Em meio à disputa judicial para que o Flamengo tenha direito a vender suas próprias placas de publicidade estática no Campeonato Carioca apesar de o regulamento conceder a exclusividade à Ferj, chamou a atenção o jogo de sábado contra o Boavista, em Natal, ter exatamente as mesmas marcas expostas nos mesmos lugares que a partida do Botafogo contra o Nova Iguaçu, realizada horas antes.

Apesar de as marcas anunciadas serem as mesmas, fontes ligadas à diretoria ouvidas pelo MRN garantem que o Flamengo fez valer a decisão judicial e negociou suas próprias placas.

A hipótese mais provável é que o clube tenha chegado a um acordo individual com a Sportplus, empresa a quem a Ferj repassou o direito de negociar as placas e que está processando a federação na justiça para reduzir o preço do acordo – de R$ 9 milhões – justamente pelo fato de perda de interesse dos anunciantes com a possibilidade de suas marcas não serem exibidas nos jogos do Flamengo.

O Flamengo obteve em setembro uma liminar impedindo a Ferj de negociar suas placas, sob o argumento de que isso contraria a Lei Pelé. A liminar segue em vigor e prevê multa de R$ 50 mil por descumprimento. A Ferj tentou uma medida suspensiva que foi negada, e o Flamengo enviou recentemente uma réplica para defender a manutenção da liminar na decisão final, que pode sair a qualquer momento.

Na reunião do Conselho Deliberativo da semana passada que aprovou o contrato do Carioca com a TV Globo, um slide foi exibido aos conselheiros estimando que o clube vá arrecadar R$ 1,5 milhão com a venda das placas. As fontes consultadas pelo MRN dizem que essa se trata de uma estimativa conservadora e que o valor final arrecadado pode ser melhor. O contrato da Ferj com a Sportplus prevê o pagamento de R$ 9 milhões pelo direito de explorar as placas, e documentos anexados ao processo revelam que no ano passado a empresa do ex-radialista Elso Venâncio arrecadou R$ 1,5 milhão com a venda de apenas 2 dos 25 espaços que negocia para o campeonato.

 
 
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.