Em noites inspiradas de Alan Patrick e Kayke, Flamengo amassa o Avaí em Natal



Na noite desta quarta feira, em confronto válido pela vigésima segunda rodada do Brasileirão, Flamengo e Avaí se enfrentaram na lotada Arena das Dunas, no Rio Grande do Norte. A Nação se mobilizou e pintou o nordeste de vermelho e preto para receber o Mais Querido. Em campo, um jogo fraco tecnicamente, mas que culminou com a vitória do Flamengo por 3 x0, resultado que deixa a equipe com 32 pontos, 4 a menos que o Atlético Paranaense, que é o quarto colocado e ocupa o G4.

Na comemoração do primeiro gol, de Alan Patrick, os dois protagonistas do jogo. (Foto: Flamengo/Gilvan de Souza)

Na comemoração do primeiro gol, de Alan Patrick, os dois protagonistas do jogo. (Foto: Flamengo/Gilvan de Souza)

Primeiro tempo fraco tecnicamente e que começou com o Avaí melhor. A equipe catarinense se fazia mais presente no meio campo, onde o improdutivo Canteros não conseguindo dar apoio ao ataque e muito menos ajuda na marcação, era menos um. O meio-campo do Flamengo parecia confuso e era facilmente vencido pela movimentação adversária.

A primeira chance real de gol veio somente aos 18′, após falta de Alan Patrick em Eduardo Neto, Camacho cobrou com maestria e a bola carimbou a junção da trave no ângulo esquerdo de Paulo Victor.

Aos 22′, novamente o Avaí levava perigo. Após chute forte de Eduardo Neto passando perto do gol rubro-negro. O Flamengo sentia a falta principalmente de Jorge, já que as jogadas continuavam sendo forçadas por ali, com Armero, que teve atuação discreta, não conseguindo dar sequência.

Aos 30′, a primeira chegada do Flamengo ao ataque, e gol. Em jogada pela esquerda, Emerson lança Everton na linha de fundo, que cruza rasteiro pra área, e fica com Canteros, que mesmo atrapalhado consegue dar belo passe de calcanhar para Alan Patrick estufar a rede. Após o gol, o Flamengo passou a controlar as ações e ter posse de bola, mas sem concluir ao gol com perigo.


Vem a segunda etapa e Oswaldo de Oliveira optou por não mexer na estrutura da equipe. Kayke, que fazia seu segundo jogo como titular, parecia estar à vontade dentro da Arena das Dunas, já que vindo do ABC-RN, jogou por diversas vezes no estádio. O atacante tinha boa movimentação e funcionava como um falso 9 às vezes, dando abertura principalmente para Sheik chegar mais à frente.

E aos 5′, bom chute de Kayke, que bateu na rede pelo lado de fora, tirando o grito de gol de vários Rubro-Negros. E se aos 5′ foi quase, aos 9′ Kayke conseguiu marcar o seu primeiro gol como profissional do Flamengo. Na meia-lua, Alan Patrick abre o jogo para Armero, que bate cruzado e encontra Kayke dentro da área, que só teve o trabalho de escorar a bola pra dentro do gol, 2 x 0 Flamengo. Com a vantagem, a equipe voltava a trocar passes com qualidade, e chegou a ter 65% de posse de bola.

O Flamengo só mexeu na equipe aos 25′, com Paulinho entrando no lugar de Armero, visivelmente desconfortável por estar sem ritmo de jogo e com atuação discreta. O Avaí se lançava ao ataque em busca de um gol que colocaria fogo na partida, e aos 29′ obrigou Paulo Victor a realizar duas excelentes defesas, em chutes de Léo Gamalho e Renan Oliveira. Mas logo em seguida em contra ataque, Alan Patrick acha Kayke sozinho, ele invade a área e ainda tem a frieza de deixar o goleiro Vagner no chão, para finalizar e marcar o terceiro do Flamengo. Depois disso, a equipe valorizou a posse de bola ao som do “Olé” dos Rubro-Negros presentes, que fizeram lindíssima festa em Natal.

Kayke tira o goleiro da jogada, e bate com categoria pra marcar o terceiro gol da partida. (Foto: Flamengo/Gilvan de Souza)

Kayke marca dois e faz grande segundo tempo  |Foto Flamengo/Gilvan de Souza

O Flamengo tem como adversário o Fluminense, clássico importante para as atuais pretensões do Flamengo no campeonato, que a partir de agora, briga pelo G4. Jogo no próximo domingo (06/09), 16h, no Maracanã.

 

FLAMENGO 3 x 0 AVAÍ

Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Herman Brumel Vani (SP)
Renda e público: R$ 1.639.485,0022.825 presentes
Cartões amarelos: Samir (Flamengo); Adriano, Antônio Carlos e Eduardo Neto (Avaí)
Gols: Alan Patrick, aos 30min do primeiro tempo; Kayke, aos 9min do segundo tempo e aos 30min do segundo tempo

FLAMENGO
Paulo Victor; Ayrton, Wallace, Samir e Armero (Paulinho); Márcio Araújo (Jonas), Canteros, Alan Patrick e Everton; Emerson Sheik (Marcelo Cirino) e Kayke
Técnico: Oswaldo de Oliveira

AVAÍ
Vagner; Nino Paraíba, Emerson, Antônio Carlos e Romário; Adriano (Roberto), Eduardo Neto, Camacho (Renan Oliveira) e Rômulo; Anderson Lopes (Pablo) e Léo Gamalho
Técnico: Gilson Kleina

 

LEIA TAMBÉM

ATUAÇÕES: Allan Patrick participa dos três gols, Kayke mete golaço; NOTAS de Flamengo 3 x 0 Avaí

 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA A GENTE NO TWITTER