Após vencer novamente em Cariacica no meio de semana, o Flamengo voltou a campo na noite deste sábado (10) pela 23ª rodada do Brasileirão. Ao contrário da partida da última quarta (7), o Flamengo jogou como visitante diante do Vitória, no Barradão e conseguiu mais uma vitória na competição.


Com  o resultado, o Flamengo chegou a 46 pontos, mesma pontuação do líder Palmeiras, que está na frente do rubro-negro pelo melhor saldo de gols. Palmeiras e Flamengo se enfrentam na rodada 25 do Campeonato Brasileiro, partida que acontecerá na próxima quarta (14) às 21h45 em São Paulo.

Vitória é melhor, mas Fernandinho salva de novo

O Flamengo começou o jogo tomando um susto. Antes de completar 5 minutos de partida, o Vitória chegou com muito perigo e por pouco não chegou ao primeiro gol do jogo. Serginho chutou e Muralha acabou defendendo mal, permitindo o rebote de Cardenas no lance. O meia cruzou para Kieza que tocou na bola, que passou muito rente à trave direita do Muralha e saiu pela linha de fundo.


A primeira grande chance do Flamengo na partida ocorreu 10 minutos depois com Leandro Damião. Ao receber a bola, o atacante chutou com força de fora da área e obrigou boa defesa do goleiro Caíque. Foi também com Damião que o Flamengo teve chance de perigo pouco depois. Após belo lance de Gabriel, Damião não conseguiu concluir para o gol e desperdiçou ótima oportunidade aos 17 do segundo tempo.

Como dizem no futebol, quem não faz, leva. E foi o que aconteceu com o Flamengo pouco depois dos 20 minutos de partida. Em uma bobeira coletiva da zaga do Flamengo, Diego Renan fez um fraco cruzamento que acabou encontrando Zé Love, que apenas teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes e fazer 1×0 Vitória no placar.

O Flamengo voltou a ter oportunidade aos 30 minutos de jogo com Fernandinho. Herói de duas importantes recentes partidas, o meia rubro-negro recebeu passe de Pará e chutou de longe, para defesa de Caíque. Na sequência, Damião voltou a ter boa oportunidade no jogo e acertou cabeçada que passou muito rente à trave direita do goleiro do Vitória, com a bola saindo pela linha de fundo.

Quando a derrota na primeira etapa parecia certa, de novo ele chegou para empatar o jogo: Fernandinho, aos 43 minutos, deixou tudo igual no Barradão. Após belo cruzamento de Pará, o camisa 31 rubro-negro cabeceou perfeitamente e estufou as redes do Vitória, deixando tudo igual na partida e levando o jogo para o intervalo em 1×1.

Flamengo melhora e vira a partida no Barradão

A exemplo do que ocorreu no primeiro tempo, o Vitória teve a primeira oportunidade no início da segunda etapa. Em um chute de Diego Renan de fora da área, Muralha caiu para fazer a defesa com tranquilidade. Apesar disso, foi o Flamengo que chegou ao segundo gol primeiro no Barradão. Aos 14 minutos, uma tabela entre Diego e Gabriel originou um chute do camisa 17 rubro-negro que estufou as redes do Vitória e virou o jogo no Barradão.

Após a virada na partida, o Flamengo cresceu no jogo e quase conseguiu o terceiro gol com Damião. Em cobrança de falta de Alan Patrick, que entrou na segunda etapa no lugar de Fernandinho, o atacante cabeceou e carimbou o travessão do Vitória e por pouco não ampliou o placar no Barradão.

Com a vantagem no placar, o Flamengo passou a atacar mais, obrigando o recuo mais forte do Vitória em campo. O recuo só aumentou após o Vitória ter um homem expulso aos 27 minutos da segunda etapa. Em nova falta e segundo cartão amarelo, o lateral do Vitória foi pro chuveiro mais cedo e deixou a equipe da casa com 10 em campo.

Em vantagem numérica e vencendo o jogo, o Flamengo continuou partindo pra cima do vitória e quase ampliou o placar com o zagueiro Réver. Em cobrança de escanteio, o capitão rubro-negro acertou bela cabeçada para o chão, que forçou uma defesa difícil do goleiro Caíque que jogou a bola pela linha de fundo.

Com 1 a menos em campo, o Vitória perdeu a ofensividade no jogo e a equipe rubro-negra passou a administrar o resultado na partida. Nas oportunidades que conseguia chegar ao ataque, o Flamengo esbarrou na boa atuação de Caíque, goleiro do Vitória, que se destacou no final de jogou e impediu que a equipe rubro-negra conseguisse ampliar o placar no Barradão.

Os últimos minutos de partida foram de nervosismo para a torcida rubro-negra, que ainda acompanhou 4 minutos de acréscimo até o último apito do árbitro na partida. Apesar disso, o Flamengo conseguiu garantir mais uma vitória, a quarta consecutiva na competição e se manteve na vice-liderança do Brasileirão.

 

Ficha Técnica

Vitória x Flamengo 

Vitória: Caíque; Diogo Matheus, Ramon, Kanu e Diego Renan; Willian Farias, Serginho (Flávio) e Cárdenas; Kieza (Euller), Marinho (Vander) e Zé Eduardo. Técnico: Vagner Mancini

Flamengo: Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego (Mancuello); Gabriel (Marcelo Cirino), Fernandinho (Alan Patrick) e Leandro Damião. Técnico: Zé Ricardo

Cartões: amarelo – Vitória: Cárdenas / vermelho – Vitória: Diego Renan

Público: não disponível

Renda: não disponível

 

*Créditos da imagem destacada: reprodução/twitter

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!