Enquanto os olhares do mundo do futebol se voltaram para os dois gols de Vinicius Júnior no duelo do último sábado (19) contra o Atlético-GO, outra joia rubro-negra também chamou atenção. Lucas Paquetá tem ido bem sempre que ganha chances e chegou a marcar golaços já na equipe principal do Flamengo. Pelo Brasileirão o jogador, que completa 20 anos no próximo dia 27, havia tido apenas três oportunidades para mostrar serviço, e todas foram como reserva. Contra a equipe goiana, ele foi titular pela primeira vez no campeonato e conseguiu agradar tanto a Nação quanto o novo treinador Reinaldo Rueda.

Após a ótima exibição, o garoto passou a ser relacionado em uma possível transferência para o Valencia, ex-clube do recém-chegado Diego Alves. Junto ao acordo de R$ 1,5 milhão pelo goleiro, brasileiros e espanhóis fizeram um acordo impondo uma cláusula de preferência por parte da equipe espanhola em cima do camisa 39.

O formato da negociação


Apesar de não ter parte nos direitos econômicos de Lucas Paquetá, o Valencia será notificado pelo Flamengo assim que chegar alguma proposta pelo jogador. Caso o clube espanhol ofereça uma quantia superior ou compatível ao valor, terá preferência na compra do atleta. De acordo com o clube carioca, o prazo do acordo vai até o meio de 2018.

Paquetá não vinha sendo muito aproveitado na equipe, mas foi o destaque na partida de sábado contra o Atlético-GO junto com o atacante Vinicius Júnior. Neste caso, o jovem pode ser aproveitado mais vezes pelo técnico Reinaldo Rueda, que rasgou elogios ao jogador após a partida.

“Paquetá é extraordinário. Foi muito positivo. É um jogador com muito talento e agressividade ofensiva. Tem boa técnica, é muito ‘fino’. Fez um bom jogo” – disse o treinador.


Caso seja negociado com o Valência, Lucas Paquetá não seria o primeiro jogador da base Rubro-Negra a atuar pela equipe européia. O lateral Leonardo teve passagem pelo clube espanhol e jogou 71 partidas entre 1992 – 1993, marcando 6 gols e não conquistando nenhum título. Romário foi emprestado pelo Flamengo ao Valência em 1996. Pelo Clube o “baixinho” atuou 21 vezes e marcou 14 gols. Já Marcelinho Carioca teve uma passagem discreta por lá, atuando 11 vezes entre 1997 – 1998 e marcando apenas 1 gol.

Lucas Paquetá foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2016 junto com o goleiro Thiago, o volante Ronaldo e o centroavante Felipe Vizeu. Subiu ao profissional no mesmo ano e tem contrato com o Flamengo até 2020.


O Mundo Rubro Negro precisa do seu apoio. Contribua mensalmente com nosso trabalho. Clique aqui: bit.ly/ApoiadorMRN


Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!