Foto: Flamengo

Foto: Flamengo

Depois da vitória contra o Atlético-MG no meio da semana, o Flamengo voltou a campo para estrear no Campeonato Carioca diante do Boavista, partida válida pelo Grupo B. No péssimo gramado do Giulite Coutinho, o rubro-negro conseguiu um gol no primeiro tempo e relaxou no segundo, deixando que o adversário empatasse.

Agora o Flamengo fica em terceiro, atrás de Friburguense e Botafogo. A classificação deve mudar, já que amanhã outros times do grupo jogarão. O próximo compromisso é na quarta-feira (3) contra o Macaé no Moacyrzão às 21:45.

 

PRIMEIRO TEMPO

O Flamengo começou a partida lento e muito disso por conta das condições do gramado. O rubro-negro tentou se movimentar, mas o Boavista não deu espaço e ficou bem postado na defesa. Nos primeiros minutos, quem teve mais chances foi o adversário, mas as finalizações não assustaram Paulo Victor.

Aos 29 minutos, o Mais Querido conseguiu, finalmente, uma boa jogada com William Arão, que colocou o meio-campo para funcionar e tocou uma bola sensacional para Paolo Guerrero. O peruano chutou muito bem no canto e fez um golaço. Depois de abrir o placar, o Flamengo melhorou bastante e começou a se organizar melhor. O time ainda teve boas chances, mas não conseguiu acertar nas finalizações e o placar ficou em 1×0 mesmo.


Arc_1utxHV5hRNJtyNvO1ZYOreZw93vigp7T382IGiV-

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa o rubro-negro voltou sem alterações e conseguiu manter o ritmo forte. O time seguiu atacando bastante, principalmente com Arão. O Boavista ainda fez alguns contra-ataques e chegou perto da meta de Paulo Victor, mas não criou nenhuma chance clara.

Apesar do bom início, o Flamengo relaxou e foi aí que o jogo deu errado. O Boavista aproveitou a preguiça rubro-negra, continuou tentando chegar perto e, em falha enorme da defesa pela esquerda, o adversário conseguiu uma bola na área, Leandrão deixou Wallace para trás e marcou de cabeça, empatando a partida aos 31 minutos.

Depois do gol, o Flamengo até tentou acertar alguma coisa, mas o time estava muito mal e não conseguiu nada. Do outro lado, o Boavista se conformou com o empate, mas ainda assustou mais uma vez no finalzinho. O desempenho seguiu o mesmo até o apito final e o jogo terminou em 1×1.

 

AtmSuAw5Wd0OyelzhdD93MXnFwzvcgTgKYHQD1v6f3Gp

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 1×1 BOAVISTA

 

Local: Estádio Giulite Coutinho, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 30/01/2016

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro

Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Diogo Carvalho Silva

Gols: Guerrero, aos 29 minutos do primeiro tempo; Leandrão, aos 31 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Julio Cesar (BOA)

 

FLAMENGO: Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Chiquinho e Éverton (Jajá); Cirino (Thiago Santos) e Guerrero

BOAVISTA: Vinicius; Nerylon (Thiago Silva), Victor, Anderson Luiz e Davi; Pedroso, Julio Cesar (Thiaguinho), Guilherme Costa e Matheus Paraná; Romarinho (Luquinhas) e Leandrão