Inspirado no Benfica, Flamengo planeja ter “casas” pelo Brasil

Inspirado no Benfica, Flamengo planeja ter “casas” pelo Brasil

O CEO do Flamengo, Fred Luz, falou à Rádio Globo sobre os planos para lançar nos próximos meses um projeto de “casas do Flamengo”, para que o clube possa estreitar o relacionamento oficial com torcedores de fora do Rio de Janeiro e aumentar sua arrecadação de receitas com a venda de produtos oficiais e a adesão de novos sócios-torcedores. Veja a íntegra do que Fred Luz disse à rádio:



Demanda identificada

Uma das primeiras coisas que a gente viu quando a gente assumiu o Flamengo é que o Flamengo precisa desenvolver modelos que permitam um relacionamento maior da torcida do Flamengo com o clube. Oitenta por cento da torcida do Flamengo está fora do estado do Rio de Janeiro, nós estamos falando de 32 milhões de torcedores do Flamengo que têm muito poucas chances de irem aos jogos de futebol e têm pouca chance também de interagirem com o clube, que fica aqui no Rio de Janeiro, na Gávea. Então o Flamengo precisa criar locais onde o torcedor, lá onde ele morar, ele consiga se relacionar de alguma forma fisicamente com o Flamengo. Tem toda essa questão da relação digital, mas a relação digital não é tudo na vida. As pessoas gostam da relação física, de interagir. O Flamengo é um dos clubes que menos convertem receita por torcedor. Porque ele não tem esses pontos de relacionamento. Existe um potencial enorme de geração de receita para o Flamengo na medida que ele conseguir criar relações valiosas para o torcedor com ele, Flamengo. A gente infelizmente ainda tem muitos produtos piratas do Flamengo sendo vendidos nos locais distantes. Por quê? Porque o Flamengo não chega lá. O Flamengo chega pela televisão, chega no bar, onde as pessoas vão para assistir ao jogo, mas aquilo ali não pertence ao Flamengo, e portanto não converte em receita para o Flamengo.

Modelo do Benfica

Então o sonho do Flamengo, e o Benfica, eu não estou dizendo que vai ser “Casa do Flamengo” nem nada, mas o Benfica desenvolveu o modelo daq “Casa do Benfica”, existem cerca de 300 casas do Benfica, que são como clubes do Benfica, espalhados por Portugal e pelo mundo, existe uma casa do Benfica em São Paulo, onde o torcedor do Benfica vai lá interagir com os demais, e ali vende camisa do Benfica, vende ingresso do Benfica, o cara tem que ser sócio-torcedor do Benfica…. na medida que o Flamengo conseguir desenvolver um modelo desse tipo, ele vai aumentar o número de sócios-torcedores, vai aumentar venda dos produtos oficiais do Flamengo, e ele vai ter do torcedor uma valorização maior da relação dele com o Flamengo. A gente pretende criar produtos exclusivos que o torcedor do Flamengo só vá conseguir ter nesses locais. Mas nós estamos longe ainda de ter um modelo estruturado e montado.


Fila de prioridades

O Flamengo é um conjunto de necessidades. O Flamengo tem demandas e tem várias coisas para irem sendo conquistadas. O CT é um exemplo. Nós tínhamos que fazer o CT, nós tínhamos que melhorar muito nossa captação de patrocínio, nós temos que melhorar o sócio-torcedor, nós temos que buscar um estádio, nós temos que melhorar nossos processos de gestão interna, nós temos que capacitar mais o futebol, nós temos que capacitar mais o futebol de base, nós temos que capacitar mais o esporte olímpico, nós temos que melhorar a sede do clube. Na verdade nós temos um conjunto de assuntos que estão na nossa lista, mas ainda não estão em fase de execução e eventualmente nem de projeto, porque os recursos são limitados e as demandas são sempre ilimitadas. O que a gente procura mais fazer no Flamengo é escolher bem as prioridades. Eu acho que a gente tem que aumentar mais ainda a qualificação do nosso futebol, pra gente ter conquistas de títulos, o Flamengo tem que produzir muito mais craques na base do que tem produzido ultimamente, são projetos que demandam atenção, que demandam recursos, que demandam investimento.

 
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.


Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!

About The Author