Felipe Henriques | Twitter @Lipe_Henry  e Diogo Almeida | Twitter @DidaZico

Mané Garrincha receberá mais de 67mil rubro-negros (crédito: Elza Fiúza/ABr)

Mané Garrincha receberá mais de 67mil rubro-negros. Na foto, mais 60 mil no Santos x Flamengo | Foto: Elza Fiúza/ABr)

Esta quinta, dia 17 de setembro, marca o ápice de uma celebração flamenga que marcou os últimos dias na capital federal. É o dia que a rubronegrada vai seguir em peregrinação para um templo. O Mané Garrincha será o monumento construído para o culto, e a vitória marcará mais uma página sacra na história da Maior Torcida do Mundo.

Depois da passagem divina do Fla, talvez o povo brasiliense consiga reunir forças para vencer o caos administrativo e falimentar do Estado Brasileiro. A Força Descomunal do Clube de Regatas do Flamengo e seus Súditos-Urubus estão trazendo a glória em cada coração que fecha com o certo.

O Flamengo, embalado, 4º colocado com 41 pontos, mesma pontuação de Palmeiras e São Paulo. Foi uma mobilização emocionante por parte dos rubro-negros da região centro-oeste para conquistarem o direito de ver o Fla ao vivo, já que a carga total de ingressos foi esgotada antes mesmo de chegarmos às 24h anteriores ao apito inicial.

Há quanto tempo isso não acontecia no futebol brasileiro? 67.000 ingressos vendidos antecipadamente. Recorde de público pagante no campeonato — o recorde de público presente já pertencia ao Mengão, na partida contra o Santos: 61.421 espectadores.

O clima é de Raça, Amor e, principalmente, muita Fé. Na segunda passagem do Mengão em Brasília, em 2015 — a primeira havia sido em janeiro, em amistoso sem gols contra o Shakhtar Donetsk/UCR. A euforia flanática pode ser explicada pelas seis vitórias consecutivas do Urubu Arrasador no torneio, igualando aos recordes de vitórias rubro-negras na história do Brasileirão: 1978 e 1983. Vamos vencer! E colar mais ainda nos líderes à frente, pequenos Corinthians, Atlético MG e Grêmio.


Abaixo, apenas uma pequena mostra do que somos capazes de fazer. o Meia Ederson, jogador paranaense, que mal jogou no Brasil, rodou por França e Itália… Acostumado aos sisudos palcos europeus, não conseguiu guardar sua emoção, e mesmo entre as barreiras que separam um jogador de futebol e declarações espontâneas, foi ao seu Twitter e desabafou (imagem). Depois declarou: “Ver a torcida no aeroporto foi um dos momentos mais marcante que vivi no futebol”.

ederson

 

SRN!!!

 

LEIA TODA A NOSSA COBERTURA PARA FLAMENGO X CORITIBA

O jogo mais importante dos últimos tempos na última semana

Embaixada lança aplicativo e promove ações para receber Flamengo em Brasília

Marielson Alves: Terceira partida no Brasileiro

Recorde!

Ederson + 10?

Caminho árduo para voos mais distantes em 2016

O Flamengo de Oswaldo – Análise tática e estatística

 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA A GENTE NO TWITTER