (Carol), Diany, Emilião, Gaby (Jane), Bia Vaz, Larissa, Maurine, Barbara (Ju) e Karen. Técnico: Ricardo Abrantes

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!