A temporada de 2017 do Flamengo é incomum até no número de jogos. Após bater o Junior Barranquilla na última quinta-feira (30), o time da Gávea se garantiu na final da Copa Sul-Americana, na qual enfrentará o Independiente-ARG. O título será definido em dois jogos (ida e volta). Com a conquista, 2017 se tornará o ano com mais partidas oficiais do Mais Querido do Brasil na história, igualando a 1993.

No calendário do Fla, constam mais três jogos para finalizar a temporada. Além dos já citados encontros da final da Sul-Americana, há o embate contra o Vitória, válido pela última rodada do Brasileirão, que será neste domingo (03), às 17h (de Brasília). Com a trinca, o rubro-negro terá realizado 83 partidas oficiais na temporada. 

O número repete o ano de 1993, o com mais partidas oficiais até então. Além dos 83 jogos, o calendário contou com 18 jogos amistosos, completando assim 101 vezes com o Mengão em campo. Contando os duelos não-oficiais, 93 é, disparado, o ano com mais partidas do Maior do Rio.

Naquele ano, o clube chegou às quartas-de-final da Libertadores e à final da Supercopa dos Campeões da Libertadores, extinto torneio que reunia todos os vencedores da principal competição continental. Em ambas foi eliminado pelo São Paulo. Caiu ainda na segunda fase do Brasileirão – em que defendia o título após ter sido penta em 1992 –, em grupo com Vitória (vice-campeão), Corinthians e Santos. Na Copa do Brasil foi semifinalista, eliminado pelo Grêmio. Disputou ainda o Campeonato Carioca, o Torneio Rio-São Paulo e a Copa Rio.

Em 2017 o Fla caiu na fase de grupos da Libertadores, foi campeão carioca e finalista vencido da Copa do Brasil. Além disso, é o 6º colocado no Brasileirão, ainda lutando por uma vaga na fase final da Libertadores 2018 via liga nacional. É no entanto, finalista da Sul-Americana e, caso seja campeão, consegue a vaga direta.