O empresário do atacante Marinho, Jorge Machado, disse ao Globoesporte.com que não existe nenhuma proposta da China pelo jogador e que, no Brasil, ele dará prioridade ao Flamengo na negociação. Machado reiterou, porém, que a decisão sobre uma possível transferência caberá ao Vitória.

– Jamais acertaria o Marinho em hipótese alguma sem a conivência da diretoria do Vitória. Tudo que se fala é especulação. Na próxima semana, eu e o Marinho devemos ir para Salvador para conversar com a diretoria e saber a intenção deles para, a partir daí, a gente tomar um passo – afirmou. – O cara me perguntou se o Marinho pode ir para a China. Disse que pode. Como pode ir para o Japão, a Ucrânia, a Inglaterra… O resto é mentira. Não há proposta nenhuma.

Machado explicou porque o Flamengo terá prioridade no caso de negociação para o futebol brasileiro – o próprio Marinho admitiu que Grêmio, Santos e Botafogo também estão interessados na sua contratação.

– O Flamengo conversou conosco, tentando saber qual vai ser o valor, e eu não passei para eles quanto o Vitória vai querer. Foi uma conversa que tive com Rodrigo Caetano. O Flamengo é o clube que tem prioridade. É um clube sério, e foi um dos primeiros clubes que nos procuraram. A gente vai analisar – afirmou o empresário.

Marinho participou ontem do Jogo das Estrelas no Maracanã, onde marcou dois gols e teve seu nome gritado pela torcida, composta em sua maioria por rubro-negros. Antes da partida, ele afirmou que gostaria de jogar no Rio de Janeiro.