Após empatar sem gols com o Fluminense pelo Campeonato Carioca no último domingo, o Flamengo voltou a campo na noite dessa quarta (23) pela Primeira Liga. A partida foi disputada em Juiz de Fora, no Estádio Municipal Radialista Mario Helênio e o Flamengo saiu derrotado no confronto com o Atlético-PR

Embora o público não tenha sido muito grande, a torcida que compareceu ao estádio em Minas Gerais foi suficiente para dar um show nas arquibancadas. Os torcedores presentes cantaram os 90 minutos de partida, demonstrando apoio à equipe. No entanto, diante do resultado negativo para o Flamengo, a torcida vaiou a equipe em campo ao final do jogo.

Com o resultado, o Flamengo está fora da Primeira Liga e o Atlético-PR classificado para a final da competição. A partida que definirá o campeão será realizada no dia 7 de abril entre Atlético-PR e Fluminense, vencedores das semifinais realizadas na noite dessa quarta (23).

 

FLAMENGO DOMINA O PRIMEIRO TEMPO, MAS NÃO CONSEGUE O GOL

O Flamengo começou a partida conseguindo boas chegadas ao ataque adversário. Gabriel esteve bem no início da partida e conseguiu diversas jogadas de perigo. Em cruzamento na área, Felipe Vizeu conseguiu boa cabeçada para o gol, mas a bola saiu à direita da meta adversária.


Com o Flamengo chegando com perigo, a equipe do Atlético-PR ficou toda recuada, o que dificultou as chegadas ao ataque do rubro-negro carioca. Mesmo com forte marcação, Gabriel conseguiu fazer mais uma boa jogada e aos 15 minutos Arão chutou com perigo a bola, que saiu à direita do goleiro Weverton.

Os cruzamentos foram principais jogadas do Flamengo na primeira etapa. Vizeu recebeu a bola na área e quase conseguiu boa finalização, mas foi travado na hora pela zaga do Atlético-PR. Na sequência, Juan conseguiu acertar uma boa cabeçada após cobrança de escanteio.

No final do primeiro tempo, o Atlético-PR conseguiu boas chegadas ao ataque com Walter, mas Paulo Victor, bem posicionado, conseguiu evitar o gol adversário em mais de uma oportunidade. Do lado do Flamengo, a equipe carioca teve maior domínio de bola, mas não conseguiu finalizar com perigo.

 

FLAMENGO VOLTA MAL E ATLÉTICO-PR GARANTE CLASSIFICAÇÃO COM BELO GOL

A entrada de Sheik na equipe começou a mudar o estilo de jogo do Flamengo para a segunda etapa. O rubro-negro carioca não conseguia mais dominar a bola com facilidade e as chegadas ao ataque tornaram-se mais raras no início da segunda etapa.

Já o Atlético-PR voltou melhor para o segundo tempo e conseguiu chegar ao ataque com perigo por duas vezes seguidas. Com Nikão, um chute de fora da área saiu com perigo à esquerda do gol de Paulo Victor. Na sequência, o zagueiro Paulo André cabeceou com perigo e o goleiro do Flamengo defendeu em cima da linha.

O Flamengo conseguiu responder ao melhor desempenho do Atlético-PR no segundo tempo, com Sheik. O atacante recebeu bom passe de Alan Patrick e finalizou na saída do goleiro. O zagueiro Thiago Heleno tirou a bola em cima da linha, evitando o gol do rubro-negro carioca.

Mesmo com a tentativa de recuperação do Flamengo na partida e com o goleiro Paulo Victor fazendo boas defesas, o Atlético-PR conseguiu abriu o placar em Juiz de Fora. Aos 16 minutos, o meia Nikão passou para Marcos Guilherme que conseguiu um belo chute de fora da área e acertou o ângulo esquerdo do goleiro Paulo Victor.

Com a vantagem no placar, a equipe do Atlético-PR recuou de novo e passou a administrar o resultado favorável na partida. O Atlético-PR continuou pressionando no jogo e o Flamengo passou a não conseguir mais armar as jogadas de antes, o que impedia as chegadas de mais perigo pelo rubro-negro carioca.

O Flamengo ainda teve boas chances de bola parada, mas não conseguiu concluir a finalização. O goleiro Wederson fez boas defesas em algumas chegadas do Flamengo, como na cabeçada de Arão aos 40 minutos. Nos minutos finais de partida, o Flamengo ainda tentou chegar ao empate, mas a equipe do Atlético-PR, toda recuada, conseguiu segurar o resultado que classificou a equipe paranaense para a final da Primeira Liga.

 

PRIMEIRO SEMESTRE COM CARIOCA E COPA DO BRASIL

Com a desclassificação da Primeira Liga, o Flamengo agora só tem o Carioca e a Copa do Brasil no primeiro semestre. Pela competição estadual, a equipe volta a campo no sábado contra o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira às 18h30min.

Pela Copa do Brasil, o Flamengo tem a partida de volta contra o Confiança agendada para o dia 20 de abril às 21h45min também no Raulino de Oliveira. Como perdeu a partida de ida por 1×0, o Flamengo precisa ganhar por mais de um gol de diferença para se classificar direto para a próxima fase. Em caso de vitória rubro-negra por 1×0, a disputa será nos pênaltis.

 

Ficha Técnica

Flamengo: Paulo Victor; Pará, Wallace, Juan e Jorge; Marcio Araujo, Willian Arão,Gabriel (Marcelo Cirino) e Alan Patrick (Ederson); Felipe e Everton (Emerson Sheik). Técnico: Muricy Ramalho

Atlético-PR: Weverton; Eduardo, Thiago Heleno, Paulo André e Pará (Bruno Pereirinha); Jadson, Otávio, Marcos Guilherme, Nikão (Hernani) e Pablo; Walter (André Lima). Técnico: Paulo Autuori

Cartões amarelo: Flamengo – sem cartões /Atlético-PR – Pará e Jadson

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden

Assistentes: Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo Bernardi

Público: 11.735 presentes / 12.917 pagantes

Renda: R$ 442.795,00