Com Pará e Ayrton contestados pela torcida durante o ano, a lateral direita ainda preocupa para 2016



Ontem, no início desta série, analisamos os goleiros de nosso elenco e as projeções para 2016, com contratações, dispensas e manutenções.(Fla Futebol – Bloco 1 – Goleiros, no link). Dando sequência ao Fla Futebol 2016, a posição em questão hoje é a lateral direita. E no decorrer de 2016, tivemos alguns problemas neste setor. No começo do ano, Luiz Antônio foi testado, Léo Moreira retornará após empréstimo ao Internacional, Pará ainda não conseguiu conquistar a confiança da torcida, e Ayrton chegou e não convenceu. Confira abaixo a opinião dos nossos convidados:

Pará ainda não conseguiu cair nas graças da torcida. Lateral deve permanecer no elenco pra 2016? (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Pará ainda não conseguiu cair nas graças da torcida. Lateral deve permanecer no elenco pra 2016? (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

@allanmadi (do site torcedores.com): Defendia a renovação com Pará pela escassez de bons laterais pelo lado direito, mas isso foi antes da “festinha”. Por mais que ache um jogador útil, não sei se a torcida o deixaria em paz durante os jogos. Nesse caso, traria o Léo Moreira de volta e faria uma contratação, liberando o Ayrton. Minha preferência, de longe, seria o Maicon, da Roma. Uma aposta seria o Rodinei da Ponte Preta. Tenho minhas dúvidas sobre Pikachu, que é bom ofensivamente, mas joga em um time que o deixa livre para se movimentar sem guardar posição, diferente de como seria no Fla. Acho válido ter um lateral mais defensivo e outro mais ofensivo no elenco (Maicon e Rodnei ou Léo Moreira // Pará e Rodinei ou Léo Moreira ou Pikachu etc). Cruzeiro tem dois garotos bons que pode dar negócio, Fabiano e Mayke. E começaria a dar chances para o Klebinho (da base) treinar no time de cima, apenas para pegar mais experiência.

@CRFlamenguismo (do blog CRFlamenguismo, MRN Blogs): Para começar, não renovaria com o Ayrton. A questão do Pará é mais complexa. Nem tanto pela festa e afastamento, mas porque custou caro ao clube, que, graças ao Luxa, abriu mão de uma fatia da dívida do Grêmio por Rodrigo Mendes. Por essa razão, não acho absurdo que o clube exerça a opção de renovação. Dentro de campo, acho regular, nada mais. Léo, que volta de empréstimo, ou Thiago Ennes podem até ganhar minutos no Ferjão, mas a contratação de um jogador pra posição é fundamental.

@Homer_FlaUma das incógnitas para 2016, talvez seja a única posição que possa ser pensado com calma. Ayrton e Pará não deveriam ter os contratos renovados por razões técnicas e disciplinares, respectivamente. Para 2016, a contratação de um lateral com status de titular, preferencialmente mais defensivo, é necessária, mas, por precaução, a contratação de um reserva pode ser adiada. A razão é a oportunidade de avaliar corretamente a condição técnica de Ronaldo, recém- promovido dos juniores, no Carioca e as condições físicas e técnicas de Léo Moreira, que retorna do Inter após passagem irregular. Se ao menos um corresponder, o clube pode evitar um investimento em uma posição de pouca rotação. Caso contrário, um lateral de destaque de times médios pode ser contratado para a reserva sem grandes prejuízos, já que Ronaldo e Thiago Ennes atendem bem à finalidade do Carioca e Léo Moreira e um titular poderiam estar na Primeira Liga.

Thiago Ennes. O jovem lateral pode ser aproveitado no time alternativo que disputará o Carioca 2016? (Reprodução Twitter)

Thiago Ennes. O jovem lateral pode ser aproveitado no time alternativo que disputará o Carioca 2016? (Reprodução Twitter)

@igor_pedrazziPará vinha tendo um ano de atuações, sem comprometer defensivamente como o seu antecessor, mas tem sua nítida limitação quando sobe ao ataque. Era defensor de sua renovação pro ano que vem até o episódio da festinha em Vargem Grande, depois disso, não mais. Entraremos num triênio importante para o Clube e precisamos de profissionais comprometidos e que se importem com a instituição. Ayrton também é limitado, mais que o titular da posição hoje, não o manteria no elenco pra 2016. Teremos o retorno de Léo Moreira, que na minha opinião, merece uma segunda chance no elenco. E traria um jogador para ser titular da posição. Maicon, hoje na Roma, tem contrato até o meio do ano que vem e é meu nome favorito. Rodinei, da Ponte Preta, mas que pertence ao Avaí, é destaque da posição nesse Brasileiro, também seria uma opção interessante. Com relação ao Yago Pikachu, nome muito veiculado, acho arriscado. Acompanhando os jogos do Paysandu, é um lateral que tem sérios problemas defensivos, não sei se seria um bom nome. Pra finalizar, daria oportunidades a Thiago Ennes e Klebinho no Carioca 2016. 


@PabloWSC (da TozzaCam): Posição carente do atual elenco, eu manteria o Pará em 2016, mesmo com os problemas extra campo. Dispensaria o Ayrton e buscaria no mercado alguma alternativa para disputar posição com o atual titular da lateral direita. Não sou fã do futebol do Pará, mas acho que num time bem arrumado, ele pode fazer o feijão com arroz sem comprometer.

@TozzaFla (da TozzaCam): A gente precisa de um lateral direito, já que eu não ficaria com o Pará. Aliás, não ficaria com nenhum integrante do bonde da stella, é uma questão minha. Eles desrespeitaram o clube, os jogadores, os torcedores. Mas mesmo assim, acho que o clube vai ficar com o Pará pro ano que vem, e o Léo Moreira está voltando. Nesse caso, não sei se precisaríamos de lateral direito. Não ficando com o Pará, um nome que eu acho interessante é o Mayke, do Cruzeiro.

Amanhã(12/11/2015), o Fla Futebol continua, e a posição analisada é a lateral esquerda! 

 

 

Fla Futebol 2016 – Goleiro