A geração 2000 da Base do Fla segue enchendo o torcedor rubro-negro de esperanças para um futuro de muito sucesso. Os comandados de Márcio Torres entraram em campo na noite desta terça-feira (12/06) pela segunda rodada da fase de grupos da Taça BH de Futebol no estádio Soares Azevedo e golearam o Nacional de Muriaé por 9 a 0 na casa do adversário. A goleada foi a maior da Taça BH 2016 até o momento. Com o resultado o Mais Querido assumiu a liderança do Grupo F e precisa de um simples empate na próxima rodada para avançar de fase. Já o Nacional, com dois jogos e duas derrotas, está eliminado da competição.



O time juvenil do Fla não tomou conhecimento dos donos da casa e logo na primeira etapa deixaram tudo bem encaminhado para uma vitória sem grandes problemas. Bill, Lincoln e Vinicius Júnior anotaram duas vezes cada. Luiz Henrique, Matheus Thuler e Rafael Carvalheira também deixaram os seus.

O JOGO

Após o empate em 2 a 2 com o São Paulo na primeira rodada da Taça BH, o Flamengo voltou ao estádio Soares Azevedo para enfrentar o time anfitrião. Já sabendo do resultado da partida preliminar (São Paulo 5×2 Porto Vitória), o Mengão desde o início procurou imprimir o seu estilo de jogo e logo envolveu o adversário. Bill abriu o placar em Muriaé. Luiz Henrique aproveitou o cruzamento de Vinicius Jr e ampliou para o Fla. O camisa 11 também conferiu para o Fla. O oportunista Bill deixou o segundo dele e Lincoln fechou o placar na primeira etapa.

O Nacional fazia um jogo equilibrado até o segundo gol do Fla, mas acabou se perdendo em sua estratégia. A equipe de Muriaé se lançou ao ataque tentando diminuir o marcador e deixou sua defesa desguarnecida. Vinicius Jr aproveitou os espaços e pelo lado esquerdo criou as jogadas mais perigosas do Flamengo.

A marcação sob pressão do Fla continuou na segunda etapa e em roubadas de bola e contra-ataques em velocidade que os gols continuaram saindo. Vinicius Jr marcou o sexto, Lincoln o sétimo e o zagueiro Matheus Thuler o oitavo. Sem qualquer chance de recuperação na partida, os jovens jogadores do Nacional perderam o espírito esportivo e passaram a dividir as jogadas mais rispidamente. O árbitro Paulo Cesar Zanovelli percebeu a intenção dos jogadores mineiros e em diferentes momentos expulsou três jogadores do Nacional.

Com a sacola cheia e três jogadores a menos, o Nacional tentou se fechar para que o vexame não fosse ainda maior. Não adiantou muita coisa. No último minuto da partida Rafael Carvalheira marcou o nono do Fla, fechando o placar e confirmando a maior goleada da Taça BH de Futebol.

Pela última rodada da fase de grupos, o Rubro-Negro volta a jogar na quinta-feira (14/07) às 18h, no estádio Soares Azevedo, diante do Porto Vitória. O próximo adversário ainda tem chances de classificação pois venceu o Nacional na primeira rodada. Então o Flamengo não pode só contar com o farto saldo de gols que construiu. O São Paulo pega o já eliminado Nacional e não deve ter muitas dificuldades para se classificar.


Crédito Imagem destacada: Site da Rádio Muriaé 

 

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!