B82_fDZIEAEvEZC_converted

  Diogo Almeida

Então. Proponho um exercício de análise do nosso elenco e das perpectivas depositadas nele. Tentarei ser abrangente e, por isso, de antemão peço ao querido leitor que me desculpe o texto um tanto prolongado. De fato, não pretendo cansá-los com minhas conjecturas, mas convido-os a embarcarem comigo nesse olhar sobre o elenco do Flamengo e as possibilidades para o campeonato brasileiro deste ano. Depois dessa sétima rodada creio que já exista parâmetros para um estudo mais detalhado.

GOLEIROS

À disposição: Paulo Victor, César, Daniel e Thiago.

  • Paulo Victor Mileo Vidotti Nascimento:12/01/1987 Natural:Assis/SP Altura:1,87m
  • César Bernardo Dutra Nascimento:27/01/1992 Natural: Rio de Janeiro/RJ Altura:1,94m
  • Daniel Miller Tenenbaum Nascimento:19/04/1995
  • Thiago Rodrigues da Silva Nascimento:12/06/1996

Acredito que é unânime a afirmativa “temos uma ótima dupla de goleiros”. O titular surpreendeu e hoje é pedido por muitos torcedores para a Seleção da CBF. César é uma promessa que sempre foi bem. Desconheço as duplas de goleiro titular e reserva de todos os times do Brasileirão. Não é improvável que temos a melhor.

Titular: Paulo Victor.


Reserva imediato: César.

ZAGUEIRO

À disposição: Wallace, Samir, Marcelo, Bressan e Frauches.

  • Wallace Reis da Silva Nascimento:26/12/1987 Natural:Conceição do Coité/BA
  • Samir Caetano de Souza Santos Nascimento:05/12/1994 Natural:Rio de Janeiro/RJ
  • Marcelo Augusto Mathias da Silva Nascimento:26/08/1991 Natural:Juiz de Fora/MG
  • Matheus Simonete Bressanelli Nascimento:15/01/1993 Natural:Caxias do Sul/RS
  • Rodrigo Frauches de Souza Santos Nascimento:28/09/1992 Natural:São João de Meriti/RJ

Pela esquerda só temos Samir. Cristovão Bastos está treinando Frauches como volante. É uma temeridade. Chega a ser surreal não se preocuparem em contratar um bom zagueiro para atuar do lado esquerdo. Bressan é um tapa na cara do torcedor. Ruim toda vida. Marcelo até acho que pode virar zagueiro de primeira linha. Rápido, ótimo nas bolas aéreas, desarma bem e não tem posicionamento de todo ruim. O problema do zagueiro de Juiz de Fora é ser transloucado – não passa confiança. Quem tá no estádio morre do coração com suas afobações. Quem tá vendo do sofá quase quebra a TV. Decisões vacilantes, falta calma. Precisa de orientação. Precisa de um Telê em sua carreira. Por enquanto é um Júnior Baiano em sua fase mais cômica. Por falar em comicidade, o que pode causar crises de risos nas torcidas adversárias seria a dupla Marcelo e Bressan. Algo provável de acontecer. Pois é isso: Do Surrealismo de não contratar um confiável zagueiro ao Vaudeville de uma dupla formada por Bressan e Marcelo.

As atuações de Wallace pela esquerda não são boas. A única zaga inteligente é Wallace e Samir. Na falta de um deles a vida não será fácil.

Meus titulares: Wallace e Samir.

Reservas imediatos: Marcelo e Bressan.

LATERAL

À disposição: Pará, Luiz Antonio (vamos combinar que ele será mais aproveitado de lateral-direito mesmo), Ayrton. Anderson Pico, Thallyson, Armero e Jorge.

