Na quarta-feira passada, quando Vinicius Jr. já havia marcado cinco dos seus sete gols no Sul-Americano sub-17, o Flamengo gastou a última oportunidade que teria para inscrever o atacante de 16 anos no Campeonato Carioca, possibilidade desejada por boa parte da torcida.

Isso porque naquele dia 15 o Flamengo substituiu na lista de 33 inscritos o lateral-esquerdo Jorge, vendido ao Monaco, por Moraes, do sub-20, como precaução para o caso de algo acontecer a Renê enquanto Trauco está a serviço da seleção peruana.

Com o prazo para inscrições encerrado, a substituição de um atleta negociado era a única possibilidade restante do Flamengo inscrever Vinicius Júnior ainda nesta competição. Como o Flamengo está a uma vitória de carimbar a vaga na semifinal com vantagem do empate, Vinicius poderia ser aproveitado em jogos praticamente amistosos até o fim da Taça Rio.

Com a não inscrição, Vinicius só terá oportunidade de disputar uma partida pelo profissional — se for o desejo de Zé Ricardo e dos dirigentes — em maio, quando começam o Brasileiro e a Copa do Brasil (para o Flamengo), já que também não foi inscrito na primeira fase da Libertadores e o próximo jogo da Primeira Liga só acontece em agosto.

Assim, Vinicius deve ser reintegrado ao sub-20 quando se reapresentar ao Flamengo daqui a uma semana — o Flamengo concedeu este período de descanso ao atacante e aos outros três rubro-negros que participaram da conquista do título sul-americano sub-17.


Além de artilheiro, Vinicius foi eleito o melhor jogador da competição no Chile e despertou ainda mais a atenção de grandes clubes europeus. Ele afirmou, porém, que pretende cumprir seu contrato com o Flamengo, que vai até 2019.

O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.