A FERJ definiu a arbitragem para Flamengo x Botafogo, no Raulino de Oliveira, às 16h30, com o juiz Bruno Arleu de Araújo (RJ/CBF), juntamente com os auxiliares Luiz Claudio Regazone (RJ/CBF), e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (RJ/CBF). O Rubro-Negro chega à  semifinal do Campeonato Carioca de 2018 de forma invicta, além de não ter tomado um gol sequer.

Bruno Arleu esteve presente no único clássico do Flamengo no ano, diante do Vasco. O árbitro teve uma atuação bastante polêmica, anulando um gol legal de Léo Duarte, aos 45 minutos da segunda etapa. O tento sacramentaria a vitória do Mais Querido, mas o duelo terminou sem gols. O Mais Querido  garantiu a classificação para as semifinais, enquanto o cruzmaltino permaneceu vivo na competição, mas acabou eliminado com o triunfo do Bangu na última rodada. O juiz aplicou sete amarelos na ocasião, sendo quatro para o time da Gávea, e três para a equipe de São Januário, com 44 faltas ao todo.

O árbitro carioca, de apenas 34 anos, já possui alguns clássicos em seu histórico. No último ano, também esteve presente no primeiro grande confronto do Clube da Gavea de 2017, diante do Botafogo, no Engenhão. O Flamengo saiu vitorioso por 2 a 1, com gols de Guerrero e Everton. Na ocasião, o árbitro aplicou sete cartões amarelos, sendo quatro para o Alvinegro e três para o Fla. A partida marcou a classificação do Mengão para as semifinais da Taça Guanabara, além da eliminação do rival.

Histórico em jogos do Flamengo

Em jogos do Flamengo, esta será a quinta vez que fica responsável pelo apito. Em fevereiro do ano passado, Bruno Arleu de Araújo apitou o tenso clássico contra o Fluminense, válido também pelo Carioca. O Rubro-Negro venceu por 2 a 1, em um jogo que totalizou onze cartões – sete destes foram para atletas do Flamengo – e expulsou três jogadores (Wallace, Cuéllar e Marcos Jr).