Gilvan de Souza / Flamengo

Gilvan de Souza / Flamengo

Depois de golear a Portuguesa no meio de semana por 5 a 0, o Flamengo voltou a campo neste domingo (14) para enfrentar o Vasco em mais um Clássico dos Milhões. A partida, válida pela 4ª rodada do Campeonato Carioca, apresentou um clima tenso fora de campo. Dentro, porém, foi tranquilo e não terminou nada favorável para o Maior do Mundo.

Sem proporcionar muita emoção para seu torcedor, o Fla acabou sofrendo um gol no finalzinho e amargou sua primeira derrota na competição.

O duelo marcou a volta do duelo em São Januário. A última vez que a equipes haviam se confrontaram nesse estádio foi no Brasileiro de 2005, onde o rubro-negro saiu com a derrota de 2 a 1.

Primeiro tempo morno

Pouco criativo, o Fla fez um primeiro tempo bem abaixo da expectativa criada entre os torcedores. As constantes trocas de passes e boa transição da defesa ao ataque vistas em outros jogos não funcionaram na primeira etapa, obrigando, assim, a volta dos velhos chutões.

Com pouco espaço para trabalhar as jogadas, restou ao Mais Querido aproveitar as bolas paradas para levar algum perigo. Sempre com Mancuello na cobrança, o time até ameaçou o gol de Martín Silva, mas nada suficiente para inaugurar o placar.

Time sem ambição e castigo no final

Ainda apático, o Mengo continuou devagar na etapa final. As broncas que Muricy Ramalho costuma dar no vestiário não funcionaram desta vez. Com muitos erros de passe, a equipe continuou construindo pouco e só assustou o rival em uma falta cobrada por Mancuello, mas que passou à direita do goleiro vascaíno.

Tentando dar um novo gás ao time, Muricy promoveu, aos 23 minutos, a entrada de Everton no lugar do já cansado, Marcelo Cirino. A mudança não surtiu efeito e as oportunidades continuaram sem aparecer.

Quando tudo se encaminhava para um 0 a 0, veio o castigo rubro-negro. Já na marca dos 45 minutos, o Vasco aproveitou uma falta para jogar a bola na área, a defesa flamenguista saiu pedindo impedimento e a redonda sobrou para o zagueiro Rafael Vaz que, completamente livre, mandou para o fundo das redes de Paulo Victor.

Mesmo com o resultado negativo, o time continua na segunda colocação na tabela de classificação do Grupo B. O próximo confronto do Mengão será mais um clássico. Desta vez, o Fla vai a Brasília para enfrentar o Fluminense.

Escalação do Flamengo: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan, Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Mancuello; M. Cirino (Éverton), Sheik e Guerrero. Técnico: Muricy Ramalho

Arbitragem: Leonardo Garcia Cavaleiro

Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises e Jackson Lourenço Massarra dos Santos