armerofla

Armero está chegando ao Rio! Jogador é seguidamente convocado para a seleção colombiana. (Foto Divulgação)

Mariana Sá e Luiza Sá

 

O nome de Pablo Armero não é desconhecido. O colombiano de 28 anos ganhou espaço no cenário brasileiro quando jogou pelo Palmeiras em 2009-10 e projeção mundial quando chegou à Udinese da Itália. O jogador vem para o Flamengo para reforçar a lateral esquerda e deve ser apenas o primeiro grande nome para o Brasileirão.

Armero começou sua carreira no América de Cali em 2004. Como atua pela lateral, nunca foi um grande goleador, mas conseguiu ser eficiente o suficiente para chamar a atenção de sua Seleção quatro anos depois. Com ótimas atuações, a conquista do Campeonato Nacional e destaque na Colômbia, o jogador veio parar no Brasil. O Palmeiras acertou sua contratação em 2009, quando trabalhou com Vanderlei Luxemburgo, e foi lá que o lateral teve, provavelmente, a melhor temporada de sua carreira.

Sempre muito elogiado por suas habilidades, velocidade e grandes cruzamentos, Pablo Armero assumiu a titularidade assim que chegou, tornando-se essencial para a campanha do Palmeiras no Brasileiro e no Paulista de 2009 (5º e semifinalista respectivamente). Sua tentativa de dançar o “Rebolation” na comemoração de um gol de empate contra o Santos – a partida terminou 4×3 para o Verdão – ficou famosa internacionalmente, foi apelidada de “Armeration” e é lembrada até hoje. Já no ano seguinte, depois de péssimas atuações, o colombiano acabou perdendo sua vaga e aos poucos foi perdendo espaço até no banco de reservas.

Depois de passar por Palmeiras e Udinese, Armero é apresentado ao Milan (Foto: Site AC Milan)

Depois de passar por Palmeiras e Udinese, Armero é apresentado ao Milan (Foto: Site AC Milan)

A Udinese contratou o jogador em 2010 por €1,2 milhão. Em sua primeira temporada, Armero conseguiu recuperar a boa fase e ajudou sua equipe a terminar o campeonato na quarta posição, conquistando assim a tão sonhada vaga na UEFA Champions League. Ele também entrou para a Seleção do Campeonato daquele ano. Em janeiro de 2013 o colombiano foi emprestado para a Napoli até o fim da temporada e existia a cláusula de compra em seu contrato. Mesmo com poucas atuações, sendo sua maioria depois de ter saído do banco de reservas, a Azzurri acabou optando por sua contratação definitiva.

Depois de apenas meia temporada, em janeiro de 2014 o lateral foi emprestado para o West Ham da Inglaterra. Sua passagem pelo clube inglês foi desastrosa e o jogador fez apenas cinco partidas. Sua estréia foi com derrota para o Stoke City (3-1), sua despedida foi com derrota para o Crystal Palace (1-0) e o colombiano foi bem criticado pelo treinador Sam Allardyce. Mesmo depois de um final de temporada ruim, Armero foi convocado para a Copa do Mundo de 2014. Foi ele quem marcou o primeiro gol da Colômbia na competição, na vitória por 3-0 sobre a Grécia.


Ao fim do torneio, a Udinese voltou a contratá-lo, porém 20 dias depois o clube anunciou que o jogador seria emprestado para o Milan, que teria opção de compra ou prorrogação de empréstimo ao término do contrato. Hoje ele tem apenas oito jogos com a camisa do clube de Milão, que não atravessa boa fase.

A Nação tem se mostrado animada com a vinda de Armero, porém o que deixa os torcedores receosos é exatamente o fato de ele ter tido pouca regularidade nos últimos anos. “(Ele) é um grande jogador, jogou comigo no Palmeiras. Se o Flamengo contratar será uma contratação boa”, disse Luxemburgo recentemente para a SporTV.