Equipes sofrem com a forte marcação e não movimentam o placar em Xerém 



Por Bruno Vasconcellos

 

Equipes em campo em Los Larios. (Foto cedida pela Radio Web RPC - http://radiorpc.com/)

Equipes em campo em Los Larios. (Foto cedida pela Radio Web RPC – http://radiorpc.com/)

O Clássico dos Milhões da categoria Sub20 terminou empatado, neste domingo. A partida válida pela 11 rodada da Taça Rio, foi disputada no estádio de Los Larios, em Xerém. Vindo de resultados negativos Flamengo e Vasco tiveram a chance de voltar a vencer, mas não conseguiram sair do 0 a 0.

Os times estavam desfalcados, Flamengo de Jajá, Jorge (Seleção sub 20) e do goleiro Daniel que está na equipe profissional por conta da contusão de Paulo Victor. Já o Vasco não contou com o goleiro Gabriel Felix, expulso na última rodada.

A primeira etapa do jogo foi movimentada e equilibrada. Por não estar na zona de classificação e vir de maus resultados, o Vasco foi quem tomou a iniciativa. A proposta do Flamengo era jogar em contra-ataque aproveitando a qualidade de seus jogadores ofensivos. Como todo Clássico dos Milhões, o jogo foi aos poucos esquentado. Entradas ríspidas dos jogadores vascaínos denunciavam o desespero da equipe de São Januário que não vence há três jogos. Matheus Sávio sempre caçado em campo, o jogador sofreu duas pancadas em menos de quinze minutos.

O Vasco mostrava-se mais efetivo nas finalizações, principalmente depois dos trinta minutos de jogo. Daniel Pessoa chutou de fora da área e assustou o goleiro João Lopes. Lorran ameaçou dar uma cotovelada em Cafu, os jogadores discutiram e ambos foram advertidos com cartão amarelo, mas nem isso os inibiu, pois a discussão continuou. No último minuto do primeiro tempo, Thiago Santos teve a chance de abrir o marcador, mas sua finalização parou no goleiro Juninho.

Os jogadores voltaram mais calmos para a etapa complementar, com o Vasco ditando o ritmo da partida. Douglas Baggio era quem estava mais adiantado do Flamengo, ficou centralizado esperando a bola chegar, mas isso não aconteceu. Com tanta gente em apenas um lado do campo, Dumas e Paquetá chegaram a se enrolar, a bola sobrou pra Evander que acabou desperdiçando.


Mudanças foram feitas nos times, mas o panorama não se alterou. O Vasco buscava mais o jogo, enquanto o Fla jogava por apenas uma bola. Aos quarenta e três o atacante Vital do Vasco passou com facilidade pelos jogadores do Fla e Rafael Dumas foi obrigado a pará-lo com falta na entrada da grande área. Evander cobrou e João Lopes fez uma defesa espetacular.

Ao ser questionado sobre o motivo pelo qual o jogador Renan Donizete não tem sido relacionado para os jogos, o técnico Zé Ricardo revelou à equipe da rádio web RPC (radiorpc.com), única a transmitir o desta manhã, que o jogador tem enfrentado problemas de sobrepeso, além de ter faltado a alguns treinamentos, mas assim que se recuperar voltará ao time.

Apesar do empate o Campeão da Taça Guanabara permanece na segunda colocação da Taça Rio, atrás do Botafogo. O Mengão volta a campo no próximo sábado(28), no estádio de Moça Bonita para enfrentar o Bangu.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 x 0 VASCO
Local: Estádio Los Larios, em Xerém (Duque de Caxias-RJ)
Data: 21 de junho de 2015
Horário: 11H
Árbitro: Bruno Mota Correia

FLAMENGO – João Lopes; Thiago Ennes, Léo Duarte, Dumas e Marquinhos; Ronaldo, Paquetá, Cafú (Trindade) e Matheus Sávio; Thiago Santos (Wayni) e Douglas Baggio (Felipe Vizeu).

VASCO – Juninho; Marcio (Emerson), Barboza, Daniel Gonçalves (Thelven) e Lorran; Iago Índio, Matheus Isaías, Andrey, Mateus Vital e Evander; Daniel Pessoa (Rafael).