Sim, a análise está saindo com uma rodada de atraso por culpa dessa pessoa que vos escreve. Portanto, se quiser reclamar com alguém (espero que não), que seja comigo.



Bom, o turno do Mengão na atual temporada foi animador. Mesmo com o início capengando, um problema de saúde do “Muriçoca” transformou nosso time em uma equipe capaz de competir muito bem. Isso se deve a entrada de Zé Ricardo que, mesmo sofrendo com algumas cornetadas da torcida, passou a retirar algo a mais dos nossos jogadores e nos fez, pela primeira vez em cinco anos, acabar as primeiras 19 rodadas do campeonato entre os quatro melhores.

Foram 10 vitórias, 4 empates, 5 derrotas e alguns tabus quebrados. Dentro de casa fomos bERROR. Na verdade a “casa” foi o que faltou. Talvez a falta do nosso Maraca tenha sido um fator importante para não termos terminado o primeiro turno como líderes, já que fizemos boa campanha como visitante.

Certo, vocês já entenderam que nosso primeiro turno no campeonato vigente foi bom. “Ah, mas no título você disse que foi um dos melhores”. Sim, eu disse.

É, 2016 até agora foi um ano bom, mas não tão bom quanto 2011. No ano em que tínhamos Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves fizemos um primeiro turno de tirar o fôlego. Foram 9 vitórias, 9 empates e apenas uma derrota, chegando a ficar invicto durante as primeiras 16 rodadas. O time era vice-líder e acumulava 36 pontos, apenas um ponto a menos que o líder Corinthians. Mas aí veio o segundo turno e logo nas primeiras rodadas foram 4 derrotas seguidas e uma seca de 10 jogos sem vencer (contando com as 4 últimas rodadas do primeiro turno). Acabamos aquela temporada 15 vitórias, 16 empates e 7 derrotas (6/7/6 no returno) e ficamos na 4ª colocação.

Ainda que o segundo turno de 2011 tenha sido ruim, esse ano foi o de melhor campanha dentre os últimos cinco.

“Certo, e os outros anos?”. Ok, vamos a eles.

Em 2012 fizemos uma campanha mediana no primeiro turno. Foram 8 vitórias, 5 empates, 6 derrotas, 29 pontos e 7ª colocação. Inclusive o último ano (antes de 2016) em que ficamos entre os oito melhores nas primeiras 19 rodadas. No returno, assim como em 2011, péssimo desempenho nas primeiras rodadas, quando o Mengão ficou sem vencer durante 6 rodadas. Curiosamente, a primeira rodada do segundo turno havia sido contra o mesmo Sport desse ano. Naquela ocasião ficamos num 1-1.

O fraco desempenho no returno de 2012 nos deixou em 11º ao final do campeonato. Em 2013, 2014 e 2015, primeiros turnos entre os dez piores. 22 pontos e 16ª colocação; 25 pontos e 10º lugar e 23 pontos e 13º respectivamente. Nesses três anos, todos os turnos tiveram desempenhos semelhantes (22 pontos conquistados no primeiro e 23 no segundo em 2013, 25/27 no ano seguinte e 23/26 no último ano).

Em todos os cinco anos o curioso foi que o Rubro-Negro pouco mudou a colocação de um turno para o outro. Em 2011 fomos de 2º a 4º; em 2012 a maior diferença já que fomos de 7º a 11º; em 2013 nos mantivemos em 16º, mesma coisa que aconteceu em 2014 quando nos mantivemos em 10º nos dois turnos e por fim, em 2015 fomos de 13º a 12º.


E em 2016, qual deverá ser nossa colocação final?


Lucas Tinôco escreve no Blog Vivendo o Flamengo, da Plataforma MRN Blogs. Twitter: @LucasTinco.
Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!