Por Bruno Vasconcellos (Twitter: @BrunoCellos_CRF)- Para o MRN Informação
Mengãozinho fez seu dever de doutrinador com crueldade! Gol da vitória veio no fim! (Foto: Cristina Dissat - Fim de Jogo)

Mengãozinho fez seu dever de doutrinador com crueldade! Gol da vitória veio no fim! (Foto: Cristina Dissat – Fim de Jogo)

Gol no último lance do jogo, dá vitória ao Mengão e derruba o invicto Botafogo

 

Apesar da invencibilidade de 13 jogos, os últimos resultados não vinham agradando. Em uma posição incômoda na tabela de classificação, os garotos do Mengão sabiam que a vitória no clássico poderia trazer de volta a tranquilidade. E foi nesse ritmo que o Flamengo encarou o  líder Botafogo.

Jogo equilibrado no ínicio, as duas equipes procurando cometer o menor número de erros possíveis. Um pouco mais ousado, o Flamengo fazia suas melhores jogadas  pelo lado esquerdo. Aos 23′ Cafu bateu falta para dentro da área, Léo Duarte completou de cabeça para a rede. Jajá teve a oportunidadede ampliar para o Fla aos 43′ após uma linda jogada de Sávio, mas perdeu cara a cara com o goleiro Saulo.

Segundo tempo de Gols e Emoção

Com a desvantagem no placar, o time alvinegro voltou do intervalo nervoso. Logo no ínicio da segunda etapa , o zagueiro Baino foi expulso, depois de fazer uma  falta violenta em Douglas Baggio que avançava em direção em direção a meta defendida por Saulo. Com um jogador a menos, o Botafogo passou a arriscar com chutes de longa distância e deu trabalho a Daniel.

Impresionava a falta de ímpeto do Flamengo, o time se agarrou na vantagem que havia conquistado e diminuiu seu ritmo de jogo. Enquanto isso a pressão alvinegra aumentou até que aos 43′ o time de General Severiano foi premiado com o gol de Vinicius Tanque, empate justo 1 a 1. Com o gol, o Botafogo cresceu e o jogo ganhou em emoção.  A torcida Rubro-Negra que já se fazia presente em excelente número no Maracanã, aguardando o jogo principal,  empurrou o time cantando o hino do clube e no último lance da partida Jajá decretou a vitória do Mengão aproveitando a sobra deixada pela zaga alvinegra, 2 a 1 Fla.

ESCALAÇÕES

BOTAFOGO 1 x 2 FLAMENGO 

BOTAFOGO: Saulo, Diego, Baiano, Emerson e Yuri; Arruda, Leandro (Luigi), Mauro (Verdini) e Paulo; Luis Henrique e Vinicius Tanque – Técnico: Maurício Ferreira

FLAMENGO: Daniel, Thiago Ennes, Léo Duarte, Dumas e Jorge; Lincoln (Thiago Santos), Matheus Sávio, Juan e Jajá; Cafu (Marquinhos) e Douglas Baggio – Técnico: Zé Ricardo

Gols: Léo Duarte (23/1°T) , Vinicius Tanque (43/2°T) e Jajá (47/2°T)