George Castro

Elenco contou com o apoio da torcida no único treinamento em Joinville. (Foto: Flamengo Oficial)

Elenco contou com o apoio da torcida no único treinamento em Joinville. (Foto: Flamengo Oficial)

A delegação rubro-negra viajou para Santa Catarina na segunda-feira após derrota no clássico. O clima na Gávea que já era pesado antes do clássico contra o Vasco piorou ainda mais com a derrota para o rival. Durante a partida o time da Gávea abusou dos erros e teve péssimas atuações individuais de alguns jogadores, como Anderson Pico, que falhou feio no lance do gol adversário. Após 9 rodadas e apenas 7 pontos conquistados, treinador e elenco seguem pressionados e algumas mudanças já foram feitas.

Durante o treino realizado na Arena Joinville Cristovão lançou algumas alterações no time e mudou principalmente as laterais. Jorge, jogador vindo da base flamenguista, ganha oportunidade na lateral esquerda no lugar de Pico, enquanto Ayrton entrou na vaga de Luiz Antônio na lateral direita. Devido as péssimas atuações que o setor vem apresentando, Cristovão decidiu acabar com as improvisações e escalou jogadores originalmente vindos da posição.

Outros setores que também sofreram alterações foram o meio de campo e o ataque. Jogando na formação 4-3-3 desde o início do ano, Cristovão alterou o esquema para o bom e velho 4-4-2, com Jonas, Canteros, Gabriel ( que depois foi substituído por Alan Patrick) e Éverton compondo o meio e Marcelo Cirino e Sheik ficaram no ataque. Com todas as alterações feitas, Cristovão realizou um coletivo rápido e depois treinou alguns fundamentos com os jogadores. O goleiro César treinou cobrança de tiros de meta enquanto alguns jogadores treinavam cobranças de pênaltis.

Com um time sem poder de criação de jogadas e consequentemente sem poder de reação durante a partida, Cristovão armou um Flamengo mais ofensivo para encarar o lanterna da competição, que possui o pior ataque do campeonato. E o atual treinador do Flamengo balança no cargo. Caso o time sofra uma nova derrota nesta quarta-feira, o treinador poderá ser mandado embora, com saldo de 5 derrotas e 2 vitórias no comando do time. O clima também ficou pesado para alguns jogadores do elenco, que viraram alvo de questionamento da diretoria sobre comprometimento e rendimento dos mesmos em campo.

FICHA TÉCNICA
JOINVILLE X FLAMENGO

Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data: 1º de julho de 2015
Horário: 22h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Marcelo Bertanha Barison (RS)

FLAMENGO: César; Ayrton, Samir, Wallace e Jorge; Jonas, Canteros, Alan Patrick (Gabriel) e Everton; Marcelo Cirino e Emerson. Técnico: Cristóvão Borges

JOINVILLE: Agenor, Mário Sérgio, Douglas Silva, Guti e Diego; Danrlei, Anselmo, Willian Popp e Marcelinho Paraíba; Niltinho (Lucas Crispim) e Kempes. Técnico: Adílson Batista