Arão fica "invisível" ao se abraçado pelos companheiros. Jogador fez o primeiro da vitória. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Arão fica “invisível” ao ser abraçado pelos companheiros. Jogador fez o primeiro da vitória. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

 

Após vitória contra o América-MG pela Primeira Liga no meio de semana, o Flamengo retornou a campo nesse domingo (21). Dessa vez, a partida foi válida pela quinta rodada do Campeonato Carioca e o adversário foi o Fluminense. Pela primeira vez na história a dupla Fla x Flu disputou um jogo válido pelo Estadual fora do Rio de Janeiro.

Com o maior público do campeonato até aqui, a torcida rubro negra mais uma vez marcou presença e foi maioria esmagadora no estádio Mané Garrincha, em Brasília, onde a partida foi realizada.

Com o resultado do confronto, o rubro-negro aumenta a vantagem que tinha em disputas realizadas fora do Rio contra o Fluminense. Agora o Flamengo tem 6 vitórias em 17 jogos disputados, contra apenas 2 da equipe tricolor e 9 empates.

 

PRIMEIRO TEMPO DE DOMÍNIO RUBRO-NEGRO
O Flamengo dominou o primeiro tempo e conseguiu movimentar bem a bola e criar jogadas de perigo ao longo de toda primeira etapa da partida. Rodinei se mostrou uma boa opção para lateral e conseguiu criar jogadas de perigo.

No meio, Arão e Mancuello tiveram boa movimentação e foram fundamentais para o bom desempenho no primeiro tempo da equipe. Dos pés de Mancuello saiu a bola que sobrou para Arão finalizar e marcar o primeiro gol, após falha de Cavalieri.

 

CONFUSÃO E EXPULSÕES MARCARAM SEGUNDA ETAPA
O Flamengo voltou bem do intervalo e logo aos 2 minutos da segunda etapa aumentou a vantagem no marcador. Após lindo cruzamento de Rodinei, Guerrero finalizou com sucesso para o gol e colocou o Flamengo com 2 gols de vantagem no placar.
Logo depois do segundo gol rubro-negro, uma confusão se instaurou no campo. Cuéllar e Marcos Júnior caíram em disputa de bola e ao ser agredido pelo camisa 5 do Fluminense, Pierre, Cuéllar revidou dando início a um tumulto generalizado. O resultado da confusão foi uma expulsão para cada lado: Cuéllar pelo Flamengo e Marcos Júnior pelo Fluminense.

Já no final da partida, o capitão Wallace recebeu o segundo amarelo, depois de chutar a bola para longe, após o árbitro marcar falta para o Fluminense, e acabou expulso aos 42 minutos do segundo tempo. Com isso, o jogador cumprirá suspensão no próximo jogo e, quando retornar à equipe, continuará pendurado por cartão amarelo.

 

BOA SITUAÇÃO NO CAMPEONATO
Com os 3 pontos conquistados sobre o Fluminense, o Flamengo chega a 10 pontos e agora é vice-líder do Grupo B, atrás apenas de Botafogo, que tem 15 pontos. O próximo desafio da equipe é contra a Cabofriente na próxima quarta feira (24) e a partida será disputada em Macaé, no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, o Moacyrzão.

 

MURICY DESTACOU BOA ATUAÇÃO DA EQUIPE
Após o jogo, Muricy falou sobre a boa partida que a equipe realizou e o domínio de bola ao longo dos 90 minutos. O ténico ainda destacou a importância de ganhar um clássico, além de comentar as expulsões ocorridas na partida.
“É clássico. Nosso pensamento era de ganhar, porque dá moral. Nosso time jogou muito bem. As expulsões prejudicaram o jogo, mais para o Flamengo, que estava melhor posicionado. A expulsão do Wallace achei exagerada. Mas o time foi bem, dominou a maior parte do jogo e mereceu ganhar”, concluiu o técnico rubro-negro.

 

Ficha Técnica

Time: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, C. Martins, Jorge; Cuéllar, Willian Arão, Mancuello (Márcio Araújo); Marcelo Cirino (Gabriel), Emerson (Éverton) e Guerrero

Cartões Amarelos: Flamengo – Jorge, Rodinei, Guerrero e Wallace / Fluminense: Léo Pelé, Douglas e Renato Chaves

Cartões Vermelhos: Flamengo – Cuéllar e Wallace / Fluminense: Marcos Júnior
Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha

Público: 32.024 pagantes / 32.024 presentes
Renda: R$ 2.388.360,00