O empate com o Atlético-PR custou ao Flamengo o vice-campeonato e R$ 3,4 milhões em pontuação, mas os 71 pontos na classificação final, além de superarem em 4 os da campanha do hexa e estabelecerem o novo recorde do Flamengo na era dos pontos corridos, igualaram a melhor campanha de um terceiro colocado (o Grêmio de 2012) e bastariam para ser pelo menos vice-campeão em oito das outras nove edições do Brasileiro em pontos corridos com 20 clubes.

Além de 2009, quando a pontuação daria o título, em 2010 e 2011 o Flamengo perderia o primeiro lugar nos critérios de de desempate – em 2011, o Corinthians campeão teve uma vitória a mais e no ano anterior o Fluminense campeão teve um saldo melhor que o do Flamengo esse ano.

Veja as pontuações dos três primeiros desde 2006:

2006

1- São Paulo – 78
2- Internacional – 69
3- Grêmio -67

2007

1-São Paulo – 77
2- Santos – 62
3- Flamengo – 61

2008

1- São Paulo – 75
2- Grêmio – 72
3- Cruzeiro – 67

2009

1- Flamengo – 67

2- Internacional – 65
3- São Paulo – 65

2010

1- Fluminense – 71
2- Cruzeiro – 69
3- Corinthians – 68

2011

1- Corinthians – 71
2- Vasco – 69
3- Fluminense – 63

2012

1- Fluminense – 77
2- Atlético-MG – 72
3- Grêmio – 71

2013

1- Cruzeiro – 76
2- Grêmio – 65
3- Atlético-PR – 64

2014

1- Cruzeiro -80
2- São Paulo – 70
3- Internacional – 69

2015

1 – Corinthians – 81
2- Atlético-MG – 69
3- Grêmio -68

2016

1- Palmeiras -80
2- Santos – 71
3- Flamengo – 71

O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.