Diogo Almeida | Twitter @DidaZico

 

mrn infA SEMANA COMEÇA


O Flamengo iniciou a semana com merecida folga na segunda-feira, após a importante vitória diante do Goiás. O descanso durou até a tarde de terça, quando Cristóvão reuniu seus comandados para o início de preparação para o jogo contra o um Santos que luta para desafogar o nó da gravata na luta e sair do perímetro da zona de rebaixamento de vez.

A torcida foi convocada primeiro por Sheik, depois por Guerrero e no fim do dia já estava em seu poder cerca de 15 mil ingressos. Aquela energia, a sensação de #EuVouAoMaracanã se alastrou. Enquanto um mistério se arrastava, afinal, quantos ingressos foram colocados à venda?

No Ninho, o treino foi fechado em sua maior parte – a Imprensa, liberada depois do trabalho tático de Cristóvão – e assim continuou no restante da semana.

Os escolhidos para responderem as indagações dos repórteres foram Pará e Cirino, palmas para a assessoria de imprensa do Ninho. Pará acertou o flanco direito de Ayrton no segundo tempo contra o Esmeraldino e finalmente recebeu os méritos de grande parte da torcida, inclusive dos fãs de Léo Moura, que não simpatizam com o lateral-direito. Parece que o único erro crasso do ex-santista foi mesmo ser o reserva imediato do veterano de moicano.

Na verdade eu nunca perdi a confiança. Sei que sou capaz de apresentar um futebol melhor do que eu vinha apresentando, mas não acho que estava mal.

Pará, o contestado

Cirino demonstrou estar ciente da pressão exercida sobre seu rendimento atual. O atacante despontou como bom reforço no início de ano. Deslocado como atacante de maior presença na área por Luxemburgo, o camisa 7 agradou a torcida e muitos já se perguntavam se o jogador poderia mesmo adquirir status de matador no maior clube do Brasil. O Brasileiro veio e a má fase também. Depois de dois meses, entre idas e vindas ao time titular, o jogador voltou a decidir.

Direito de resposta é dentro do campo. Não vale a pena eu vir aqui e começar a falar se as coisas não fluírem. Meu bom futebol vem voltando.

Cirino, novamente matador

Cristóvão perde ou ganha: o treinador ainda não empatou desde que cheou ao Fla. | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

Cristóvão perde ou ganha: o treinador ainda não empatou desde que cheou ao Fla. | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

 

WALLACE DE VOLTA E O “CAPITÃO” QUE FOI HEXA NA COLETIVA

A torcida estranhou aquela faixa de capitão no braço do veloz Everton. A primeira vez que o meia-esquerda ostenta o título reflete a maturidade e identificação do único jogador do Flamengo que esteve presente naquela tarde de Hexa e Maracanã lotado. Boas lembranças que vieram com boa vitória e atuação. O jogador ainda oscila após o tempo contundido e ainda não é o Everton da volta ao Fla. Com a chegada dos protagonistas Sheik, Guerrero e Ederson a subida de produção é dada como certa pela torcida, que nutre muito carinho pelo remanescente daquele time de 2009. Na quarta-feira, de treinamento em dois períodos, nosso 22 disse em coletiva:

Ser capitão é uma coisa que você vai conquistando com o tempo. Acho que tenho feito meu papel. Agora é dar sequência, e as vitórias são muito importantes para nós. Se vencermos o Santos, sabendo da dificuldade, vamos dar um passo grande.

Everton,  capitão-reserva

Wallace, desfalque por conta de uma lombalgia, deve ter visto o jogo da 14º rodada com muita apreensão. A defesa foi mal, o rápido ataque goaianiense desmontava a zaga. Marcelo, que vem numa crescente, tinha trabalho na cobertura de um péssimo Ayrton e César Martins, estreando sem ritmo algum, mostrou que ao menos sorte de zagueiro ele tem. No treino da tarde o Capitão Literatura reassumiu seu posto e joga contra o Santos.

