Onze dias! Foi exatamente esse o intervalo entre duas importantíssimas conquistas do time infantil do Flamengo. Após conquistar a Taça Guanabara, o Sub-15 do Mengão faturou também a Copa 2 de Julho disputada na Bahia. Jogando no Estádio de Pituaçu na tarde desta quarta-feira (13/07), o Mais Querido derrotou o Bahia por 2 a 0 e sagrou-se campeão do torneio. João Vitor e Yuri marcaram os gols que garantiram o título inédito para Gávea.

Além do troféu o Flamengo obteve algumas premiações individuais. Ramon Lima foi eleito o melhor técnico, Daniel de Oliveira o jogador revelação e Yuri o melhor jogador da competição. “Estamos muito felizes com o resultado de hoje que coroa o ano maravilhoso que estamos tendo. Quero agradecer a todos os organizadores da competição pelo ótimo campeonato”, declarou o treinador rubro-negro.

A Copa 2 de Julho acontece desde 2007 e é uma das mais importantes competições de categoria Sub-15 do país. O nome do torneio é uma alusão à Independência da Bahia comemorada nesse dia. O certame é realizado pelo Governo do Estado por meio da Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) em parceria com as prefeituras das cidades-sedes.

Campanha rubro-negra 

No mesmo dia em que derrotou o Fluminense por 3 a 2 na Gávea e conquistou a Taça Guanabara, o Sub-15 do Mengão embarcou para Salvador para a disputa da Copa 2 de Julho. Um dia depois o Rubro-Negro estreou no torneio empatando em 1 a 1 com a equipe do Leônico. Luan marcou para o Fla. A primeira vitória dos Garotos do Ninho aconteceu diante do Juazeiro. Goleada por 7 a 2 no Estádio de Pituaçu. Sidney (3), Nicolas (2), Rhyan e Yuri balançaram as redes. Na terceira rodada os comandados de Ramon Lima sofreram revés para o Vitória mas se recuperaram com outra goleada, desta vez 4 a 0 sobre o Galícia.

Classificado em segundo lugar no grupo A, o Flamengo enfrentou e venceu o Juazeirense por 1 a 0 no Estádio Municipal de Madre de Deus pelas oitavas de final. João Alves marcou o gol da partida. O Clássico dos Milhões agitou a fase quartas de final. Yuri e Rhyan marcaram para o Fla e mandaram o rival de volta pra São Januário. A trajetória do Mengão não foi fácil e para chegar à final teve que enfrentar um grande adversário. Por ter feito melhor campanha que o Fla, o Corinthians precisava de apenas um empate para garantir vaga na final. O Rubro-Negro partiu pra cima da equipe paulista desde o início da partida e acabou com a vantagem  do adversário. Com gols de Lucas Gabriel, João Alves e Luan, o Fla derrotou o Corinthians e chegou à decisão.



Crédito imagem destacada: Divulgação/ Sudesb