Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Se existisse uma estatueta para boas atuações em partidas de futebol, quem levaria ela neste domingo (28) seria o Flamengo. O Mais Querido entrou em campo, nesta tarde, para enfrentar o Resende, pela 7ª rodada do Campeonato Carioca 2016. Com uma performance segura, o Fla dominou o adversário e aplicou uma goleada de 5 a 0.

Sem tempo para respirar

Avassalador e sufocante. Assim pode ser descrito o início de jogo do Flamengo. Com Mancuello e companhia em tarde inspirada, o Rubro-negro fez valer sua notória superioridade técnica e com apenas cinco minutos jogados conseguiu movimentar o placar duas vezes.

O primeiro gol saiu logo aos 48 segundos, em uma cobrança de escanteio feita por “Mancu”, que acabou sendo desviada por Willian Arão na primeira trave e sobrou para Emerson Sheik, completamente livre, só empurrar para o fundo da rede adversária.

Empolgado com o gol relâmpago, o Fla continuou em cima e nem deu tempo para o Resende se recuperar do primeiro golpe. Quando o cronômetro apontava exatamente 5 minutos, o argentino apareceu novamente e, em um lindo passe, deixou Marcelo Cirino cara a cara com goleiro. O atacante teve a calma necessária para dominar a bola, driblar o defensor que se aproximava e ampliar o marcador.

Com a tranquilidade no placar conquistada, o Maior do Mundo passou a administrar a partida. Enquanto Cuellar garantia boas roubadas de bola para a equipe, o trio de ataque, bem auxiliado por Mancuello, continuou criando boas oportunidades.

Segundo tempo parecido

A etapa final seguiu o roteiro de um filme repetido. Pressão inicial, supremacia e gols. Foram mais dois tentos marcados nas duas primeiras jogadas do time, que garantiram um restante de confronto totalmente tranquilo.

Fazendo uma boa atuação, Cirino apareceu mais uma vez e marcou seu segundo gol. O camisa 7 recebeu passe de calcanhar de Guerrero, avançou até a grande área e chutou no contrapé do arqueiro.

Um minuto depois, foi a vez de Gabriel deixar o dele. O garoto, que entrou na volta do intervalo, aproveitou o lançamento de Jorge, observou e tocou com categoria na saída do goleiro Arthur.

A partir daí, o Mais Querido deu uma relaxada em campo. O Resende tentou aproveitar o momento, mas criou muito pouco. No único chute que levou perigo, Paulo Victor estava atento e espalmou para escanteio. Apesar do susto, quem aproveitou a chance foi o Fla. Aos 38 minutos Sheik completou cruzamento de Jorge e deu números finais ao duelo, 5 a 0.

A vitória garantiu o Mengão na próxima fase da competição. O Rubro-negro ocupa a 2ª colocação do Grupo B, com 16 pontos, e enfrenta na última rodada do primeiro turno o Bangu, no domingo (06), às 17h (horário de Brasília), em local ainda a definir.

Contusões e preocupação

Nesta partida, o Fla teve duas baixas, que podem tornarem-se desfalques para os próximos compromissos. Ainda no primeiro tempo, Mancuello teve que dar lugar a Everton. O Argentino fazia uma boa apresentação, até sentir o joelho e ter que ser substituído.

A bruxa parecia estar solta e Everton, sim ele mesmo, também se contundiu e não voltou para o segundo tempo. O atacante sentiu a coxa e foi trocado por Gabriel. Os atletas ainda serão avaliados para saber o grau da lesão de cada um.

Ficha Técnica

Flamengo 5 x 0 Resende

Local: Estádio Raulino de Oliveira

Data: 28/02/2015

Horário: 17h

Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos

Assistentes: Jackson Lourenço Massara dos Santos e Gabriel Cotni Viana

Escalação do Flamengo: Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão e Mancuello (Everton)/(Gabriel); Emerson Sheik, Marcelo Cirino (F. Vizeu) e Guerrero. Técnico: Muricy Ramalho