Tarde de muita cobrança na arquibancada e pouca resposta em campo.

 

Foto: Maracanã

O Flamengo voltou a campo neste domingo (18) para enfrentar o Internacional no Maracanã. Após a vergonhosa derrota para o Figueirense no meio da semana, as cobranças ficaram ainda maiores para o time da Gávea. Apesar do bom início de jogo, a equipe rubro-negra não conseguiu seguir um ritmo forte e acabou perdendo mais uma.



Graças ao momento ruim do rubro-negro, a torcida já começou a cobrar uma postura diferente cedo. Aos gritos de “Queremos Raça”, o time entrou em campo sabendo da responsabilidade que tinha. Para o jogo, a volta de Jorge a lateral-esquerda prometia mais mobilidade e eficiência, assim como o retorno de Guerrero, pressionado pela falta de gols.

O primeiro tempo foi marcado por um Flamengo que começou diferente. A postura e o posicionamento já mostravam claros sinais de mudança em relação à última partida. Além disso, os defensores conseguiram organizar uma marcação mais eficiente e pressionaram bastante os jogadores do Internacional. A aposta na velocidade do ataque também foi um ponto importante. Entretanto, aos 17 minutos, a zaga vacilou, Ernando recebeu sozinho dentro da área e conseguiu abrir o placar.

O gol acabou sendo um balde de água fria, já que o rubro-negro estava dominando a partida. Com isso, velhos problemas voltaram a aparecer e a equipe perdeu a vontade inicial. O Inter conseguiu achar mais espaços na frágil defesa, enquanto o ataque seguia pecando principalmente nos cruzamentos e não conseguiu muitas chances claras, apenas uma com Guerrero que acabou colocando a bola na trave. A torcida mostrou-se incomodada com os erros bobos e começou a perder a paciência.

Durante a segunda etapa, o Flamengo acabou voltando a ser o time limitado de antes. Mesmo com a escolha de Oswaldo de Oliveira por tirar Everton e colocar Paulinho, a equipe não conseguiu dar a seu torcedor a esperança da virada. O Rubro-Negro conseguiu voltar a colocar a bola no campo adversário, mas a pressa para concluir as jogadas acabou atrapalhando muito. O Internacional mostrou-se inteligente e aproveitou o nervosismo do adversário.

Os principais problemas observados no segundo tempo foram, além da brusca queda de rendimento, a falta de criação do meio-campo e as péssimas finalizações. Para completar, o time começou a perder muitas bolas e errar diversos passes graças à pressa e a ansiedade, o que só diminuiu as chances do empate.

Com a derrota, o Flamengo diminuiu ainda mais as chances de conquistar uma vaga na Libertadores. A próxima partida será fora de casa, contra o Corinthians, no dia 25.10 às 17h.

 

FICHA DO JOGO

FLAMENGO 0x1 INTERNACIONAL

Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro.

Horário: 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Héber Roberto Lopes (FIFA).

Auxiliares: Kléber Lúcio Gil (FIFA) e Bruno Boschilia (FIFA).

Público: 28.786 presentes.

Renda: R$ 999.707,50.

Cartão amarelo: Rever e Paulão (Internacional).

FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, César Martins, Samir, Jorge, Márcio Araújo, Canteros (Kayke, 18’ 2ºT), Alan Patrick, Everton (Paulinho, intervalo), Emerson Sheik (Gabriel, 28’ 2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

INTERNACIONAL: Alisson, William, Paulão, Rever, Ernando, Rodrigo Dourado, Nilton (Wellington Martins, 32’ 2ºT), Anderson (Vitinho, 28’ 2ºT), Alex (D’Alessandro, 13’ 2ºT), Valdívia e Lisandro Lopez. Técnico: Argel Fucks.

 

Comente no Twitter (@MRN_CRF) ou na fanpage do MRN no Facebook (clique aqui).
Sua opinião faz toda diferença!



Mariana Sá faz parte da equipe MRN Informação.

 

 

 

LEIA AS ÚLTIMAS DO MUNDO RUBRO NEGRO

Adeus Libertadores?

Declaração de incompetência

FlaBasquete perde para o Orlando mas a Nação se enche de orgulho

Concurso Cultural “Flamengo: 120 anos e A Sua Grande História” já está aberto!

O Flamengo irrita

O Anti-Flamengo

Somos todos babacas, Flamengo.

Atuações: Noite de lambança, time sem identidade; notas de Figueirense 3×0 Flamengo

Concurso Cultural inaugura temporada de comemorações pelos 120 anos do Mengão no MRN

Figueirense 3 x 0 Flamengo: A verdade é que faltou tudo

Estadual 2016: O Retorno dos Absurdos

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!