  • Luiz Antonio de Souza Soares Nascimento:11/03/1991 Natural:Rio de Janeiro/RJ
  • Anderson da Silveira Ribeiro Nascimento:04/11/1988 Natural:Porto Alegre/RS Altura:1,69m
  • Thallyson Augusto Tavares Dias Nascimento:01/12/1991 Natural:Campo Alegre/AL
  • Pablo Estifer Armero Nascimento:02/11/1986 Natural:Tumaco
  • Ayrton Luis Ganino Nascimento:19/04/1986 Natural:Piracicaba/SP
  • Marcos Rogério Ricci Lopes Nascimento:14/02/1986 Natural:São João do Araguaia/PA
  • Jorge está no Mundial Sub20 e pode sim ser mais usado agora entre os profissionais.

Então são sete jogadores para as posições dos flancos. Thallyson é carta fora do baralho. Acho interessante o Sr. Caetano procurar uma vaguinha em um time de Série B para o rapaz. Pico é um projeto de jogador. Como não questionar uma renovação de contrato por dois anos com um jogador cujo custo-benefício é ridículo? Estamos com Pará na esquerda substituindo o Armero. Então o planejamento foi contar com um jogador que não entra em forma e que hoje é terceiro reserva.

Eu sou mais Jorge. Moleque tem mais bola do que Pico.

Armero vai desfalcar o Flamengo em alguns jogos (mais adiante falarei sobre as convocações). Quando estiver em campo, quem será o nosso lateral-direito? Pará ou Luiz Antônio? E na primeira oportunidade Ayrton será testado meus amigos. Um contrapeso da vinda de Alan Patrick e vocês verão que não há condições para vergar o manto.

Meus titulares: Luiz Antonio e Armero.

Reservas imediatos: Pará e Jorge.

VOLANTE

À disposição: Jonas, Cáceres e Márcio Araújo.

  • Márcio Rodrigues Araújo Nascimento:11/06/1984 Natural:São Luiz/MA
  • Jonas Gomes de Sousa Nascimento:08/10/1991 Natural:Teresina/PI
  • Victor Javier Cáceres Centurión Nascimento:18/03/2014 Natural:Assunção Nacionalidade:Paraguaio

Na minha visão de volância o Flamengo possui apenas 3 volantes. Jonas é o melhor. Cáceres é muito dependente de estar 100% na parte física e com ritmo. Marcio Araújo tem boa condução de bola, não é um pitbull mas também estar longe de ser um armador. Por isso é contestado por onde passa. Minha opinião é que é um ganho para o elenco. Uma peça de reposição boa. Acredito que o time deveria ter mais um destruidor. É o tipo de vaga preenchida por um garoto da Base. A base não tem um volante para ser utilizado em alguns momentos na Copa do Brasil e Brasileiro.

Claro que depende da armação do técnico. Com uma zaga regular e armação ofensiva pouco criativa, pensaria seriamente em ter um time bastante seguro. Dois volantes. Jonas e Cárceres podem fazer uma dupla bem postada à frente da zaga, nossos arqueiros na torre. Repitindo, ainda precisamos de mais um volante.

Meus titulares: Jonas e Cáceres.

Reserva imediato: Márcio Araújo.

ARMADOR

À disposição: Canteros e Almir.

  • Almir ainda pode ser útil.
  • Héctor Miguel Canteros Nascimento: 15/03/1989 Natural: Buenos Aires Nacionalidade: Argentina Altura:1,76m

Vejo que muita gente quer um 10 para armar o jogo. Beleza, o 10 pode até armar o jogo. Eu poderia colocar Canteros como volante. Me recuso. E seria um crime dizer que ele pode ser um camisa 10. Canteros é armador-armador. De pensar o jogo no meio campo, ajudar a ditar o ritmo da partida, tocar e receber em pequenos espaços e desferir longos lançamentos. Habilidade tem. Não desarma ninguém, quem quiser passa por ele fácil. Pode ser recuado e trabalhar em linha com o Jonas? Pode. Em minha visão é um 8 que sente a necessidade de um 10 como o Montillo, como o Lucas Lima, Jádson, Evérton Ribeiro… para dialogar e fazer seu jogo se tornar mais dinâmico. Lento demais, não o imagino com o Ganso. Não podemos jogar com Jonas, Cáceres, Canteros e Ganso. Elias chegando coloca-o no banco.

