2016 começa com os centroavantes definidos para os comentaristas do Fla Futebol 2016.



Terça-feira passada começamos esta série Fla Futebol 2016, com o objetivo de criar um debate em torno da montagem do time. Convidados pessoas altamente capacitadas, rubro-negros que vivem o futebol 24h por dia e a resposta de vocês, leitores do Mundo Rubro Negro, tem sido realmente impressionante. Conseguimos realmente movimentar o debate sobre a montagem do time para a próxima temporada. Dividimos o time em sete setores e começamos pelo gol, depois falamos da lateral direita, a lateral esquerda foi o terceiro bloco. Prestamos atenção ao escanteio e dissecamos o setor de zaga/defesa, depois seguimos com os volantes e chegamos ao setor de armação, que incluímos os pontas também. Hoje termina o Fla Futebol 2016, com as opiniões acerca dos centroavantes do Flamengo na montagem da equipe para os próximos desafios.

Mesmo com a terrível fase de Guerrero, não podemos deixar de pensar que o atacante é sim um ponto forte do time. Há boa probabilidade do jogador peruano — agora começando uma temporada no clube desde o início e com um time reformulado — melhorar seu desempenho em 2016. A contratação de Kayke também pode ser considerada um sucesso, pois o jogador correspondeu em campo. Além desses dois, também temos Douglas Baggio pedindo passagem para ser aproveitado. E o que nossos analistas pensam? Será que citaram muitos nomes? Quantos centroavantes o Fla ainda precisa para o ano que vem? Acompanhe, depois comente no nosso sistema de comentários logo abaixo do post ou em nossas redes sociais. Ah, e não deixe de compartilhar essa matéria. Vamos às análises agora!

 

Guerrero ainda está em alta e não deve ser substituído | Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Guerrero ainda está em alta e não deve ser substituído | Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

@allanmadi (do site torcedores.com): Manteria Guerrero e Kayke. Daria mais chances para Douglas Baggio e Nixon. Talvez emprestasse Nixon para pegar ritmo de jogo, importante após uma lesão. Tentaria trazer mais um ótimo nome. Algumas opções, que não são baratas: Pato, Nilmar, Diego Tardelli, Rafael Sobis, Gustavo Bou, Aloísio (Shandong Luneng-CHI).

Também há boas apostas, como Bruno Henrique (Goiás) e Clayton (Figueirense).

Uma última opção, aceitando banco, poderia ser Luis Fabiano, que fica sem contrato com o São Paulo. Outra opção assim é Lisandro Lopez, que eu acho ótimo jogador, mas que não repetiu no Inter o sucesso do Porto e Lyon. Talvez Walter, que pertence ao Porto.


@CRFlamenguismo (do blog CRFlamenguismo, MRN Blogs): Não há muito a ser feito. Guerrero e Kayke são as opções. Boas opções, inclusive. A análise pode mudar no decorrer da temporada, mas, por ora, seria isso. Com relação ao Baggio, penso que o clube tem obrigação de dar sequência de jogos ao futuro ex sub20 devido aos seus números na base. Creio que poderia treinar com o elenco principal e ser titular absoluto do sub23 que o clube pretende inscrever no estadual. Aliás, aproveitando o final da série, quero deixar claro que vejo o Ferjão como algo irrelevante e prejudicial ao clube. Penso que, na montagem de elenco que será inscrito, o clube deveria pensar basicamente em minar a Federação, reintegrar jogadores (ativos do clube) ao mercado e “peneirar” boas opções para o segundo semestre.

@Homer_Fla: É a única posição auto-suficiente do clube. Guerrero é um titular de peso para qualquer clube, enquanto Kayke se mostra um reserva muito capaz e eficiente. Por sua vez, o Carioca é uma ótima oportunidade para dar sequência à Nixon e Douglas Baggio. Caso esteja recuperado fisicamente, Nixon pode contribuir como um reserva móvel ou até como um ponta para a sequência da temporada. Nesse caso, Baggio poderia ser emprestado para a Série B para ganhar tempo de jogo. Caso Nixon não esteja em plenas condições, Baggio pode permanecer para compor. Voltando de empréstimo, Igor Sartori também poderia disputar o carioca antes de ser reemprestado.

@igor_pedrazzi (MRN Informação, blog Resenha Rubro Negra, MRN Blogs): Guerrero, mesmo em má fase, por enquanto é a referência técnica. Mas na minha opinião, precisa de um substituto a altura. Kayke ao meu ver, não tem capacidade suficiente pra isso, mas teria que ser mantido no elenco pela falta de opções no mercado. Paulinho é perda de tempo, tem que ir pra rua. Douglas Baggio? Não levo muita fé, emprestaria. Assim como o jovem Thiago Santos, bom atacante de lado.

Kayke agradou e ganhou a confiança para a reserva de Guerrero. Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Kayke agradou e ganhou a confiança para a reserva de Guerrero. Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

@PabloWSC (da TozzaCam): Atualmente, temos Guerrero e Kayke. Considero dois bons nomes para 2016 e não seria minha prioridade para a próxima temporada.

@TozzaFla (da TozzaCam): É o setor onde estamos realmente bem servidos. Apesar dessa má fase do Guerrero, acredito que ano que vem ele vai voltar a performar bem. Temos o Kayke, excelente reserva. Acredito que não teremos novidades para essa posição de atacante mais fixo. E ainda tem o Baggio que pode ser utilizado no time B do Fla.

Amanhã (18/11/2015), o Fla Futebol 2016 continua, analisaremos os nomes dos centroavantes!

Fla Futebol 2016 – Goleiro

Fla Futebol 2016 – Lateral-Direita

Fla Futebol 2016 – Lateral-Esquerda

Fla Futebol 2016 – Zagueiros

Fla Futebol 2016 – Volantes

Fla Futebol 2016 – Meias e Pontas