Buscando apagar da memória a péssima participação no Final Four da Liga das Américas, o FlaBasquete recebeu o Brasília no Tijuca TC tentando manter a liderança da competição. Para isso, José Neto mandou a quadra o seguinte quinteto: Rafael Luz, Marquinhos, Jason Robinson, Olivinha e Jerome Meyinsse. Já Bruno Savignani escalou o seguinte quinteto visando a volta ao G-4 da competição: Fulvio, Deryk, Pilar, Guilherme Giovanonni e Ronald.

A partida começou com Giovanonni marcando os quatro primeiros pontos da equipe visitante, enquanto o rubro-negro não conseguiu produzir nada por três ataques seguidos até que Luz abriu o marcador para o Orgulho da Nação, 4 a 2. Com uma marcação fraca, permitindo rebotes ofensivos até com certa facilidade, o Brasília logo abriu 15 a 7 na metade do quarto, causando a irritação dos torcedores presentes ao ginásio. Marquinhos logo apareceu chamando a responsabilidade e, com nove pontos, conduziu o Mais Querido à uma reação e terminou o quarto perdendo por apenas três pontos, Brasília 20 a 17. Os destaques do quarto foram Marquinhos (FLA) com 9 pontos e Guilherme Giovanonni (BRA) com 10 pontos e 4 rebotes.

Para o segundo período, José Neto colocou a segunda unidade inteira em quadra, visando uma melhora coletiva e essa melhora já veio logo com cinco pontos seguidos que ocasionaram o empate, 22 a 22, mas Cipolini e Jefferson devolveram os pontos e recolocaram Brasília na frente, 27 a 22. Marcelinho recolocou o Flamengo no jogo, com direito à uma assistência mágica, mas os dois pontos fáceis de Giovanonni irritaram Neto e o treinador parou a partida, 29 a 26.

Marquinhos foi o cestinha do Flamengo com 16 pontos (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Marquinhos foi o cestinha do Flamengo com 16 pontos (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Após o tempo, o FlaBasquete melhorou e tomou a dianteira do placar pela primeira vez no placar, 30 a 29, forçando o tempo de Bruno Savignani. Após o tempo, as equipes voltaram errando bastante e com isso o Mengo aproveitou e continuou na frente até outro tempo de Neto para organizar a última jogada da equipe no período, 36 a 35. A jogada trabalhada no tempo não surtiu efeito e os comandados de José Neto contaram com o erro da equipe visitante para ir para o intervalo vencendo por 36 a 35 (Fla 19 a 15 no quarto). Os destaques do quarto foram Marcelinho Machado (FLA) com 7 pontos e 5 assistências, JP Batista (FLA) com 8 pontos e Guilherme Giovanonni (BRA) com 6 pontos.

Na volta do intervalo, Marquinhos acertou uma bola de três para manter o Rubro-Negro na frente, 45 a 40, no melhor momento do tetracampeão do NBB na partida. Com uma corrida de 9 a 2, a equipe brasiliense virou a partida para 49 a 47 na metade do quarto. A partida ficou arrastada, com muitas faltas que geraram lances livres, e o Mengão virou e foi para o quarto final vencendo por 57 a 53 (Fla 21 a 18 no quarto). O destaque do quarto foi Ronald (BRA) com 6 pontos e 3 rebotes.

Olivinha voltou a jogar bem, mas não foi o suficiente para levar o Orgulho da Nação à vitória (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

Olivinha voltou a jogar bem, mas não foi o suficiente para levar o Orgulho da Nação à vitória (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

O quarto final começou com muitos erros de ambos os lados e ficaram dois minutos sem pontuar até que Marcelinho aumentou a vantagem para 59 a 53. Trabalhando melhor a bola, o Flamengo superou o empate do Brasília e com Olivinha inspirado, abriu 67 a 59 forçando o pedido de tempo de Savignani. Após o tempo, a equipe visitante anotou quatro pontos seguidos forçando o tempo de Neto, 67 a 63. Após o tempo, as duas equipes trocaram cestas mantendo a diferença, até que Deryk acertou uma bola de três faltando 90 segundos para o término da partida, e Fulvio empatou também de três após dois pontos de Olivinha, 73 a 73. Com o jogo empatado e tendo a última posse de bola, Savignani parou a partida para tentar ganhar o jogo. Na jogada, Ronald passou fácil por Jason Robinson e cravou para a virada faltando 4,5 segundos para o fim, forçando o último tempo de Neto. Na jogada final, Ramon segurou demais a bola, chegou a acertar o arremesso, mas o relógio já tinha zerado. Fim de partida, Brasília 75 x 73 Flamengo.

O próximo compromisso do Orgulho da Nação é no dia 23/03 às 20h no ginásio Lineu de Moura em São José (SP) onde enfrentará o São José pelo NBB 8. A partida terá transmissão em tempo real do @MRN_CRF .

Destaques do Flamengo:

Pontos: Marquinhos com 16 pontos

Assistências: Marcelinho com 7 assistências

Rebotes: Meyinsse com 6 rebotes