George Castro (Twitter: @George Castro)

mrn inf

O dia era de festa e despedida, afinal de contas, era a última atuação em jogos oficiais pelo Flamengo de Léo Moura, era a estreia do manto n° 3, inspirado no modelo “papagaio vintém” e era o jogo de comemoração dos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro. Quase 50 mil pessoas foram ver a festa e homenagear o agora ex-capitão, mas terminou mal para o time rubro-negro o primeiro clássico pelo campeonato carioca no ano.

O Flamengo enfrentou a equipe do Botafogo pela 7ª rodada do Carioca, no Estádio do Maracanã, e perdeu por 1×0, gol de Tomas. Com a derrota, a primeira na temporada, o time da Gávea caiu para o quarto lugar, com 14 pontos, e pode deixar o G4 caso o Fluminense vença nessa rodada.

Flamengo tropeça em time de série B (Foto: Site Oficial)

Flamengo tropeça em time de série B (Foto: Site Oficial)

A equipe rubro-negra começou bem a partida e, jogando com 3 volantes, ocupou espaços no meio e marcava adiantado o time do Botafogo. O Flamengo mantinha a pressão e a bola no campo adversário, e teve total controle da partida durante a maior parte do 1º tempo. Antes da parada técnica, o zagueiro Samir sentiu uma lesão e teve que ser substituído por Bressan. O Flamengo só foi incomodado aos 30 minutos do primeiro tempo, em um chute de longe. Com domínio rubro-negro, o primeiro tempo chegou ao fim.

No intervalo do jogo, Luxemburgo tirou Gabriel e colocou Arthur Maia, adiantando para a ponta direita Márcio Araújo. O Flamengo manteve a posse de bola e a presença na área adversária, mas o time do Botafogo começou a sair mais para o jogo. A equipe alvinegra começou a chutar de longe e a conseguir entrar na área flamenguista, conseguindo alguns lances de perigo. O Flamengo já não dominava mais o meio de campo, apesar de contar com a criação de Arthur Maia.

Luxemburgo tirou Alecssandro e colocou Eduardo da Silva. O time passou a criar mais jogadas na frente da área botafoguense. As chances do Botafogo se resumiam a chutes de fora da área e cobranças de falta, onde eles conseguiram um belo chute no travessão aos 36 minutos. Aos 37 minutos Tomas apareceu na frente da grande área e arriscou, acertando um chute na trave, que rebateu em Paulo Victor e entrou. Botafogo 1×0.


O time do Flamengo até que tentou mas não conseguiu reagir, faltava tempo. Assim o time de Luxemburgo conhece sua primeira derrota na temporada e vê sua vaga no G4 do campeonato ser ameaçada. Na próxima rodada o Flamengo encara o Friburguense no Engenhão, no sábado, às 16hs. Antes, porém, o time rubro-negro enfrenta o Nacional-URU, quarta-feira, no Maracanã, na despedida de Léo Moura.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1×0 FLAMENGO
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 1 de março de 2015
Horário: 16 horas

Árbitro: Péricles Bassols Cortez (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Rodrigo Henrique Corrêa (RJ)
Cartões amarelos: Roger Carvalho e Gilberto (BOT) e Bressan e Wallace (FLA)

Público e renda: 44.329 pagantes / 49.833 presentes / R$ 2.129.865,00
Gol: Tomas (BOT), aos 37 minutos do segundo tempo.

BOTAFOGO: Jefferson; Gilberto, Roger Carvalho (Diego Giaretta), Renan Fonseca e Carleto; Marcelo Mattos, Willian Arão, Tomas e Diego Jardel (Sassá); Jobson (Gegê) e Bill
Técnico: René Simões
FLAMENGO: Paulo Victor; Léo Moura, Wallace, Samir (Bressan) e Pará; Jonas, Márcio Araújo e Canteros; Gabriel (Arthur Maia), Marcelo Cirino e Alecsandro (Eduardo da Silva)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo