Após lotar o Ginásio do Tijuca Tênis Clube na última sexta (6) e empatar a série dos playoffs, o basquete do Flamengo voltou hoje as quadras para o terceiro jogo da série. Diferente do que ocorreu na sexta, a equipe errou muito tanto na defesa quanto no ataque e acabou saindo derrotada por 83 x 77.

Com a derrota, o Flamengo tem obrigação de vencer fora de casa para continuar sonhando com a vaga na final do NBB. O quarto jogo da série será realizado no próximo sábado (14) em Mogi das Cruzes, no Ginásio Professor Hugo Ramos, às 14h.

O Flamengo começou bem a partida, conseguindo boa movimentação, mas ainda no primeiro quarto o Mogi começou a jogar melhor e ficar a frente no placar. O time visitante conseguia marcar melhor a saída de bola rubro-negra e não desperdiçava as chances no ataque, ao contrário do Flamengo que demonstrou dificuldade em finalizar as bolas, mesmo dentro do garrafão. Ao final do primeiro quarto, o Mogi tinha 9 pontos de frente, fechando com o placar de 24 a 13.

No segundo quarto, o Flamengo conseguiu jogar melhor e chegou a estar a 2 pontos do time visitante. No entanto, o cenário do primeiro quarto se repetiu e a dificuldade da equipe rubro-negra para marcar o time do Mogi permanecia. Para piorar a situação rubro-negra, os arremessos de 3 da equipe visitante caiam e o Mogi manteve uma boa vantagem no placar ao final do segundo quarto, que terminou 37 a 31 para os visitantes.

O terceiro quarto foi o mais equilibrado da partida e o Flamengo chegou a passar a frente no placar. Marquinhos confirmou estar em um bom dia e conseguiu converter três arremessos de 3 pontos de forma sequencial, colocando o Flamengo à frente do placar com vantagem de 3 pontos. Com os ataques caindo mais, o Flamengo conseguiu manter a frente na partida, mas não obteve larga vantagem no placar, fechando o terceiro quarto em 62 a 61.


No último e decisivo quarto a equipe rubro-negra teve novamente dificuldades para converter os ataques. Com erros seguidos, o Flamengo viu o Mogi tomar novamente a frente do placar. A equipe rubro-negra não tinha sucesso nos rebotes ocasionados por erros do Mogi no ataque e tinha dificuldade na saída de bola. A equipe visitante parecia não se abalar com o barulho que a torcida rubro-negra fazia o tempo todo nas arquibancadas e conseguiu ter calma para administrar a vantagem e vencer a partida por 83 a 77.

Com a derrota, o Mogi abriu vantagem de 2×1 na série melhor de 5, o que obriga o Flamengo a vencer o próximo jogo  para chegar à final do NBB. A partida, que ocorrerá em Mogi das Cruzes, é a quarta dos playoffs e pode ser a última da série, caso ocorra novo tropeço rubro-negro. Caso vença a partida, o Flamengo força o último e decisivo jogo dos playoffs, que, caso necessário, será realizado no Rio de Janeiro, novamente no ginásio do TTC, palco dos jogos 2 e 3 da série. A data e horário da quinta partida só será divulgado caso seja confirmada a necessidade de realização do jogo.

Cestinhas
Flamengo – Marquinhos – 23 pontos
Mogi – Tyrone – 16 pontos

Assistências
Flamengo – Marcelinho – 7 assistências
Mogi – Shamell – 5 assistências

Rebotes
Flamengo – Rafa Luz – 5 rebotes
Mogi – Tyrone – 6 rebotes