Na última rodada da fase de grupos da Copa da Primeira Liga, o Flamengo recebeu o Figueirense em Brasília, no Mané Garrincha. Com Ederson entre os titulares, o Mais Querido foi com força total pra cima dos catarinenses para garantir vaga na próxima fase e, consequentemente, a liderança na classificação geral.
O jogo começou bastante estudado, com as duas equipes se arriscando menos. Aos poucos o Flamengo foi se soltando e rapidamente deixou a equipe do Figueirense bastante recuada e buscando o contra-ataque.



A primeira chegada perigosa do Flamengo foi aos 11′ com Guerrero que chutou bem, após bela ajeitada de Willian Arão, e obrigou o goleiro Gatito Fernández a fazer boa defesa. Aos 18′, Rodinei fez boa jogada pela direita e achou Cirino na entrada da área. O atacante tentou o chute mas foi bloqueado. Aos 19′, após bobeada de Cuellar, Jefferson rouba a bola e tenta a jogada, mas o próprio Cuellar, se redimindo, fez belo desarme – os jogadores do Figueirense pediram pênalti, mas o juiz deu lance normal. Aos 29′, em lance curioso, Paulo Victor e Wallace se enrolaram e Marquinhos Pedroso recuperou a bola e tocou para Everton Santos, que apenas empurrou para o gol. Figueirense 1 a 0.

O Flamengo buscou o empate e não demorou muito tempo para conseguir. Aos 33′, Ederson fez boa jogada, chegou na raça e a bola sobrou para Guerrero, que bateu colocado no canto direito de Gatito Fernández e empatou o placar.

O Figueirense cresceu no jogo e quase chegou ao segundo gol com Jefferson, que cabeceou bem e obrigou Paulo Victor a fazer boa defesa. O Flamengo respondeu com Willian Arão, que fez ótima jogada individual pela direita mas na hora do passe, o volante nao achou ninguém. No rebote, Cuellar chutou e a bola explodiu em Nirley.

O último ataque da primeira etapa foi do Figueirense. Everton Santos cruzou com bastante perigo na cabeça de Jeferson, que cabeceou forte, mas Paulo Victor segurou firme.

Em alguns momentos do primeiro tempo a torcida, impaciente, vaiou o time, que criou poucas chances.

A bola rolou para a etapa final e o Flamengo voltou melhor. Logo aos 3′, Ederson avançou pelo meio e tocou para Sheik. O atacante chutou e a bola explodiu em Gatito Fernández, que saiu bem do gol. Aos 5′, foi a vez do Figueirense tentar a chegada. Dudu aproveitou a sobra e chutou em cima de Paulo Victor. Aos 15′, Éderson roubou a bola e tocou para William Arão, que chutou de fora da área mas a bola foi pra cima.

Aos 19′, após boa triangulação entre Willian Arão, Guerrero e Sheik, o camisa 11 chutou na saída do goleiro e a bola passou raspando a trave.

O Flamengo chegou de novo aos 22′ com Gabriel pela esquerda. O meia, que entrou no lugar de Éderson, bateu cruzado e a bola bateu na trave. Em seguida, Guerrero pegou o rebote e bateu firme nas mãos do goleiro, que espalmou para a lateral.

Aos 26′, após roubada de bola, Sheik encontrou Gabriel e o meia avançou pela esquerda, tocando pra Guerrero. O atacante ajeitou para Cuellar e o volante bateu forte exigindo mais uma boa defesa de Gatito Fernández.

Aos 33′, boa falta frontal a favor do Flamengo e Gabriel, após jogada ensaiada, bateu com bastante perigo e a bola foi desviada para escanteio.

O Flamengo seguia pecando nos passes e cedendo contra-ataque ao Figueirense. Em descida pela direita, Carlos Alberto tocou para Bady e o meia chutou por cima do gol.

Aos 38′, Cuellar voltou a bobear no meio e perder a bola. Na sequência, Carlos Alberto tentou o drible mas foi desarmado, e na sobra Bady chutou nos pés de Paulo Victor.

Faltando cinco minutos para o fim da partida, Muricy fez mais uma substituição e promoveu a estreia de Paquetá na competição, substituindo Marcelo Cirino.

Aos 47′, em mais um contra-ataque, a equipe do Figueirense quase marcou o gol da classificação, mas Cuellar matou a jogada e cometeu a falta. Na cobrança de Carlos Alberto, a bola bateu na barreira.

Sem mais tempo, o juiz apitou e a partida terminou empatada em 1 a 1. O Flamengo concluiu a fase de grupos com 7 pontos e se garantiu nas semifinais, enquanto o Figueirense deu adeus à competição.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

O Mais Querido aguarda a conclusão da rodada para saber o adversário da semifinal.

O próximo confronto do Mais Querido é pelo Campeonato Carioca no sábado (12), às 16h, contra o Madureira no Estádio da Cidadania, em Volta Redonda.

FICHA TÉCNICA:

Flamengo 1×1 Figueirense

Local: Estádio Mané Garrincha

Horário: 19h30min

Flamengo: Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuellar, Willian Arão e Ederson (Gabriel); Marcelo Cirino (Lucas Paquetá), Emerson Sheik e Guerrero.

Figueirense: Gatito Fernández; Leandro Silva, Marquinhos, Nirley e M. Pedroso; Elicarlos, Jefferson (J. Caucaia) e Bady; Dodô (Carlos Alberto), Dudu e Éverton Santos (Gabriel Esteves).

Gols: Éverton Santos 29′ 1º T; Guerrero 33′ 1º T

Cartões amarelo: Gatito Fernández e Jackson Caucaia (FIG); Rodinei (FLA)


Cartões vermelho: não teve

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!