mrn infA hora do adeus: após 10 anos de Flamengo, o titular da lateral direita rubro negra se despede

 

 

Por Bruno Vasconcellos - Para o MRN Informação
léo

Léo se emocionou ao falar de sua despedida Foto: Site Oficial

 

 

 

Chega ao fim um dos casamentos mais duradouros do futebol. Léo Moura deixa o Flamengo, após dez anos de serviços prestados e 518 apresentações. O lateral que é o sétimo jogador jogador que mais vestiu o Manto Sagrado vai atuar no Fort Lauderdale Strikers, dos EUA, na Liga que mais tem crescido no mundo, a Major Legue Soccer.

Léo chegou ao Flamengo em 2005, com a fama de jogador cigano devido a sua volatilidade nos clubes pelos quais passou. No Fla, seus dribles e cruzamentos perfeitos fizeram dele ao lado de Juan a dupla de laterais mais entrosada do futebol brasileiro. Ao longo de uma década no Mais Querido, foram oito títulos conquistados, entre eles: o Campeonato Brasileiro de 2009, as Copas do Brasil de 2006 e 2013 e os Campeonatos Carioca de 2007, 2008, 2009, 2011 e 2014. Suas boas atuações no Flamengo o fizeram chegar à seleção brasileira em 2008. Léo também conquistou prêmios individuais, em 2007 e 2008 foi eleito o melhor jogador de sua posição no Campeonato  Brasileiro.

Carente de referências nos últimos anos, a torcida rubro-negra transformou o camisa 2 da Gávea em ídolo. Léo ditou tendência, seu corte de cabelo estilo moicano faz sucesso até hoje, principalmente entre a criançada. Como qualquer relação existem os bons e maus momentos e no futebol isso também acontece. Léo passou a ser questionado por conta de sua postura durante as renovações de contrato, seu rendimento já não era mais o mesmo nas últimas temporadas, e as lesões passaram a ser  frequentes e sua titularidade já não era unanimidade, porém, a falta de um jogador da posição no elenco o fez permanecer  na condição de titular, sendo o jogador mais experiente do grupo.

Sua despedida acontece hoje, ás 22h no Maracanã, palco de suas maiores conquistas pelo clube do coração. O adversário é o Nacional do Uruguai, que mandou ao Brasil uma equipe mista, formada basicamente por atletas jovens. Para o técnico Vanderlei Luxemburgo a partida terá um peso ainda maior, sem vencer a duas rodadas no Campeonato Carioca, o treinador vai  usar o amistoso pra preparar o time para o próximo jogo do Estadual, que será sábado contra o Friburguense no Engenhão.

FLAMENGO: Paulo Victor, Léo Moura, Wallace, Bressan (Marcelo) e Pará; Márcio Araújo, Jonas e Canteros; Gabriel (Nixon), Marcelo Cirino e Alecsandro (Eduardo da Silva).

NACIONAL: Jorge Bava, David Velásquez, Jose Aja, Caué Fernándes, Alfonso Espino; Nicolas Prieto, Hugo Dorrego, Gonzalo Ramos, Leandro Otormín; Gonzalo Bueno e Rodrigo Amaral.