Almir pode ajudar aqui e ali. Para prender a bola, fazendo a função do Canteros eventualmente.

Titular: Canteros.

Reserva imediato: Almir.

PONTA-DE-LANÇA

À disposição: Arthur Maia, Evérton, Alan Patrick e Mugni.

  • Allan Patrick é o melhor do jogo é o paulista de Catanduva!
  • Arthur Brasiliano Maia Nascimento: 13/10/1992 Natural: Maceió/AL
  • Everton Cardoso da Silva Nascimento: 11/12/1988 Natural: Nortelândia/MT Entrou no Flamengo: 16/12/2013
  • Lucas Andrés Mugni Nascimento: 12/01/1992 Natural: Santa Fé Entrou no Flamengo: 21/01/2014

Sim. Eu ainda lembro desse termo. O futebol brasileiro esqueceu desse cara. E hoje a gente sente dificuldade justamente em encontrar esse jogador. E o que é o ponta-de-lança? É o jogador mais talentoso tecnicamente. O mais bola. Veloz, conduz a bola, mete as bolas e chega na área para finalizar o tempo todo. Geralmente goleador. Dialoga com o armador e com os laterais ajudando-os a chegarem à linha de fundo. Cobrador de falta. Driblador. Aquele que resolve.

Evérton está em má fase e falta ainda um pouco de precisão nas assistências e nas finalizações.

Arthur Maia tem 22 anos. Promessa gigantesca do Vitória e das seleções brasileiras de Base. Será que é tão errado assim pedir paciência para o desenvolvimento da confiança de um jogador como ele? 2015 não pode ser pra ele como um ano de adaptação? Deixando 2016 como período mais favorável para uma possível afirmação… Adaptação, afirmação levam ao resultado.

Mugni está na fase de afirmação. Já teve ano passado para se adaptar. Não posso contradizer o que acabei de afirmar acima, mas parece mesmo que Mugni não tem pedigree para vestir o Manto. Não conseguiu ter nenhuma boa atuação este ano e nunca é primeira opção. Seus bons momentos na Argentina foram poucos poucos. Sua contratação parece estar caminhando mesmo para o erro.

Uma conquista de título nacional passa pela contratação de um ponta-de-lança? Não necessariamente. Mas seria ótimo ter um cara que chama o jogo e decide jogos complicados. Evérton pode ser esse cara? Personalidade eu até acho que ele tem. Campeão brasileiro como lateral-esquerdo ele tinha tudo para ser lateral o resto da carreira. Resolveu começar do zero e se bancar como meio-campista. Acho que falta mais trabalho de fundamento pra ele. Mais carinho e vontade de evoluir.

Alan Patrick eu vi pouco. Não me sinto com recurso para falar do jogador.

Titular: Evérton.

Reserva imediato: Arthur Maia

SEGUNDO-ATACANTE

À disposição: Gabriel, Nixon, Sheik, Paulinho, Marcelo Cirino.

  • Sheik retorna ao Mais Querido após 6 anos.
  • Paulo Luiz Beraldo Santos Nascimento: 14/06/1988 Natural: Guarulhos/SP
  • Nixon Darlanio Reis Cardoso Nascimento: 20/07/1992 Natural: Juazeiro/BA
  • Gabriel Santana Pinto Nascimento: 06/01/1990 Natural: Salvador/BA
  • Marcelo Cirino da Silva Nascimento: 22/01/1992 Natural: Maringá/PR

Sheik chega para formar dupla com Guerrero, parece óbvio. Aqui não temos muito o que falar. Gabriel está em seu terceiro ano de Flamengo. Frágil, um terceiro reserva dentro de um elenco top ele seria. Nixon está machucado, gosto dele. Estão dando tempo ao tempo com ele. Parece que a postura profissional e proativa do jogador ajuda muito. Talvez isso que faltou ao Nixon, Thomás, Muralha… Uma postura menos arrogante. O jogador que sobe precisa demonstrar que não chegou a lugar nenhum, tem que ser melhor orientado ao usar as redes sociais e na aparência. Mas desculpem a digressão…voltemos ao tópico!