Depois de não viajar para Goiás, Paulinho treinou no Ninho na terça. | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

Depois de não viajar para Goiás, Paulinho treinou no Ninho na terça. | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

 

RODRIGO CAETANO FALA E O CUIDADO COM JONAS

Na quinta, Jonas voltou a trabalhar no campo do CT George Helal. Ainda se recuperando da luxação no cotovelo sofrida no jogo de volta da Copa do Brasil diante do Náutico, há duas semanas, na Itaipava Arena Pernambuco. A estimativa do departamento médico é que o jogador volte a figurar na lista de relacionados diante da Ponte Preta.

Rodrigo Caetano voltou a trabalhar intensamente esta semana. A situação de Bressan ainda decorre de muitas reuniões com o Grêmio. O time gaúcho que antecipar sua volta ao clube, depois da saída de Rodholfo. Arthur Maia pediu pra sair e foi liberado. Além disso é cada vez mais notório que o diretor procura um centroavante para a reserva de guerreiro.

Com relação ao jogo deste domingo, Caetano mostrou-se confiante e parece já entender um pouco mais do “Deixou Chegar Fudeu”, o DCF, uma tradição rubro-negra que deixa os adversários aturdidos. Em conversa com os jornalistas, declarou:

Aí, como sempre pensa o torcedor do Flamengo, é possível imaginar uma arrancada, com eles ao lado e os estádios lotados.

Rodrigo Caetano, otimista

Jonas ainda está se recuperando. Jogador é aguardado para o jogo contra a Ponte | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

Jonas ainda está se recuperando. Jogador é aguardado para o jogo contra a Ponte | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

 

“QUERO QUE A BOLA ENTRE”  E A BAIXA DE CIRINO

Cristóvão estava, como diziam os antigos, pelo fio da navalha. A derrota para o Vasco era apenas mais uma de uma sequência de desatres nas escalações, mudanças erradas durante as partidas e, os latentes maus resultados no Maracanã.

A quinta-feira do Ninho começou seguindo rigorosamente a mesma tônica. Jornalistas do lado de fora espionando o treino de algum buraco no muro até quase o seu final. Aliviado pela segunda vitória consecutiva e respirando o bafo quente de uma torcida que prevê, ou melhor, exige arrancada, o treinador foi o convidado na coletiva de imprensa. O treinador disse, na sala de coletivas, nesta sexta-feira:

Então, é continuar apanhando quieto, quero só que a bola entre.

Borges, perguntado sobre os três volantes

A notícia triste veio de Cirino. A semana que prometia ser de afirmação para o atacante passou a ser de preocupação. No treino fechado da sexta-feira o jogador sentiu a coxa e, após submissão de exames, teve detectada lesão no músculo adutor da coxa esquerda. Ainda não existe um previsão de volta e o atleta já trabalha na sala de fisioterapia do Mais Querido.

Outra importante nota é sobre o início da fisioterapia de Nixon, depois da cirurgia. Infelizmente, será muito difícil para o jovem atacante voltar aos gramados este ano.

Borges pode deixar Alan Patrick novamente no banco e optar por três volantes | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

Borges pode deixar Alan Patrick novamente no banco e optar por três volantes | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

 

MANHÃ EM VARGEM GRANDE, CONCENTRAÇÃO E PV EM CONDIÇÕES.

Após o treino desta manhã o grupo segue para a concentração. Cristóvão Borges faz o apronte final para a partida que pode alçar o Flamengo ao posto de aspirante ao G4. A única dúvida é quem entra no lugar de Cirino. Como o trabalho tático foi feito durante toda a semana de portões fechado, não existe ainda muitas indicações do time titular.

Outra ressalva à semana de treinos que se deve fazer é sobre a volta do nosso goleiro titular aos treinamentos. A polêmica do carrinho foi esquecida, César oscilou e agora cresce em confiança no gol. A decisão sobre mais uma semana de treinamentos para o goleiro e a manutenção de César é outra questão aberta para Flamengo x Santos.


E sobre o mistério dos ingressos: Foram colocados à venda para a torcida do Flamengo cerca 50.500 entradas e destinadas 4.200 para a torcida visitante. Na noite de sexta o Maracanã informou que já haviam sido vendidos 43.500 do total

20150728185238_194

Dúvida para o jogo, PV está recuperado. | Foto Gilvan de Souza/Flamengo

 

 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA A GENTE NO TWITTER

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!