Precisando da vitória para chegar a semifinal, o Flamengo enfrentou o Bangu na tarde desse domingo (17) no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, o Moacyrzão, em Macaé. Com jogadas ofensivas desde o início da partida, o Flamengo conseguiu vencer o adversário e se garantiu como um dos quatro primeiros colocados da Taça Guanabara.


A torcida presente em Macaé apoiou o time durante toda a partida e comemorou bastante a classificação para a semifinal do estadual, que terá como adversário o Vasco.  Com o resultado, o Flamengo terminou a Taça Guanabara com 12 pontos, na 4ª colocação.

As semifinais do Carioca serão disputadas em jogo único. A partida que decide se o Flamengo vai ou não à final do Carioca será no próximo domingo (24), em local que ainda será definido pelas equipes.

CIRINO MARCA E GARANTE VANTAGEM NO PLACAR

Desde o primeiro minuto da partida, o Flamengo tentou abrir o placar. No primeiro lance, Marcelo Cirino recebeu na grande área e finalizou, mas a defesa do Bangu travou a jogada e colocou a bola para longe da área. Tentando repetir o feito da última partida, quando marcou de falta, Mancuello foi para a cobrança tentando abrir o placar, mas a bola acabou saindo sobre a meta adversária.

Aos 18 minutos, foi a vez de Guerrero tentar abrir o placar para o rubro-negro. Após cobrança de falta de Alan Patrick, o goleiro Célio Gabriel defendeu a cabeçada do peruano em direção ao gol. Na sequência do lance, um choque entre Juan e Almir culminou na saída de campo do meia do Bangu. Com dores no joelho, Almir deixou a partida e o Bangu sentiu a ausência do jogador, dando mais espaço para o Flamengo chegar ao ataque.

Um dos principais nomes da equipe rubro-negra na partida, Cirino mostrava estar em um bom dia e conseguiu boas oportunidades para chegar ao gol. Em dupla tentativa de cruzamento, o atacante foi cortado pela zaga adversária, que impediu a conclusão da jogada rubro-negra.

Aos 37 minutos, o Bangu quase abriu o placar no Moacyrzão. Em boa jogada de Mauro Silva, Paulo Victor teve que entrar em ação para evitar o gol do Bangu. Na sequência do lance, o Flamengo conseguiu abrir o placar da partida com Marcelo Cirino. Artilheiro do Flamengo na temporada, o atacante acertou um belo chute de canhota após cruzamento de Arão, fazendo 1×0 para o rubro-negro no placar.

No último minuto da primeira etapa, o Bangu quase empatou a partida. Após cruzamento na área rubro-negra, Giovanni cabeceou e por pouco não deixou o dele. Com a chance perdida pela equipe de Bangu, o primeiro tempo acabou com a vantagem rubro-negra de 1 gol.

FLAMENGO MANTÉM O RITMO DE JOGO E GARANTE VITÓRIA

A segunda etapa da partida começou movimentada no Moacyrzão. No primeiro minuto, Guerrero tentou ampliar o placar para o Flamengo com um belo chute. Na sequência, o Bangu respondeu e quase chegou ao empate com Giovanni. O meia do Bangu cabeceou para o chão e Paulo Victor salvou a pátria rubro-negra defendendo e evitando o empate.

Aos 11 minutos, Guerrero quase deixou o dele, ampliando o placar. Para tentar surpreender o goleiro do Bangu, o atacante chutou de longe em direção a meta adversária, mas a bola acabou saindo e Célio Gabriel só acompanhou. O goleiro se destacou novamente ao ficar com a bola, após tentativa de cruzamento buscando Mancuello na área.

Em uma nova chance de ampliar o placar, o Flamengo desperdiçou boa oportunidade com Wallace. O camisa 14 cabeceou para fora, depois de Mancuello cobrar falta e lançar na cabeça do zagueiro. Com boa atuação na segunda etapa, Guerrero se apresentou diversas vezes para participar de jogadas de perigo pelo rubro-negro. Em uma delas, o peruano recebeu bola de Marcelo Cirino e acabou desperdiçando a oportunidade ao se atrapalhar e perder a bola para a zaga do Bangu.

Com atuação mais tímida no segundo tempo, o Bangu não teve muitas oportunidades na etapa final da partida. Em uma das poucas chegadas ao ataque, Giovanni tentou achar William Amendoim na área, mas a zaga rubro-negra foi mais rápida e afastou o perigo na jogada.

A boa atuação de Guerrero foi premiada com um gol na partida. Após cruzamento de Marcelo Cirino e a zaga do Bangu se enrolar dentro da área, o camisa 9 rubro-negro recebeu a bola e acertou um belo chute para o gol, ampliando a vantagem do Flamengo para 2×0 no placar.

Já nos acréscimos, o Flamengo conseguiu o terceiro gol na partida. Em cruzamento de Gabriel tentando achar Chiquinho, que havia acabado de entrar na partida, o goleiro Célio Gabriel deu um soco para afastar a bola mas ela acabou sobrando para Jorge marcar. Com o resultado, o Flamengo sacramentou a classificação para a semifinal e disputará uma vaga na final do estadual contra o Vasco.

 

MARCELO CIRINO FALA SOBRE BOA FASE

Atual artilheiro do Flamengo na temporada, o atacante Marcelo Cirino falou sobre a boa fase que vive e o gol marcado contra o Bangu, na tarde desse domingo no Moacyrzão. “Com a confiança do teinador, da comissão técnica e dos jogadores ajuda bastante. Mas é 50% de cada: 50 da comissão e 50 do Marcelo”.

Com o gol contra o Bangu, Marcelo Cirino atingiu a marca de 7 gols no Campeonato Carioca e manteve a marca de maior goleador rubro-negro na atual temporada.

 

SEMANA DE DESAFIOS

A semana rubro-negra será marcada por desafios e jogos importantes. Na próxima quarta (20), o Flamengo receberá o Confiança no Estádio Raulino de Oliveira às 21h45min. Pela partida de volta da Copa do Brasil. No jogo de ida, o rubro-negro perdeu por 1×0 e precisa vencer para ir a próxima fase da competição.

Já pelo campeonato estadual, o Flamengo terá o desafio de quebrar o atual tabu que vive contra o Vasco. Há 8 jogos sem vencer o rival, as equipes entrarão em campo no próximo final de semana para disputar uma vaga na final do Carioca. Em jogo único, o Vasco tem a vantagem do empate na partida, por melhor campanha na fase.

 

FICHA TÉCNICA

Bangu x Flamengo

Bangu: Célio Gabriel; Paulo Barrach (William Amendoim), Rafael, Anderson Penna e Guilherme; Mauro Silva, Júnior, Giovanni Carioca e Almir (Magno); Magnum e Igor Goulart (Carlinhos). Técnico: Mário Marques

Flamengo: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão, Mancuello (Chiquinho) e Alan Patrick (Ederson); Marcelo Cirino (Gabriel) e Guerrero. Técnico: Muricy Ramalho

Cartões amarelo: Bangu – Giovanni Carioca / Flamengo – Juan

Arbitragem: Péricles Bassols

Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Diogo Carvalho Silva

Público: Pagante – 4.363 / Presente – 5.205


Renda: R$ 103.400,00

 

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!