Paulinho vai melhorar, tem futebol pra isso. Trabalhar duro e manter o foco no futebol é a melhor solução para voltar a brilhar. Cirino a mesmíssima coisa. Temos condições de bradar que temos sim um ótimo grupo de atacantes! Com Paulinho e Cirino jogando tudo que sabem, vocês não acham que temos 3 ótimos segundo-atacantes? E aí chegamos ao momento de analisar nossos centroavantes.

Titular: Sheik

Reserva imediato: Paulinho/Marcelo Cirino

CENTROAVANTE

À disposição: Eduardo da Silva e Guerrero.

  • Eduardo Alves da Silva Nascimento: 25/02/1983 Natural: Rio de Janeiro/RJ Nacionalidade: Brasileiro-naturalizado Croata Altura:1,77m Entrou no Flamengo:17/07/2014
  • Guerreiro por Alecsandro? Belíssima mudança de patamar.

As últimas duas atuações de Eduardo da Silva me deixaram com aquela vontade de dizer que ele é foda. Ele é foda. Não vou adentrar na questão da não titularidade dele quando tinhamos o Alecsandro. Eu só gostaria de perguntar o seguinte: Eduardo acabou de decidir dois jogos. Quando Guerrero chegar simplesmente vai virar reserva?

Está na hora do Departamento de Futebol do Flamengo trabalhar a cultura da meritocracia. Eu prevejo que o Eduardo pode decidir os dois proximos jogos e no terceiro se for mal perderá a vaga.

De qualquer forma é o seguinte. A melhor dupla de centroavantes do futebol brasileiro está aqui. Estamos bem servidos, tomara que o resto do time tenha condições de servirem eles.

Titular: Eduardo da Silva.

Reserva imediato: Guerrero.

DESFALQUES

Teremos o início das Eliminatórias em outubro. Estamos sem Cárceres, Armero estão servindo suas seleções, e Guerrero ainda não estreiou pelo Mengão. Não consegui saber quantas datas FIFA reservadas para amistosos teremos este ano. Ficar sem este trio por algumas rodadas não pode ser desconsiderado de maneira alguma.

Suspensões e contusões serão constantes. Posso estar enganado mas chuto aí uns  75% dos jogos neste Brasileiro jogaremos com desfalques. Todo planejamento deve contar com dois times fortes, com jogadores no elenco que são reservas apenas por opção tática e nunca por abismo técnico. É assim que devemos pensar a formação do elenco.

Vamos torcer para que poucos jogadores estejam entregues ao DM. E que, sobretudo, os times adversários joguem com a gente sempre desfalcados. Contar com a sorte não é vergonha quando estamos preparados para o que der e vier.

CONCLUSÃO:

Vejo o Brasileirão em 3 blocos.

Bloco 1: São Paulo, Corinthians, Internacional, Atlético Mineiro e Cruzeiro.

Bloco 2: Flamengo, Fluminense, Atlético Paranaense, Sport, Grêmio, Santos, Palmeiras.

Bloco 3: O restante.

O Flamengo tem que ganhar o campeonato do bloco 2. Simples assim. Não acredito em título contando com a lógica. Acredito em título pq tenho fé no Flamengo. Acredito em classificação para a Libertadores, e agora pela lógica. Veja bem. O Bloco de cima tem times que podem sofrer baixas. Corinthians, Atlético Mineiro e São Paulo podem perder peças. Apostaria mais em Corinthians e CAM dos cinco do bloco 1 que podem estar no bloco 2 na trigésima oitava rodada. Aí que entra a lógica. O Flamengo pode beslicar o G4 concentrando-se tão somente em ganhar o campeonato do bloco 2.

Não podemos perder pontos para os times do bloco 3, galera. E devemos ter um desempenho acima da média enfrentado os times do bloco 2. Quanto ao Bloco 1, ganhar deles pode ser o produto da fé que falta para o Deixou Chagar Fudeu deste ano.