STJD atende pedido do TJD-RJ e derruba liminar que liberava Vanderlei Luxemburgo

Por Igor Pedrazzi - Para o MRN Informação

mrn inf

Estranhamente, logo após o presidente Eduardo Bandeira de Mello trocar farpas com o presidente da FERJ, Rubens Lopes, no programa Bate Bola, da ESPN, o tribunal decide voltar atrás com relação ao efeito suspensivo de Vanderlei Luxemburgo, um dia depois de liberar o treinador para estar à beira de campo no Fla-Flu. O responsáveis decidem tomar tal decisão às vésperas de um feriado, e em um horário bastante incomum. Coincidência? Acho que não.

Luxemburgo foi punido com dois jogos de suspensão após declarar que em coletiva que “tem que dar porrada na Federação” de Futebol do Rio, a Ferj, por causa do limite de inscrições de jogadores.

Com isso, o auxiliar Deivid estará comandando o time no clássico de domingo, já que Luxa nem nos vestiários poderá entrar. A perseguição continua.

 

@MRN_CRF